sexta-feira, julho 13, 2018

Música de um verão passado (Parte II)

                                                        Foto by https://pt.wikipedia.org

A minha linda praia do Lizandro perto da Ericeira! Esta era a minha praia em pequena, durante vários verões o domingo era passado por lá.
Bem cedo lá íamos nós numa viagem quase de uma hora e mesmo assim chegávamos lá pelas 6h30...
"Tão cedo"? (pensam vocês??)
Sim íamos cedo porque o meu pai pescava no rio, então a minha mãe e o meu irmão faziam-lhe companhia e eu tentava dormir mais um bocadinho no carro.
Mas o "cantar" das gaivotas chamavam-me e então fechava o carro e lá ia eu (talvez com 7 ou 8 anos) passear pela praia deserta... era só eu, as gaivotas e o mar!

E por lá ficava a admirá-las, adorava vê-las todas alinhadas de frente para o sol!
Via a baía e depois ia até ao mar "beber" daquela força imensa, adorava o rebentar das ondas e adorava descobrir as mini piscinas no meio das rochas!

Quando voltava para ao pé dos meus pais, mais um ritual se cumpria, vínhamos tomar o pequeno almoço ao cimo da rampa e eu ansiava sempre por esse momento, para trincar uma bola de Mafra ainda quentinha com fiambrino (um género de fiambre mas redondo, parecido com mortandela) e um copo de leite frio!!

Depois voltávamos à praia e lá ia dar mais um passeio, desta vez até onde o rio me permitia ir, desta vez acompanhada pela minha mãe e sempre em busca de "tesouros" que encontrava ao longo do areal.
De volta ia dar uns mergulhos, qual sereia mais parecida com uma trinca espinhas!

Fazia amigos, alguns dos anos anteriores, fazíamos construções, sem baldes e apenas com pás ou caixas que os pais arranjavam...

E chegando a hora do almoço, lá vinha eu comer, peixinhos da horta, pasteis de bacalhau ou pataniscas sempre acompanhado por um belo arroz de tomate!

De tarde as brincadeiras continuavam, até chegar a hora de voltar para casa.
Era sempre um domingo em cheio!

Sempre a acompanhar estas aventuras de carro, nunca faltava a bela música, umas delas era esta...
                                 
                                              Foreigner - 'I Want To Know What Love Is' (1984)



I gotta take a little time
A little time to think things over
I better read between the lines
In case I need it when I'm older
Aaaah woah-ah-aah

Now this mountain I must climb
Feels like the world upon my shoulders
Through the clouds I see love shine
It keeps me warm as life grows colder

In my life
There's been heartache and pain
I don't know
If I can face it again
Can't stop now
I've travelled so far
To change this lonely life

I wanna know what love is
I want you to show me
I wanna feel what love is
I know you can show me
Aaaah woah-oh-ooh

I'm gonna take a little time
A little time to look around me
I've got nowhere left to hide
It looks like love
Has finally found me

In my life
There's been heartache and pain
I don't know
If I can face it again
Can't stop now
I've travelled so far
To change this lonely life

I wanna to know what love is
I want you to show me
I wanna feel what love is
I know you can show me
I wanna know what love is
I want you to show me
(And I wanna feel)
I wanna feel what love is
(And I know)
I know you can show me

Let's talk about love
(I wanna know what love is) the love that you feel inside
(I want you to show me) I'm feeling so much love
(I wanna feel what love is) no, you just cannot hide
(I know you can show me) yeah, woah-oh-ooh
I wanna know what love is, let's talk about love
(I want you to show me) I wanna feel it too
(I wanna feel what love is) I wanna feel it too
And I know, and I know, I know you can show me

Show me what is real, woah (woah), yeah I know
(I wanna know what love is) hey I wanna know what love
(I want you to show me), I wanna know, I wanna know, want know
(I wanna feel what love is), hey I wanna feel, love
I know you can show me, yeah

Beijos e abraços
Sandra C.

terça-feira, julho 10, 2018

Música de um verão passado


Esta música traz-me lembranças muito boas, da adolescência e da altura em que efectivamente tínhamos férias... tantas que até chateavam!
Aqui fica a letra, quem se lembra?

Wicked Game

The world was on fire and no one could save me but you
It's strange what desire will make foolish people do
I'd never dreamed that I'd meet somebody like you
And I'd never dreamed that I'd lose somebody like you
No, I don't want to fall in love (this girl is only gonna break your heart)
No, I don't want to fall in love (this girl is only gonna break your heart)
With you
With you (this girl is only gonna break your heart)
What a wicked game you played to make me feel this way
What a wicked thing to do to let me dream of you
What a wicked thing to say you never felt this way
What a wicked thing to do to make me dream of you
And I don't want to fall in love (this girl is only gonna break your heart)
No, I don't want to fall in love (this girl is only gonna break your heart)
With you
The world was on fire and no one could save me but you
It's strange what desire will make foolish people do
I'd never dreamed that I'd love somebody like you
And I'd never dreamed that I'd lose somebody like you
No, I don't want to fall in love (this girl is only gonna break your heart)
No, I don't want to fall in love (this girl is only gonna break your heart)
With you (this girl is only gonna break your heart)
With you (this girl is only gonna break your heart)
No, I (this girl is only gonna break your heart)
(This girl is only gonna break your heart)
Nobody loves no one

Beijos e abraços
Sandra C.

sábado, julho 07, 2018

21 anos a fazer sonhar!


21 anos, tantos aplausos, tantos sonhos realizados, por quem um dia ousou pisar essas tábuas e foi "mordido" por esse bichinho "alarve e sedento" que é o Teatro.

Esta noite estarei lá para aplaudir mais um espectáculo entre tantos que já levaram a cena.
Mais uma vez no fim da peça me levantarei e irei aplaudir-vos como sempre faço.

De coração cheio vamos todos ficar, ao desfolhar este livro, relembrando quem já passou pelo grupo.
Quem ganhou asas e voou para outros sonhos e também quem já nos vê numa outra dimensão...

Assim será, o sangue correrá mais célere e os corações baterão mais fortes, na hora do pano abrir.
Desejando voltar a estar daquele lado, onde o nosso corpo pode dar vida a muitas almas.

E num piscar de olhos, as luzes acendem-se e acontece a magia...
A magia única do Teatro.

Grupo de Teatro Contrasenso- Página Oficial
Teatro Contrasenso - Página do Facebook e Instagram

Beijos e abraços e viva o Teatro... Sempre!!
Sandra C.

quinta-feira, julho 05, 2018

Dias felizes!





Ainda sobre o casamento da Monika, no passado dia 1 de Julho!

Foi um dia cheio de coisas boas!
Encontros, risos, lágrimas, muitas lágrimas...



Aqui fica duas fotos desses dia que vai ficar na minha memória durante muitos anos!

A vida é feita destas coisas únicas que deixam marcas no nosso coração... para sempre!

Obrigado Monika e A. por permitirem que estivéssemos presentes e de alguma forma fazermos parte integrante da vossa história!

Beijos e abraços!
Sandra C.