quarta-feira, fevereiro 11, 2009

Mais uma vez os sonhos...

Esta fase da minha vida, faz-me andar estranha, as hormonas andam para aqui aos pulos, o stress que agora não devia de existir, parece ás vezes me andar a tentar para ver até onde vou...
Mas o que vos quero contar, foi o sonho que tive esta noite passada.
Sonhei que eu e o Carlos andavamos dentro de um edifício, subiamos escadas, entravamos dentro de outros sítios (salas), aquilo quase parecia ser um cenário tipo Matrix. Sei que nesse sonho também tinham matado um homem, que nós não vimos, sei que o Carlos entrou dentro de uma casa de banho e eu fiquei cá fora à espera dele.
Entretanto chegaram uns policias, com umas fardas estranhas (ou seja não as fardas normais de policias), começaram a revistar-nos à procura não sei do quê, depois viemos embora, parecia que andavamos perdidos, a abrir portas consecutivas, até que abri mais uma e demos de caras com um mercado que parecia marroquino, surgiu um grande grupo de crianças, de várias raças, sairam daquele espaço a correr, até que uma menina, me agarrou na mão e me disse uma frase intrigante, num português mal pronunciado:
"- Nós não descansamos enquanto Portugal não mudar..."
E acordei completamente atarantada... não entendi, sempre que fechava os olhos voltava a entrar dentro daquele sonho...
Pode ter sido só um sonho, mas lá que foi estranho... foi!
Opiniões aceitam-se...

Sem comentários: