quinta-feira, janeiro 29, 2009

O meu 1º emprego...

Ontem fiquei triste, quando nas noticias ouvi falar do fecho definitivo da empresa Euronadel.
E porquê? Não só porque é mais uma empresa que fecha, mas porque esta empresa era algo "especial" para mim, foi aqui que eu aprendi realmente o que era trabalhar a sério e a doer...
Ainda não tinha 18 anos quando entrei para esta empresa, com a cabeça ainda um bocado no resto da adolescência, mas rapidamente saltei cá para fora para poder avaliar com os meus próprios olhos, o que era o ambiente fabril...
Os seus cheiros próprios, alguns do pior que alguém pode imaginar (ainda hoje os consigo sentir), das sensações muito estranhas de como me sentia mais homem do que mulher, quando trabalhei em algumas partes desta empresa (só me conseguia sentir um bocadinho mulher, porque sempre fiz questão de me maquilhar e de me perfumar, era a minha afirmação!!!), já falei desta experiência de trabalho aqui, fiz muitas amizades, ri, chorei, gritei (algumas vezes), sentia-me muitas vezes injustiçada, aconteceram situações muito graves, do ponto de vista da segurança de trabalhadores, do ponto de vista de atitudes machistas, de atitudes imcompreensiveis de egoismos estúpidos, de politiquiçes baratas, mas apesar de tudo até que posso dizer que um dia fui feliz neste lugar.
Uma coisa posso dizer, esta empresa fez tanta "mossa" na minha vida, que ainda há pouco tempo sonhei que voltava a trabalhar neste sítio, o sonho é sempre o mesmo, voltar a encontrar as mesmas pessoas (algumas que já nem estão entre nós) e ter um problema que passava por nunca conseguir bater o cartão de ponto a horas (eu que sou super pontual)...
Talvez agora com o encerramento desta empresa, este capítulo seja fechado e não volte a sonhar com esta empresa.
Na memória também fica coisas muitos boas:
- As horas intermináveis de música ouvida na rádio marginal
- Os pãezinhos de farinha de arroz a estalar de quentinhos e comprados na padaria da Abóbada
- A Greve Geral que conseguimos fazer há alguns anos e posso-me orgulhar de ter feito parte da equipa que conseguiu essa proeza, conseguindo alguma coisa de útil para os trabalhadores
- As boas amizades que ficaram neste lugar (desde os mais velhos que sempre me trataram com respeito, apesar de existir alguns que não sabiam qual o sentido dessa palavra, aos mais novos que deixam para trás muitas saudades)
E muitas, muitas outras coisas que não me lembro agora...
Fica ainda duas músicas que associo sempre a este local quando as oiço.

Cranberries - Zombie Lyrics

Another head hangs lowly,
Child is slowly taken.
And the violence caused such silence,
Who are we mistaken?

But you see, it's not me, it's not my family.
In your head, in your head they are fighting,
With their tanks and their bombs,
And their bombs and their guns.
In your head, in your head, they are crying...

In your head, in your head,
Zombie, zombie, zombie,
Hey, hey, hey.
What's in your head,
In your head, Zombie, zombie, zombie?
Hey, hey, hey, hey, oh, dou, dou, dou, dou, dou...

Another mother's breakin',
Heart is taking over.
When the vi'lence causes silence,
We must be mistaken.

It's the same old theme since nineteen-sixteen.
In your head, in your head they're still fighting,
With their tanks and their bombs,
And their bombs and their guns.
In your head, in your head, they are dying...

In your head, in your head,
Zombie, zombie, zombie,
Hey, hey, hey.
What's in your head,
In your head, Zombie, zombie, zombie?
Hey, hey, hey, hey, oh, oh, oh,
Oh, oh, oh, oh, hey, oh, ya, ya-a...




No Doubt - Don't Speak lyrics

You and me
We used to be together
Everyday together always
I really feel
That I'm losing my best friend
I can't believe
This could be the end
It looks as though you're letting go
And if it's real
Well I don't want to know

Don't speak
I know just what you're saying
So please stop explaining
Don't tell me cause it hurts
Don't speak
I know what you're thinking
I don't need your reasons
Don't tell me cause it hurts

Our memories
Well, they can be inviting
But some are altogether
Mighty frightening
As we die, both you and I
With my head in my hands
I sit and cry

Don't speak
I know just what you're saying
So please stop explaining
Don't tell me cause it hurts (no, no, no)
Don't speak
I know what you're thinking
I don't need your reasons
Don't tell me cause it hurts

It's all ending
I gotta stop pretending who we are...
You and me I can see us dying...are we?

Don't speak
I know just what you're saying
So please stop explaining
Don't tell me cause it hurts (no, no, no)
Don't speak
I know what you're thinking
I don't need your reasons
Don't tell me cause it hurts
Don't tell me cause it hurts!
I know what you're saying
So please stop explaining

Don't speak,
don't speak,
don't speak,
oh I know what you're thinking
And I don't need your reasons
I know you're good,
I know you're good,
I know you're real good
Oh, la la la la la la La la la la la la
Don't, Don't, uh-huh Hush, hush darlin'
Hush, hush darlin' Hush, hush
don't tell me tell me cause it hurts
Hush, hush darlin' Hush, hush darlin'
Hush, hush don't tell me tell me cause it hurts

Sem comentários: