quarta-feira, março 14, 2018

Marina Melo- Artesã Criativa


A convidada hoje é a Marina Melo, artesã e criadora de peças de artesanato que se estendem entre as bijuterias e outros trabalhos.
Vamos conhecer melhor um pouco do seu trabalho e o que a inspira no acto de criação dos seus trabalhos.

Há quanto tempo fazes as tuas bijuterias?
- Há 11 anos!

Apenas crias bijuterias ou também fazes outro tipo de artesanato? 
- Eu adoro artesanato e tudo o que seja trabalho com mãos, gosto de fazer. 
Ultimamente, tenho feito apenas bijuteria e alguns trabalhos em lã, como golas e cachecóis.

Como crias as tuas peças? Vais fazendo conforme a inspiração, desenhas?
- Não desenho nada!! Quando vou criar, ou já tenho alguma coisa idealizada ou vou experimentando aquela peça em determinada pele, ou corrente…faço por tentativas até gostar do resultado final.

 Que peças te dá mais prazer fazer?
- Talvez as peças personalizadas. Gosto de ver a reacção das pessoas ao ver a peça que idealizaram e de ter o seu feedback.


Segues as "modas" ou trabalhas materiais em particular?
- Embora com um olho nas “modas” tento fazer artigos que se identifiquem mais com o meu público alvo, com o público dos meus locais de vendas,  que são geralmente mulheres dos 30 aos 60 anos. Mas não descuido outras faixas etárias, ou eventos específicos. 
Na minha banca tenho artigos muito diversificados. 
Trabalho a pensar em vários estilos e pessoas, pelo que, tanto faço peças para crianças, jovens, estilos Casual Chic, Hippie ou Clássico.
Não gosto de fazer um só estilo de bijuteria até porque quem compra ou compra no estilo que se idêntifica ou no estilo da pessoa a quem vai oferecer. 
Por exemplo, eu posso ser muito hippie e comprar uma peça para uma senhora mais clássica, ou para uma jovem.

Onde expões os teus trabalhos?
- Em feiras e lojas parceiras.

Qual o feedback que tens das tuas clientes?
- Felizmente, muito bom.

Sentes que dão valor ao teu trabalho?
- Geralmente sim!

As peças que fazes são destinadas apenas a mulheres, ou também crias peças para os homens?
- A maioria das peças são para mulheres mas  também faço algumas peças para homens, porta chaves e pulseiras basicamente.


Também faço trabalhos personalizados para empresas, ofertas de natal ou de aniversário. 

 Há quantos anos criaste a marca das "Missanguinhas da Dani"?
- Há 11 anos e foi um acaso do destino que me tem dado muitas alegrias, muitos conhecimentos pessoais e profissionais.

 Qual é a história em torno deste nome?
- Tudo começou em 2006 com a oferta de uma caixa de missangas à minha filha que tinha 11 anos. Ela, juntamente com uma amiga começaram a fazer pequenos artigos de bijuteria. 
Fios, Pulseiras, Pulseiras para o pé, foram os primeiros artigos simples a serem executados e prontamente adquiridos por familiares e amigas. 
Uma brincadeira de criança que cresceu e passou a ser executada por mim, devido aos pedidos personalizados das amigas e à criação dos meus próprios artigos.
Nessa altura, pensei que os artigos deveriam ter uma etiqueta, uma marca, e aí regressei às origens “uma caixa de Missangas e a minha filha Daniela”, foi como tudo começou. 
Escolhi “Missanguinhas da Dani” como nome da minha marca. Se ela não tivesse começado esta brincadeira, hoje não teria este negócio, que está devidamente legalizado.

Este é o teu part-time que te ocupa muito tempo. Para além da execução dos trabalhos, o que fazes mais?
- Sim, ocupa mesmo muito tempo. Já é um segundo trabalho. Sou eu que faço todo o processo de aquisição de peças, criação, execução, vendas e distribuição nas lojas parceiras e embaixadoras (amigas que se propõem a vender os meus artigos). Nas alturas que ando atrapalhada, conto com a ajuda do marido e da filha.

Vendes os teus trabalhos em lojas, feiras de artesanato?
- Vendo os meus trabalhos no Facebook, nas feiras, nas lojas parceiras e através das amigas.



 Projectos para o futuro?
- Alargar horizontes, participando em feiras de artesanato ou eventos de maior dimensão, dinamizar e promover mais e melhor a minha marca nas redes sociais.

Próximos eventos e/ou feiras onde as "Missanguinhas da Dani" estarão presentes?
- Eu vou publicando sempre os locais aonde me poderão encontrar.
No entanto antecipo já que vou estar no Festival Corpo nos dias 28 e 29 de Abril.

Festival Corpo - Encontro Internacional de Dança celebra o Dia Mundial da Dança e tem entrada livre.  Este evento irá decorrer na Quinta da Ribafria,  em Sintra, entre as 10h e as 19h.
Estão todos convidados!!

Mensagem:
Muito obrigada pelo convite, desejo a ti ao teus projectos muito sucesso e conto com uma visita numa das minhas páginas das redes sociais:
Marina Melo

Páginas da Missanguinhas da Dani:
 - Facebook 
- Instagram
- Pinterest

Fotos gentilmente cedidas pela Marina Melo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Pode comentar... o Bluestrass não morde!