Por aqui, um pouco de tudo, um pouco de nada. O que me faz feliz, o que me toca...

sábado, 1 de outubro de 2022

Entrevista João Navarro - Sintonizando Caminhos Musicais!

 

Bom dia!

Para comemorar o Dia Mundial da Música, hoje trago-vos em entrevista alguém que está ligado a esta arte desde a mais tenra idade.
O João Navarro. Conheci a sua música através de uma amiga em comum, e é impossível ficar indiferente à sonoridade e exclusividade no que faz!
Espero que apreciem  tanto como eu!

Podem espreitar o João pela sua Página, no Instagram, no Facebook, no seu canal do Youtube e no seu canal do Spotify.


- Para quem não conhece o João, quem é o João Navarro?

😊 Sou pai, casado, 5 filhos, 43 anos, trabalho na actividade seguradora desde os 18 anos e com uma paixão grande pela música, autodidacta, pelo piano e pela escrita de canções.


- Como é que a música surgiu na tua vida?

Havia um piano vertical em minha casa, da minha mãe, onde acabei por desde miúdo sentar-me muitas vezes, em que atirava os dedos para cima das teclas tentando explorar combinações que não soassem mal 😊.


- O teu caminho nesta arte acontece na década 90, pois na família já existia algo que vos ligava à música. O que era?

Falavam-me de um bisavô que tinha sido pianista, António Roman Navarro, e os meus avós da parte do meu pai e da minha mãe, também gostavam de tocar guitarra portuguesa e guitarra. Todos músicos de ouvido e autodidactas. A minha mãe também aprendia piano e tinha aulas de canto ... e cantava em coros, aqui e ali.




- Do teu gosto pelo blues e pelo jazz faz com que integres uma banda. Quem eram e o que faziam?

Rebel Blues Band, a banda onde o meu irmão já tocava baixo, Manuel Portugal Guitarra, Miguel Lima bateria e o Luís na voz. A dada altura o Manuel sabia que eu tovaca piano e desafiou-me. Era um banda de blues, eu tinha 14 anos, acabei por começar a ouvir blues em velhas cassetes que me emprestavam para tentar perceber e aprender melhor a linguagem. Acabamos por começar a fazer concertos ao vivo entre 1994 e 1997, ano em que arranco para Coimbra e onde passei a morar quando iniciei a minha actividade profissional numa seguradora.


- O teu gosto pela música vai mais além de apenas tocar e cantar, também compões, em que te inspiras para escrever as tuas letras?

Episódios da minha vida e das vidas das pessoas com quem me cruzo, as que mais me marcam ou impressionam, sendo os amores e desamores também uma grande fonte de inspiração 😊.


- Após o lançamento do teu primeiro álbum de originais, surge um projecto que trouxe uma grande visibilidade e muitos concertos por todo o Portugal, os Chauffeur Navarrus. Porquê deste nome?

O meu avô foi taxista por um período e contava histórias giríssimas que me deliciavam em miúdo. Por outro lado a minha avó Julieta tinha sido empregada em casas de franceses, e utilizava com alguma regularidade algumas palavras ... Chauffeur era uma das que me apaixonava e sempre disse que um dia ainda teria uma banda com esse nome. Acrescentei depois o Navarrus apenas por piada e por serem as minhas canções, ainda que nessa banda acabei por dividir a autoria de algumas canções com o António Neves da Silva que assumiu a direção musical dessa banda.


- Gostas de compor em inglês, ou em português?

Não falo inglês muito bem 🤣 e não consigo pôr no papel o que sinto, em Inglês. Poderia dizer-te que prefiro escrever em português mas a verdade é que também não domino o idioma, se não até podia fazer algumas canções em inglês.


- De todas as músicas que já criaste existe alguma que seja a tua preferida?

Há as canções que gosto de ouvir e as que gosto de tocar ... as vezes juntam-se ... mas as canções que mais gosto as vezes ainda são as que não gravei e que tenho aqui na gaveta. Nomeadamente “eu, tu, eles”; ou “faço-te a canção” ... das já editadas gosto do “piano cupido” e dá-me muito gozo tocar a “não quero voltar”.


- Em Março deste ano lançaste o EP Limited Edition, do que se trata e o que é este conceito?

É um edição limitada e numerada. Queria ter um registo em nome próprio, o que fiz pela primeira vez, procurando mostrar o que estou a fazer no momento actual e que, de alguma forma ainda que no meu estilo, é um pouco diferente do que já fiz até aqui. Estou menos preguiçoso e mais empenhado em escrever melhor, tento pelo menos, e a tocar de forma mais simples e menos confusa.



- O que te falta ainda fazer neste vasto mundo da música?

Tudo 😊 ... começaria por te dizer que me falta gravar um álbum a solo, só piano e voz, pisar alguns palcos especiais, fazer um peça de teatro 🎭 com a junção das minhas canções, gravar um música só com a minha mulher e com as filhas, gravar mais alguns com músicos especiais e que admiro entre muitas outras coisas.


- Algum sonho por concretizar?

Muitos... tocar em cruzeiros a solo, piano e voz, de a meus temas e mais algumas versões especiais que gosto por um temporada grande, por exemplo; pisar o coliseu de Lisboa para um concerto meu e em que o público goste do meu trabalho e o cante comigo, correr uma maratona .. podia falar-te de atirar-me de um avião de pára-quedas mas esse realizei no mês passado.



- Uma frase que te acompanhe e com que te identifiques.

“A vida é feita de fases... ou fazes ou não fazes“


Obrigado João pela disponibilidade, votos de muito sucesso!

Deixo-vos a sugestão musical do João, a música "Sensatez" do seu novo disco.



Beijos e abraços.
Sandra C

Read More

sexta-feira, 30 de setembro de 2022

Sugestões para o fim-de-semana

 


Bom dia!

Hoje trago-vos uma rubrica que já não publicava faz algum tempo, as sugestões para o fim-de-semana.

- Festival Teatro ORIENTE-SE:
A quarta edição deste festival de Teatro amador está aí. De 01 a 22 Outubro, todos os sábados vão poder ver teatro . No dia 1 Outubro, subirá a palco o Teatro Contra-Senso com a peça "P.S. Acho que deves continuar a escrever"
Onde: Auditório Fernando Pessa - Bairro da Flamenga
Valor: 3€ bilhete
Mais informações em: https://www.facebook.com/teatrocontrasenso


- Uma Noite no Museu - MAAT- Museu de Arte Arquitectura e Tecnologia:
De 30 de Setembro para 1 de Outubro, as crianças podem ter uma experiência única de dormir no museu.
Programa destinado a crianças dos 7 aos 12 anos

Informações em: https://maat.pt/pt/event/uma-noite-no-museu


- Corrida das Avenidas Novas - 2 Outubto:
Esta corrida é um evento de natureza desportiva e solidária que tem como objetivo incentivar e consciencializar a população para a importância da prática de exercício físico.
Onde: Parque Eduardo VII
Mais informações em: https://werun.pt/eventos/corrida-das-avenidas-novas/


- Comemorações Dia Mundial da Música - Odivelas 2 Outubro:
Das 10h às 18h30 está entidade em parceria com a Associação Coral de Odivelas promovem concertos e workshops de música.
Onde: Mosteiro de São Dinis - Odivelas
Mais informações em: https://www.associacaocoraldeodivelas.com/dia-mundial-da-musica


Bom fim-de-semana

Beijos e abraços.
Sandra C.


Read More

quinta-feira, 29 de setembro de 2022

Na Cozinha Mando Eu -.Leite Creme de Coco

 


Bom dia!

A receita que hoje vos trago, é especial, um leite creme feito com uma parte de leite de coco, nunca pensei que ficasse tão saboroso.

Aqui fica a receita:

Ingredientes:

- 3 dl de leite de coco

- 2 dl de leite

- 150 grs de açúcar

- 1 colher bem cheia de farinha Maizena

- 1 casca de limão

- 1 pau de canela 

- 3 gemas


Preparação:

Leva-se ao lume os leites, com a casca de limão e o pau de canela. Num outro recipiente, mistura-se com colher de pau, o açúcar e a farinha Maizena. Aos poucos e nunca parando de mexer, vai-se juntando  a mistura dos leites já quentes. Quando acabar, leva-se este preparado ao lume de novo, espera levantar fervura e retira-se do lume.

Batem-se as gemas num outro recipiente e vai-se juntando o creme anterior, sempre mexendo, para que as gemas não cozam, até que o creme acabe. Leve de novo ao lume, ara que o creme aqueça e as gemas cozam.

Retira-se a casca de limão e o pau de canela.

Deite um creme numa taça ou em várias taças e decore a gosto... este levou coco torrado e um pouco de granulado de chocolate. 

Uma sugestão, se tiverem bombons, porque não colocar em cada taça um partido grosseiramente...

Bom apetite!

Beijos e abraços.
Sandra C.
Read More

segunda-feira, 26 de setembro de 2022

Momentos de Vida - Quando o ♥️ ainda se surpreende...


Bom dia!

Sabem aqueles dias que supostamente estão programados para ir num determinado sentido e quando te dás conta os planos saem todos ao contrário?

Foi o que aconteceu na manhã de ontem. Supostamente, íamos sair para ir ter com o meu marido, o filhote mais velho para nós as duas atravessamos o Aqueduto das Águas Livres (nós as duas a pé e eles e mais uns amigos de bicicleta). Mas o nosso carro não quis colaborar e resolver pregar-nos uma partidinha na zona do Lumiar.

Então, já que ali estávamos, fomos visitar o Jardim Botânico do Museu do Traje, do Teatro e da Dança.
No dia de ontem, a entrada foi livre durante o dia inteiro.

A quem não conhece, sugiro vivamente a visita. Nós fizemo-la com um guia, que nos explicou cada recanto e deixou-nos experimentar, cheirar várias ervas (erva- príncipe, hortelã ananás, rosmaninho, incenso, caril entre outras). 

Visitamos as hortas comunitárias, os jardins históricos, os mais pequenos (falo no plural, porque na visita havia várias famílias), subiram a uma árvore, vimos nenúfares, cágados... enfim uma visita brutal, que não podem perder.



Quem vê de fora, não tem ideia do tamanho de aquele lugar tem na a realidade.

 








Viemos para casa com vários "tesouros", folhas de borracheira, uma pinha, uma casca de caracoleta, agulhas de Auracaria, um ramo de louro e um raminho de incenso para ganhar raízes e plantá-lo.






Após esta visita, ainda fomos aos dois museus e trouxe uma menina encantada com o que por lá encontrou.
Por fim, deixo-vos um pensamento que vocês já conhecem bem, pois já o partilhei antes, volto a partilhar porque encaixa perfeitamente em tudo o vos descrevo neste post.

"Trago dentro do meu coração,
como num cofre que se não pode fechar de cheio,

Todos os lugares onde estive,
Todos os portos a que cheguei,
Todas as paisagens que vi através de janelas ou vigias, ou de tombadilhos, sonhando,


E tudo isso, que é tanto, é pouco para o que eu quero."


(Álvaro de Campos)
Fernando Pessoa

Uma boa semana.

Beijos e abraços.
Sandra C.










Read More
Com tecnologia do Blogger.

Bluestrass

Bluestrass

Número total de visualizações de páginas

Os Posts mais lidos do Ano

Quem acompanha este blog...

Etiquetas

12 anos 25 de Abril A Visitar Abril Agenda do Mês Agosto Agricultura Biológica Alfarrabistas Amizade Amor Aniversário Aniversário do Blog Ao ar Livre As minhas músicas Autores Portugueses Bijouterias e Artesanato Blog Bluestrass Bom dia Canções Cinema Coisa que não gosto Coisas Boas Coisas que eu gosto Coisas simples Coisas simples. Concertos convidados Crianças Crónicas da vida de um gato Cultura Curiosidades Dança Desafios Desejos Diário do Chik e da Kinha Dias Especiais Entrevistas Escola Escrever Estações do Ano Eventos Cuturais Experiências Facebook Feeling like... Feliz Ano Novo Férias festa Festas filhos Filmes Flores Forte. Mensagens pessoais Fotografia Fotografias curiosas Fotoreportagem Fotos Grandes Mulheres Grandes Poetas Guerra Colonial Histórias Homenagens Horta em casa Humildade Humor Ideias que tenho Infância Inverno Liberdade Lisboa Literatura Livro Livros Locais Locais a visitar London City oh the world Londres Lugares a visitar Mãe Março 2018 Março 2019 Maternidade Memórias de hoje memórias de sempre Mensagens pessoais Meses Miminhos Moda Momentos Especiais Momentos Esspeciais Momentos únicos Mudança da hora Mudar Mulher Museus Musi musicas Músicas Musicas da nossa vida Na Cozinha Mando Eu Natal Natureza No Comment's Novidades O que gosto de ler O Segredo Olhos Onde gostei de ir Opinião Opiniões Ora agora falas tu Origem das coisas Os meus textos Outono Outros blogs Outros lugares Outros lugares... Pagina do Facebook Páscoa Passatempo Passear Pensamentos Pensamentos e Desabafos Pequenos Tesouros Personalidades Poema Poesias Politica Por Entre Tachos e Panelas Portugal de lés a lés Primavera Profissões Programas Quando eu era pequenina Quem manda na Cozinha Sou eu Quintal Biológico Receitas Recordações Reencontros Respeito Respirar Revoltas Saúde Sentimentos Sintra Sondagem Sonhar Sonhos Sugestões de fim-de-semana Superstições Surpresas Tatuagens Teatro Temas Temas Especiais Trabalho Tradições viagens Viagens de sonho Viagens na nossa terra Viajar Video Videos Vídeos Visitas Votos

O que pretende ver?