terça-feira, julho 31, 2007

Por Entre Tachos e Panelas

Rolo de Carne no tacho
Ingredientes:

- 500 gr. Carne Vaca/ Porco ou Peru
- 1 Fatia de pão embebida em leite
- 2 Bolachas água e sal
- 1 Fatia de Queijo Flamengo
- 1 Fatia de Fiambre ou Presunto
- Sal e pimenta q.b.
- Ervas aromáticas (opcional)
- Margarina q.b.
- 1 Cebola média
- 2 Tomates médios maduros
- 1 Dente de Alho
- Vinho tinto q.b.
Preparação:
Coloca-se na picadora a carne com o pão e as bolachas.
Tempera-se de sal e pimenta e de ervas aromáticas. Amassa-se bem.
Estenda a massa de carne com o rolo e a meio da massa coloque o queijo e o fiambre ou o presunto. Forme o rolo de carne.
Num tacho leve a margarina a derreter, coloque o rolo de carne para que este coza.
Depois deite as cebolas em rodelas, os tomates em pedaços e o alho picado. Regue com o vinho tinto e deixe apurar.
Para conseguir um molho com mais consistência, passe com a varinha mágica este molho.
Sirva o rolo cortado às fatias e com arroz branco e salada.
Bom apetite.

Pudim de Ananás
Ingredientes:
- 1 Lata de leite condensado fria
- 1 Lata de Ananás
- 1 Chávena de açúcar
- 1 Pacote de gelatina de Ananás
- Chantilly (opcional)
- Cerejas cristalizadas (opcional)
Preparação:
Corta-se o ananás em pedaços pequenos e leva-se ao lume com o açúcar e com a calda do ananás. Deixa-se ferver cerca de 10 minutos e deita-se o pacote de gelatina, vai - se mexendo até esta estar derretida. Deixa-se arrefecer este preparado.
Bata o leite condensado durante algum tempo, junte o preparado anterior, mexa bem e leve ao frio.
Enfeite com chantiliy e cerejas cristalizadas.
Bom apetite.

sexta-feira, julho 27, 2007

Sugestões para o fim-de-semana

Sugestões para o fim – de – semana
Este fim-de-semana promete animação e as mais variadas actividades para que não fique em casa.

Gelosia no S. Jorge
Longe vão os tempos em que se ia ao S. Jorge apenas para ver cinema.
Agora nesta sala acontecem vários eventos e este fim-de-semana (até domingo) vai poder assistir a um espectáculo de dança que tem como tema, o ciúme (gelosia é uma palavra italiana e tem este significado).
Este espectáculo conta com a presença de personalidades bem conhecidas como Sónia Araújo e tem encenação/coreografia de Marco de Camillis.
Às 21.30, o preço dos bilhetes custam entre € 10.00 a € 20.00.

Grease no Riviera Center - Carcavelos
A provar que um Centro Comercial não tem servir só para comprar, no dia 27 sexta-feira poderá assistir a um espectáculo adaptado a partir do filme Grease, pelas 21.15.
Mais informações in
www.rivieracenter.net

Farol – Museu de Santa Maria
Este Farol que se encontra em Cascais abre as portas ao público como museu a partir desta sexta-feira às 18.30.
O horário de visitas a partir de terça-feira vai ser de Verão (1 de Maio a 30 Setembro) de terça a domingo entre as 10.00 e as 19.00 horas e o horário de Inverno (1 de Outubro a 30 Abril) entre as 10.00 e as 18.00.
Mais informações, nº telefone 214 815 380

Caminhar no Monsanto
Pelas 9.30 horas deste sábado junte-se à Marcha Monsant’Andar e vá dar um passeio pelo Monsanto e respirar ar puro.
Quem tiver carta de Montanheiro não paga inscrição e quem não tiver paga apenas uma pequena taxa para um seguro obrigatório.
Sábado no Parque da Serafina.
Mais informações in
www.FCMPORTUGAL.com

Sintra à noite
O programa “Sintra numa Noite de Verão” convida a uma caminhada pela vila para descobrir os seus recantos, histórias e velhas lendas.
Atreva-se a descobrir Sintra numa noite de luar.
Mais informações in
www.SAL.pt

Espectáculo Multimédia na Torre de Belém
Este sábado e no âmbito dos Festival dos Oceanos vamos poder assistir a um espectáculo multimédia na Torre de Belém pelas 22.00.
A não perder...

Um bom fim-de-semana.

Encosta-te a mim...

A primeira vez que ouvi esta música até fiquei arrepiada.
Quando vi o vídeo até fui ás lágrimas, fantástico!
As músicas do Jorge Palma sempre me tocaram muito, mas esta excedeu as minha perspectivas...
Imagem retirada do blog
http://jorgepalma.blogspot.com/


Encosta-te a mim
Encosta-te a mim, nós já vivemos cem mil anos
encosta-te a mim, talvez eu esteja a exagerar
encosta-te a mim, dá cabo dos teus desenganos
não queiras ver quem eu não sou, deixa-me chegar.

Chegado da guerra, fiz tudo p´ra sobreviver
em nome da terra, no fundo p´ra te merecer
recebe-me bem, não desencantes os meus passos
faz de mim o teu herói, não quero adormecer.

Tudo o que eu vi, estou a partilhar contigo
o que não vivi, hei-de inventar contigo
sei que não sei, às vezes entender o teu olhar
mas quero-te bem, encosta-te a mim.

Encosta-te a mim, desatinamos tantas vezes
vizinha de mim, deixa ser meu o teu quintal
recebe esta pomba que não está armadilhada
foi comprada, foi roubada, seja como for.

Eu venho do nada porque arrasei o que não quis
em nome da estrada onde só quero ser feliz
enrosca-te a mim, vai desarmar a flor queimada
vai beijar o homem-bomba, quero adormecer.

Tudo o que eu vi, estou a partilhar contigo
o que não vivi, um dia hei-de inventar contigo
sei que não sei, às vezes entender o teu olhar
mas quero-te bem, encosta-te a mim.

quarta-feira, julho 25, 2007

Para festejar o dia dos avós...

Eu já não tenho avós, acho que nunca festejei este dia, como já algumas vezes disse, sou um pouco afoita a festejar dias pré-concebidos, no entanto deixo aqui o apontamento sobre este dia e desejo que o único, que foi o meu verdadeiro avô (mesmo não o sendo de sangue) onde quer que ele esteja, esteja em paz, que me continue a proteger e a aparecer em sonhos, sempre sorrindo, pois a melhor recordação que guardo dele é precisamente o seu sorriso e os seus olhos azuis...

(Imagem in http://www.anunciosgratis.pt)
(Este texto foi retirado da página http://www.ilhado.com.br/)


Eternas figuras humanas que hoje,queremos homenagear contemplando com carinho,

os cabelos brancos, o profundo olhar,as rugas na fronte e na face,

sinais da experiência e memória de tantos anos vividos.


Que bom poder formar uma roda para ouvir com atenção,

os sábios conselhos, as palavras fartas,

indicadoras de novos horizontes em nossa vida.


Queremos tocar e sentir a energia, que suas abençoadas mãos

transmitem -me hoje, embora trêmulas,

ainda semeiam os frutos da experiência de vida.


Permita-nos, neste momento especial,

acompanhar com ternura seus passos lentos,

algumas vezes trôpegos, mas cheios da sabedoria que a vida lhes ensinou.


Queremos abraçá-los e também aplaudi-los,

com muita emoção e ternura,

pedindo a Deus que os abençoe e lhes conserve a saúde.


A esperança nos leva a crer que outros dias lindos acontecerão,

pois vocês são frutos da mais bela obra que Deus colocou na nossa história.

terça-feira, julho 24, 2007

Por Entre Tachos e Panelas

A minha última aquisição literária é um livro de Isabel Allende e chama-se Afrodite, para além de receitas culinárias, traz muitas histórias sobre alimentos afrodisíacos e não só... as receitas que aqui deixo são retiradas desse livro. Espero que gostem.

Falsa Paella
(Esta receita dá para 4 pessoas se a chávena que usarem for grande)
Ingredientes:
- 2 Chávenas de mariscos descascados (opte por comprar a salada de marisco congelada)
- 6 Mexilhões ainda nas conchas (no lugar destes eu usei camarões inteiros e com casca)
- 2 Peitos de frango cortados em pedaços (não faz parte da receita original, mas dá-lhe um toque diferente)
- 1 Chávena de arroz branco (opte por arroz de grão longo)
- 2 Chávenas de caldo de peixe (feito com cubos de peixe ou cascas de marisco)
- 1 Tomate pelado e cortado em pedaçinhos
- 3 Colheres sopa Azeite
- 1 Pitada de Curcuma (eu não conheço a erva e quando fiz a receita não coloquei, deixo isso ao vosso critério)
- 1 Pitada de Açafrão (eu coloquei uma colher de chá)
- 1 Pitada de Paprika (não é a mesma coisa que colorau, usei uma colher de chá)
- 1 Colher de sopa de cebola finamente picada ( aqui usei mesmo cebola picada)
- 1 Dente de alho esmagado
- Sal, pimenta e pimento vermelho para enfeitar
Preparação:
Frite numa frigideira funda a cebola com o azeite até esta ficar transparente. Acrescente as especiarias e deixe fritar mais um minuto. Acrescente os mariscos, o frango (se utilizar os mexilhões não os coloque ainda), o tomate e o alho.
Deixe cozinhar cerca de 5 minutos, mexendo de vez em quando.
Junte o caldo e quando levantar fervura, deite o arroz, um pouco de sal e pimenta, mexa ligeiramente, baixe o lume e tape a frigideira. Deixe cozer cerca de quinze minutos ou até ao arroz ficar cozido, mas não o deixe ficar demasiado cozido. Coloque por cima os mexilhões e o pimento vermelho em tiras, mexa mais uma vez e deixe cozer o arroz já destapado mais dois minutos.
Apague o lume e deixe secar o molho um pouco.
Sirva quente com uma salada mista.
Bom apetite.

Sibarita
Ingredientes:
- 6 Crepes
- 2 Chávenas Figos frescos descascados
- 4 Colheres sopa de Nozes moídas
- 2 Colheres chá de Conhaque
- 1 pitada de Noz -Moscada
- 6 Colheres sopa de Chantilly
Preparação:
Com um garfo esmague os figos, junte o açúcar, as nozes, o conhaque e a noz-moscada.
Com esta pasta recheie os crepes. Coloque-os numa travessa de ir à mesa e leve ao microondas durante 1 minuto.
Retire e enfeite com chatilly antes de servir.
Bom apetite.

A origem das coisas II

No nosso dia a dia usamos perfumes, águas de colónia, desodorizantes, aftershaves, essências e todo um rol de produtos que fazem com que nos sintamos bem connosco próprios.
Os perfumes já são usados há muitos séculos, a origem desta palavra vem do latim "Per fumum” ou seja através do fumo.
Foi precisamente queimando plantas e resinas aromáticas que se disfarçava o cheiro dos animais mortos em cerimónias religiosas.
Eram usadas casca de canela, sândalo, e substâncias resinosas tais como benjoim, mirra, incenso entre outras.
Os Egípcios foram os primeiros a fazer uso da arte de fabricar perfumes. Para além de usarem pequenas caixas atadas na cabeça, de forma a que a fragrância se dissolve-se e perfumasse o rosto, também utilizavam-no para afastar insectos.
Cleópatra untava as mãos com um produto chamado Kiafi que era feito com óleo de rosas, açafrão e violetas. Perfumava ainda os pés com uma loção feita com extractos de amêndoa, mel, canela , flor de laranjeira e alfena.
Mais tarde a civilização grega para além de importarem perfumes um pouco de todo o mundo, também criaram a sua própria técnica de obter perfumes, que consistia em deixar durante algumas semanas óleo vegetal ou gordura animal misturadas com flores de maneira a que conseguirem absorver os óleos das mesmas.
Os Romanos também eram grandes apreciadores de perfume, através das suas conquistas pelos mais diversos territórios, trouxeram com eles novos aromas tais como a baunilha, o cravo e o lilás. Usavam ainda óleos à base de laranjas e tangerinas.
Durante a Idade Média, existiu uma quebra na utilização do perfume devido a um estilo de vida mais austero e introspectivo, entre outros factores.
Com o passar dos séculos a fabricação dos perfumes foi evoluindo e pode se comprovar nos dias de hoje, a panóplia de diferentes marcas, produtos, aromas que se encontram nas perfumarias.
Existe alguns perfumes que ficam eternamente associados a símbolos e mitos, tal com o Channel nº 5 ficou para sempre associado a Marylin Monroe.

sexta-feira, julho 20, 2007

Misterious ways...

Deixo-vos uma música que acho fantástica, não conhecia o videoclip, mas depois de o ver ainda gosto mais dela...



Johnny take a walk with your sister the moon
Let her pale light in to fill up your room
You've been living underground
Eating from a canYou've been running away
From what you don't understand...

Love

She's slippyY
ou're sliding down
She'll be there when you hit the ground

It's alright, it's alright, it's alright
She moves in mysterious ways
It's alright, it's alright, it's alright
She moves in mysterious ways

Johnny take a dive with your sister in the rain
Let her talk about the things you can't explain
To touch is to heal
To hurt is to steal
If you want to kiss the sky
Better learn how to kneel(on your knees boy)

She's the wave
She turns the tide
She sees the man inside the child

It's alright, it's alright, it's alright
She moves in mysterious ways
It's alright, it's alright, it's alright
She moves in mysterious ways
It's alright, it's alright, it's alright

Lift my days, light up my nights
One day you will look...back
And you'll see...where
You were held...howBy this love...while
You could stand...there
You could move on this moment
Follow this feeling

It's alright, it's alright, it's alright
She moves in mysterious ways
It's alright, it's alright, it's alright
She moves in mysterious ways
It's alright, it's alright, it's alright
We move through miracle days

Spirit moves in mysterious ways
She moves with it
She moves with it
Lift my days, light up my nights

Sugestões para o fim-de-semana

Campo Santana com Artesanato
Este sábado e até dia 27 o Campo Santana em Lisboa vai receber uma Feira de Artesanato Urbano, entre as 15.00 e as 22 horas, vai poder ainda assistir a alguns espectáculos de rua.

Festival Delta Tejo
Este Festival abre as portas hoje e a primeira actuação vai ser às 18.00 horas pelo cantor Ive Mendes.
Ressalto ainda as actuações de André Sardet hoje pelas 22.00 horas, de Daniela Mercury pela 00.45 horas, no dia de amanhã, Pedro Kima no palco Montepio pelas 20 horas e pelas 21.30 horas Luis Represas e João Gil.
No último dia deste Festival a não perder as actuações de Mercado Negro pelas 19.45, no Palco Montepio pelas 21.35 os Cool Hipnoise e para terminar em grande pelas 00.20, os Orishas.

Concerto de Solidariedade

Este sábado pelas 17.00 no Parque de Palmela em Cascais vai poder assistir a um concerto de solidariedade para com a instituição que acolhe os filhos das reclusas da Prisão de Tires.
Vai poder ouvir o Avô Cantigas, os Isopanos, Carlos Moreno entre outros.

Norah Jones
Este domingo nos Jardins do Casino do Estoril, venha ouvir a menina da voz suave e relaxar ao som da sua música calma.
Pelas 21.00 horas.
Mais informações in
www.cooljazzfest.com

Workshop de “segurança”
A sua vida profissional obriga-o a ter uma exposição pública e a sua timidez não o ajuda em nada?
Então este domingo venha aprender em Carcavelos a lidar com essas dificuldades no workshop terá como principal objectivo “desbloquear medos e inseguranças e desenvolverem capacidades para falarem em público”.
Inscrições € 50,00.
Mais informações, nº telefone 214 579 312 .


Um bom fim-de-semana.

terça-feira, julho 17, 2007

Por entre Tachos e Panelas

A pensar nas noites quentes de Verão, deixo aqui sugestões para um jantar especial...

Camarões com Caril
Ingredientes:
- 1 kg Camarões
- 1 Colher sopa Margarina
- 1 Colher sopa Caril
- 1 Cálice de Conhaque ou Aguardente
- 1 dl. Óleo Milho
- 1 Gema
- 5 dl. Natas
Preparação:
Cozem-se os camarões em água, sal e pimenta no caso de gostar. Descascam-se e cortam-se em bocados grandes. Reserve alguns para decoração.
Derrete-se a margarina e junta-se os camarões. De seguida mistura-se o caril, mexe-se e deita-se o conhaque. Leve ao lume, abanando o tacho, até que o álcool desapareça.
Bata como se fosse para maionese a gema batida com o óleo. Junte a maionese ao preparado dos camarões. Por fim, junte as natas, leve ao lume até levantar fervura.
Conservar quente (em banho-maria) até servir.
Sirva com arroz branco.
Bom apetite.

Pudim surpresa
A receita original é feita só com morangos, mas eu resolvi alterá-la e torná-la um pouco diferente.
Ingredientes:
- 250 gr. Morangos
- 250 gr. Frutos Silvestres (Amoras, Framboesas. Encontra estes produtos congelados)
- 5 dl. Natas ou 2,5 dl de Natas mais 2,5 dl. Leite Coco
- 5 Folhas Gelatina
- 6 Gemas
- 10 Colheres sopa açúcar (ou reduza para apenas 5 e coloque mais uma folha de gelatina)
Preparação:
Batem-se as gemas com o açúcar, e leva-se a engrossar em banho-maria. Junta-se a gelatina derretida, e as frutas já em polpa. Deita-se as natas batidas.
Coloca-se numa forma de pudim e vai a gelar. Ao desenformar enfeita-se com morangos e chantili.
Bom apetite.

A origem das coisas...

Todos os dias fazemos pequenos gestos e usamos alguns produtos que se tornam num ritual diário.
Por exemplo, com certeza que usa sabonete, ou mesmo gel de banho todos os dias. Já alguma vez se perguntou porque o fazemos, ou qual é o sua origem?
O sabonete é um produto muito antigo, os primeiros vestígios deste produto, foram encontradas na era de 2800 A.C., durante as escavações da antiga Babilónia.
Na era de 1500 A.C. os antigos egípcios usavam uma mistura de óleos animal e vegetal com sais alcalinos para criar um material semelhante ao sabão, este era usado para tratar de doenças.
Na era de 600 A.C. os fenícios confeccionavam uma mistura de terra argilosa com cinzas de madeira ou calcário para limpar o corpo. Este produto correu as rotas do comércio, até chegar à Europa, no entanto esta técnica não foi utilizada pelos Romanos, durante cerca de 600 anos.A partir do I século D.C. o fabrico do sabão foi evoluindo consideravelmente, desde o cozimento do sebo de carneiro com cinzas de madeira até ao século XIII, onde então surgiu o sabão sólido, que era feito através de um processo chamado saponificação, que não é mais do que a mistura de óleos naturais, com gordura animal e soda cáustica que depois ao ser fervida endurece, dando origem ao sabão.
Esta receita foi “inventada” na cidade de Aleppo na Síria, e é ainda hoje produzida e comercializada em todo o mundo. Este sabão é feito apenas com produtos naturais, tendo como base óleo de azeitona e óleo de louro.
A fabricação do sabão atinge o seu auge no fim da Idade Média.
O seu fabrico foi começando a evoluir e o sabão foi começando a tornar-se mais requintado, pois eram utilizados óleos de origem vegetal e animal, em conjunto com cinzas de plantas e também fragrâncias. Aos poucos foram aparecendo outros produtos que hoje todos nós conhecemos e sem os quais não passamos, como os shapoos, os cremes de barbear e o sabão para lavar roupa.
No entanto este produto não era acessível a todas as classes sociais, sendo considerado um produto de luxo.
Em Portugal o fabrico do sabonete começou em 1887, quando no Porto, os alemães Ferdinand Claus e Georges Ph. Schweder, fundaram a primeira fábrica nacional de sabonetes e perfumes, com o nome F.P.C. - iniciais de "Fábrica de Productos Chimicos CLAUS & SCHWEDER, SUCRS."
Os produtos ali fabricados eram e ainda são importados.
Já no século XX e durante a II Guerra Mundial, o sabão era um dos produtos escassos e alvo de racionamento, pois era difícil encontrar os óleos e gorduras para a fabricação do sabão comum. Em resultado destas dificuldades, surgiram os primeiros sabonetes, assim como detergentes de origem química e que hoje invadem o nosso mercado.No entanto, nos dias que correm, quase se tornou numa moda utilizar sabonetes, feitos com óleos naturais, assim como mil e um produtos feitos com base em produtos naturais.

No Comment's...

Recebi isto num e-mail e resolvi partilhar convosco....







Se achas que a tua vida é infeliz, o que dirão eles?












Se achas que o teu trabalho é mau, o que dirá ele?













Se achas que o teo ordenado é pouco, o que dirá ele?











Se tu achas que não tens amigos, o que achará ele?











Se achas que estudar é difícil, o que achará ele?










Se pensas em desistir, o que pensará ele?














Se tu pensas que sofres na vida, o que achas que ele passará?










Se achas que os nossos transportes público funcionam mal, o que dirão eles?







Se achas que a sociedade é injusta contigo, o que achará ela?






Por isto e por muitas mais injustiças no mundo, vamos parar de nos queixarmo-nos e pensar que existe alguém, às vezes ao nosso lado que pode sofrer muito mais do que nós....

sexta-feira, julho 13, 2007

Sugestões para o fim-de-semana

Festa da Diversidade
Se este fim-de-semana passar pela Praça do Comércio não estranhe o ambiente (na Baixa de Lisboa acho que já não se estranha nada, não é?), é que de 13 a 15 de Julho vai existir por lá a Festa da Diversidade, uma iniciativa que pretende dar a conhecer, diferentes culturas, identidades e modos de ser.
Poderá ainda assistir a workshops, exposições, concertos, teatro, entre outras actividades.

Lisboa Zen no Jardim Botânico Tropical (Belém)
Esta feira começa hoje pelas 12.00 horas.
Vai poder receber massagens shiatsu, japonesa, entre outras.
No domingo pelas 17.00 horas vai poder participar numa demonstração de ioga.
A entrada é de €3 e vai poder relaxar neste fantástico jardim e aprender mais como viver sem stress, até domingo pelas 22.00 horas.

Caracol caracolinho...
Se gosta de comer estes bichinhos, que tal experimentar novos pratos tais como, sopa de caracol (uhhh, que bom, aquela espuma toda...) ou caracoleta na chapa, então vá até Feira do caracol em Cernache do Bonjardim na Sertã e prove pelo menos uma das nove especialidades que o esperam.
E já agora, bom proveito!

Curso de prova de azeite
Sim, é isso mesmo que leu.
Na Casa do Azeite em Lisboa agora pode tirar um curso e aprender a reconhecer os melhores azeites, através da observação e da prova deste produto.
Dê uma espreitadela em
www.casadoazeite.pt e fique a saber mais.

Cartoons no Casino de Lisboa
É amante de Cartoons? Então até domingo dê um pulinho ao Casino de Lisboa e delicie-se com a exposição de desenhos satíricos e humorísticos, premiados no World Press Cartonn Sintra 2007.

Sábados das Crianças em Cascais
Agora com os mais pequenos de férias, já não sabe o que há-de fazer para os divertir e ter um pouco de tempo para por exemplo, fazer umas compras?
Então este sábado a partir das 11.30 até às 19.00 horas, traga – os até à Praça da Vitória (perto da Junta de Freguesia de Cascais) e vai ver a animação que vai ser.
Vai existir triciclos, insufláveis, actuação de modelador de balões e um contador de histórias, entre outras actividades.
As suas crianças vão ficar bem entregues, pois para além das animações, existem ainda monitores que vigiam e as acompanham.

“Fazer bom uso da morte”
Este é o título do texto escrito por Pasolini e que agora passa para palco.
Este texto faz-nos reflectir sobre questões como o racismo e a religião, é encenada por João Garcia Miguel e Miguel Borges e sobe a cena na Casa d’Os Dias da Água.
Até dia 15 de Julho pelas 22.00 horas.


Um bom fim-de-semana.

Cuidado com os trabalhos duvidosos....

No Jornal “Metro” de ontem na rubrica “Pergunta do dia”, a pergunta era “Já trabalhou em “call center”? Se precisasse, escolheria este tipo de emprego?”
Assim que vi a pergunta, comecei logo a rir.
A maneira como a pergunta é feita já subentende algo de estranho.
Trabalhar num “call center” deve ser algo pavoroso, mas não... ou seja, depende que tipo de “call center” em que se trabalha.
O “call center” que eu conheço e que trabalhei lá durante quase cerca de três anos, é de telecomunicações, no entanto existe também os de telemarketing e dezenas de outros serviços que funcionam dessa maneira.
Lógico, que depois também existem os “outros”, ou seja os das linhas “fantásticamente eróticas”. Se calhar quando alguém fala desses sítios com sendo “sítios muito duvidosos”, são capazes de se estarem a referir a estes últimos. Passando à frente...
Eu nunca fiz telemarketing, mas admiro quem o faz, quem consegue transmitir ao cliente a certeza de que o produto que está a vender é bom. Faz-me lembrar uma história que o meu pai conta muitas vezes, que era ele dizer às clientes da drogaria onde ele trabalhou aos 15 anos, que usava cerca de 10 pastas dentífricas, tal como a essência do perfume que a senhora acabava de experimentar, era a última moda das madames da alta sociedade, quando o produto já devia ter cerca de 4 anos na prateleira da loja, lolol.
Bem, mas voltando à questão dos call centers, quem trabalha nesses sítios ouve um pouco de tudo, quase faz papel de psiquiatra, acreditem que se apanha com cada um do outro lado da linha...
Portanto, desmistificando a questão dos “call centers”, na minha opinião não são sítios duvidosos, são locais como quaisquer outros, onde trabalha muita gente e onde também há muita gente que se “encosta”, ahhhh, pois desculpem lá, mas fugiu-me as teclas para a verdade.
Quem neste momento se encontra desempregado e sem perspectivas de vida, pense em trabalhar num local destes, pelo menos mantêm a cabeça ocupada e quando voltar a ligar para uma destas linhas de apoio ao cliente, talvez passe a ter um bocadinho mais de respeito por quem lá trabalha...

Porque é que a água do mar é salgada?

Perguntava uma menina um dia destes à mãe e à irmã.
Elas não responderam e descartaram a ansiada resposta para “quando chegares a casa perguntas ao pai”.
Esta pergunta ficou-me a “martelar” na cabeça.
Tenho a impressão que nunca me explicaram isto na escola, ou se aconteceu, já foi há tanto tempo que não me recordo.
No entanto parece uma coisa tão óbvia que nenhum adulto se preocupa com tal facto, só mesmo uma criança na ânsia de querer saber o porquê de tudo o que a rodeia é que faz perguntas destas....
Acho interessante saber que ainda existem crianças que não se preocupam só em saber utilizar o computador e brincar com as Barbies e videojogos, também se preocupam em tentar saber o porquê das coisas pequenas, deste mundo complexo onde vivem.
Será que aquele livro vélhinho que lá tenho em casa chamado “Porquê?” terá a resposta? Como já não sei onde é que eu tenho, pesquisei na Net e encontrei isto no site
http://sweet.ua.pt/~a31119/curiosidades.htm
“Durante milhares de anos, as águas das chuvas lavaram as rochas, dissolvendo uma parte dos sais que as constituem. As águas dos esgotos despejam anualmente milhões de toneladas de minerais nas fossas marinhas. As águas dos mares são mais salgadas que as águas continentais por causa da evaporação, que provoca uma salinização constante e particular de cada mar.”
Ora ai está a minha dúvida e a da menina esclarecida.

terça-feira, julho 10, 2007

Por entre Tachos e Panelas

Cataplana de Frango com Berbigão
(Esta receita foi retirada da Tele - Culinária Especial Natal nº 928)
Ingredientes:
- 1 Kg. Berbigão ou amêijoas
- Sal q.b.
- 1 dl. Azeite
- 2 dentes de Alho picados
- 1 Cebola grande às rodelas
- 4 rodelas finas de Pimento
- 1 raminho Salsa
- 125 gr. Fiambre ou Presunto corado às tiras
- Meio ou 1 Frango assado
- 1 dl. Vinho Branco
- 1 cálice de Brandy
- Picante a gosto (facultativo)
Preparação:
Coloque o berbigão em água e sal para soltarem a areia.
Numa cataplana, leve ao lume o azeite com os dentes de alho, a cebola e as tiras de pimento. Deixe refogar sem ganhar muita cor.
Adicione o fiambre, e o frango cortado aos pedaços e em cima, coloque o marisco.
Regue com o vinho branco e o brandy, tempere com picante no caso de gostar.
Feche a cataplana e leve ao lume cerca de 10 minutos.
Sirva na cataplana, abrindo-a só na mesa.
Bom apetite.

Gelatina de ananás
(Esta receita foi retirada da revista Cozinha Guia Especial Dezembro nº 5)
Ingredientes:
- 5 dl iogurte liquido de Ananás
- 3 colheres chá de gelatina em pó de ananás ou sem sabor
- 1 lata Ananás em calda
- Natas batidas para decorar
Preparação:
Arrefeça o iogurte pondo-o numa tigela metálica, colocada dentro de uma outra maior com água e gelo.
Misture a gelatina com 3 colheres de água e deixe amolecer cerca de 3 minutos. Leve ao lume em banho – maria ou ao microondas até esta se dissolver completamente.
Misture-a com o iogurte, batendo-a energicamente.
Pode ainda juntar 2 ou 3 rodelas de ananás ao preparado.
Molhe uma forma com água e escorra-a. Encha-a com o preparado e leve ao frigorífico durante 3 horas, até solidificar.
Desenforme a gelatina no momento de servir, decore com as natas batidas e o restante ananás.
Bom apetite.

quinta-feira, julho 05, 2007

Sugestões para o fim-de-semana

Finalmente parece que o Verão lá chegou, ainda que tímido, mas já começou a dar cor de si. Esperemos que agora não venhamos a amargurar os calores como nos últimos anos.
Em todo o caso aqui ficam algumas sugestões para relaxar e divertir-se no seu fim-de-semana.

Caminhar pelas Azenhas do Mar
Está perto da zona de Sintra. É adepto das caminhadas ou aderiu à última moda que é juntar um grupo de amigas/os e ir caminhar?
Então este sábado tem uma boa oportunidade para o fazer, caminhando as falésias e as praias de Azenhas do Mar e S. Julião.
O único problema é que quando chegar ao fim da caminhada a barriga vai estar a dar mais do que horas, portanto... contenha-se.
Mais informações em
www.equinocio.com

Joalharia em Contacto Directo
Em Lisboa no hall do Ministério das Finanças, está uma exposição de Joalharia criada por 120 alunos da escola Contacto Directo.
Para ver até dia 30 de Julho.
De segunda a sexta das 8.00 até às 20.00 horas aos sábados 14.00 até às 19.00 horas.

Miss Daisy no Teatro da Trindade
Para comemorar a 100ª representação, o Teatro da Trindade apresenta Eunice Muñoz em Miss Daisy de 5 a 29 de Julho.
De 4ª a sábado pelas 21.30 horas e ao domingo pelas 16.00 horas.
Dia 20 em homenagem ao trabalho da actriz será descerrada uma placa no Salão Nobre deste teatro.

Barca de Veneza para Pádua...
De Adriano Banchieri, este é o nome de um dos projectos dos alunos do 3º ano da Escola Superior de Teatro e está em cena a partir de hoje no Teatro Taborda em Lisboa.
Até dia 10 de Julho, às 21.30 horas, no dia 8 será às 18.30 horas.
Mais informações no nº telefone 218 854 190.

Paradoxo
Este é o nome da última criação teatral de Miguel Mestre com o Grupo de Teatro Contrasenso.
No auditório da Flamenga pelas 21.30 horas.

Mais informações in http://grupodeteatrocontra-senso.blogspot.com/

Um bom fim-de-semana.

Miauuuu....

Este deve ser o som que mais se ouve na União Zoófila neste momento.
Ontem ao ler o Jornal Metro, fiquei com o meu coração apertado.
Neste momento existem 260 gatos à espera para serem adoptados nesta instituição.
E eu pergunto, como é possível que as pessoas continuem a abandonar animais e a maltratá-los? Se acham que não vão ter capacidades para os manter felizes e bem tratados para que os querem?
Pode parecer que não, mas os animais têm sentimentos e segundo uma voluntária da União Zoófila, os animais mais velhos são quem sofre mais com o abandono, pois sentem falta dos donos, chegando até à triste fase de não quererem comer.
Não me vou alongar mais com esta questão, deixo apenas aqui o apelo, que quem quiser ter um amigo novo em casa, com quem queira partilhar novas experiências e uma nova vida contacte a União Zoófila às 4ªs, sábados e domingos na morada Rua Padre Carlos Santos, no Bairro das Furnas em Benfica.

quarta-feira, julho 04, 2007

Portugal está mais pobre...


Não há muitos dias tivemos a infeliz noticia que o actor Filipe Ferrer havia falecido.
Fiquei triste, apesar de Filipe não aparecer há já algum tempo na televisão, quem não se lembra dos seus trabalhos, tais como Casino Royal e Médico de Família.
A sua voz rouca era única, a sua maneira de estar fazia lembrar os galãs dos filmes antigos. E deixou muitas saudades.
Ontem e para minha grande tristeza tive a noticia que um outro fantástico actor nos deixou.
Henrique Viana, faleceu vítima de
cancro, era um actor que o público facilmente o associava ao humor, no entanto também teve participações muito importantes no cinema.
O mundo artístico, Portugal está mais pobre, com a perda destes dois grandes actores.
Paz às suas almas. Portugal chora, mas levanta-se e em uníssono aplaudem-vos onde quer que vocês estejam.

terça-feira, julho 03, 2007

Por entre Tachos e Panelas

Massa Fresca
Ingredientes:
- 300 gr. Farinha
- 2 Ovos
- Sal q.b.
Preparação:
Coloque a farinha em monte em cima de uma bancada onde possa amassá-la. Faça uma cavidade no meio da farinha.
Bata os ovos e tempere com sal. Deite este preparado na cavidade da farinha, mexa com um garfo. Quando o ovo estiver incorporado na farinha, amasse bem depois deixe ficar em repouso coberta com um pano cerca de 20 minutos.
Estenda a massa com o rolo de cozinha. Enrole a massa de forma a fazer vários rolinhos. Corte cada rolinho em círculos pequenos e depois desenrole-os.
Está pronta para ser cozida e servir.

Molho Pesto
Este molho é muito utilizado em Itália para acompanhamento de massas.

(Receita retirada da página http://www.vaqueiro.pt/receitas/)
Ingredientes:
- 3 dentes de
alho
- 50 g de Pinhões (ou nozes)
- 50 de Queijo Parmesão ralado
- 1 ramo de Manjericão
- 1,5 dl de Azeite
- Sal q.b.
- Pimenta q.b.
Preparação:
Descasque os dentes de alho, deite-os no copo da varinha mágica, junte os pinhões, o queijo ralado e o ramo de manjericão e reduza a puré. Vá juntando o azeite em fio a pouco e pouco, até obter um molho espesso e tempere com sal e pimenta.
Bom apetite

Espuma de Kiwi
(Receita retirada da revista “Segredos de Cozinha” nº 1048)
Ingredientes:
- 4 Folhas de Gelatina incolor
- 5 Ovos
- 130 gr. Açúcar
- 4 Kiwis
Preparação:
Coloque de molho as folhas de gelatina em água fria. Bata muito bem as gemas com 80 gr. de açúcar até obter uma massa esbranquiçada.
Descasque os kiwis e corte-os em cubos. Coloque-os num tacho, juntamente com o restante açúcar e leve a ferver lume brando.
Deixe arrefecer um pouco.
Escorra a gelatina e dissolva-a no preparado do kiwi, ainda quente.
Triture. Misture este puré com o preparado das gemas e envolva as claras batidas em castelo.
Coloque o preparado numa taça grande ou em taçinhas pequenas e leve ao frio. Decore a gosto.
Este doce pode ser feito com outra fruta de época, como morangos, pêssegos, alperces, etc.
Bom apetite.

domingo, julho 01, 2007

Para relembrar Diana Spencer

No dia de hoje Diana Spencer faria 46 anos se estivesse entre nós. Apesar de o ano passado já ter tocado neste assunto deixo mais uma vez aqui a recordação de uma pessoa que ainda hoje me toca muito.
Podia ter muitos defeitos (quem não os tem),mas a sua imagem , a sua postura toca ainda hoje.
Deixo aqui mais uma recordação, mais uma lembrança... onde quer que esteja que a sua alma esteja em descanso....