segunda-feira, fevereiro 25, 2008

La vie en rose - A noite da consagração...

Tal como eu previa, Marion Cotillard ganhou o óscar de melhor actriz.
Não sei se partilham da mesma opinião e se viram o filme "La vie en rose", mas posso-vos dizer que me emocionei imenso. Quem conheçe a história de Edith Piaf e de alguma maneira "viveu" a vida desta mulher, nem que tenha sido por alguns minutos em palco, arrepia-se a ver este filme.

Parabéns Marion Cotillard pelo prémio, pelo papel e pela simplicidade com que subiu ao palco e agradeceu o prémio recebido.

Aqui fica uma passagem do filme, espero que gostem.

sábado, fevereiro 23, 2008

As memórias de sempre vai servir para relembrar algumas coisas que vivemos, na nossa infância, adolescência e não só.
Um momento, um objecto, uma música, um brinquedo, sempre que me lembrar de algo vou colocar aqui.
Hoje lembrei-me do cubo mágico, quem nunca teve um? Podiam ser grandes, em formato de porta-chaves, nos anos 80 apareceu em grande força em Portugal, no entanto sabem que este brinquedo (ou quebra-cabeças, como lhe queiram chamar) foi inventado em 1974 peloescultor e professor de arquitectura húngaro Ernő Rubik e que no ínicio o cubo chamava-se realmente cubo mágico mas que depois foi baptizado com o nome do seu criador.



Este objecto é feito normalmente de plástico e pode ser encontrado em várias versões, sendo mais conhecida a versão 3x3x3, com 54 faces e 6 cores diferentes, com arestas de aproximadamente 5,5 cm.
O cubo mágico é considerado um dos brinquedos mais populares do mundo, com um total de 300 milhões de unidades vendidas.
Pode encontrar mais informações, jogos online sobre o cubo e as suas resoluções em: http://www.rico.eti.br/rubik.html
http://www.eviltron.com/modules/esp/

terça-feira, fevereiro 12, 2008

Uma história de amor do século XXI

As histórias de amor já não são como antigamente, com cartas de amor, namoros de janela, pedidos de namoro oficiais...
Agora as coisas são diferentes, agora utiliza-se outros meios para transmissão de ideias, para fazer amizades e dai a conhecimentos mais aprofundados, mas não menos sérios vão alguns passos, distanciados por cerca de 400 Km e cerca de 200 sms por dia... Uhhh, perguntam vocês? E eu respondo-vos que é mesmo isso que vocês estão a ler, o casal em causa vive a 400 Km um do outro mas não é por isso que deixam de tentar ser um casal normal (se é que existe normalidade num caso destes).
Este é o caso de P. E A., conheceram-se através de uma amiga pessoal de ambos, as ¨cartas¨ foram lançadas através de sms e de uma foto enviada via mms, depois passou-se à fase do Hi5 e cerca de um mês depois encontravam-se pela 1ª vez frente a frente e apesar de todos os receios e medos mútuos, as coisas correram bem e o caminho feito por muitos outros casais, está a ser percorrido e saboreado por este também...
Agora digam lá se o amor ainda é como manda a tradição?
Tal como o anúncio diz, a tradição já não é o que era....
Independentemente da maneira como se conheceram, independentemente da maneira como levam o barco desta relação, o importante é sentirem-se felizes, de bem com a vida e esquecerem alguns fantasmas que por ventura possam ensombrar a vossa felicidade, nunca se esqueçam que cada relação é única e cada um tem o direito de escolher aquilo que acha ser o melhor para si. As opiniões podem ser muitas, mas só vocês sabem o que é melhor para que a amizade e tudo o resto que tiver de acontecer, venha de forma natural.
Desejo-vos a maior felicidade do mundo, que contribuam da melhor forma para que o mundo seja menos cinzento, pois poder ver os vossos sorrisos e ver como ainda o cupido faz das suas, é muito giro...

domingo, fevereiro 10, 2008

Cartas de amor

A próxima semana é a semana em que os apaixonados, andam ainda mais apaixonados (um bocado ridiculo, mas enfim...), em que alguns que ainda não tem namorado (a) fazem de tudo para no dia (14 ) ter alguém (que coisa mais falsa), enfim... é a semana em que os corações batem a mil e os comerciantes aproveitam a altura como ninguém... se não acreditam é só dar uma voltinha pelas montras e ver...
Aproveitando a onda, esta semana vou deixar aqui algumas situações relacionadas com amor e como ao longo dos tempos as histórias de amor podem ser diferentes.

Hoje vou deixar aqui uma das famosas poesia de Àlvaro de Campos (heterónimo de Fernando Pessoa):


Todas as cartas de amor são ridículas


Todas as cartas de amor são

Ridículas.

Não seriam cartas de amor se não fossem

Ridículas.

Também escrevi em meu tempo cartas de amor,

Como as outras,

Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,

Têm de ser

Ridículas.

Mas, afinal,

Só as criaturas que nunca escreveram

Cartas de amor

É que sãoRidículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia

Sem dar por isso

Cartas de amor

Ridículas.

A verdade é que hoje

As minhas memórias

Dessas cartas de amor

É que são

Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas,

Como os sentimentos esdrúxulos,

São naturalmente

Ridículas.)


Álvaro de Campos, 21-10-1935

sexta-feira, fevereiro 08, 2008

Por entre tachos e panelas

Já há algum tempo que não colocava nenhuma receita, ora hoje resolvi colocar umas receitas, pois aproveitei o dia de folga e fiz umas coisas diferentes em casa.
Aqui fica as receitas, espero que gostem.

Pescada gratinada com espargos

Ingredientes:

- 4 Postas de Pescada

- 1 Molho de Espargos frescos

- 1 Embalagem Cogumelos frescos

- 10 Camarões com casca

- 100 gr. miolo de Camarão

- 1 caldo de marisco

- Queijo Mozarella ralado

- Farinha q.b.

- Leite q.b.

- Azeite

- Sal

- Sumo de 1 Limão

- Alhos q.b.

Preparação:

Tempere as postas de pescada com sal, limão e alho picado.

Coza a pescada e os camarões, com água q.b. e leite q.b. e caldo de marisco.

Coza os espargos com água e sal (não deixe cozer muito, convêm que fiquem rijinhos)

Retire da água da cozedura a pescada e o camarão e reserve, faça a mesma coisa aos espargos.

Saltei os cogumelos com um pouco de azeite e alho esmagado.

Com a água da cozedura faça um bechamel.

Coloque a pescada num pirex para ir ao forno, corte metade do molho de espargos e espalhe por entre o peixe, faça a mesma coisa com os cogumelos e o miolo de camarão, deite um pouco de mozarella.

Deite o molho bechamel e por fim coloque os camarões com casca e polvilhe com mais um pouco de queijo mozarella.

Leve ao forno a gratinar. Sirva com uma boa salada.

Bom apetite


Sopa de Espargos rápida:
Ingredientes:

- Caldo de cozer os espargos da receita anterior

- A outra metade do molho de espargos

- 1 Sopa de Espargos instantânea

- Pão torrado

Preparação:

Corte os espargos em pedaços pequenos e deite-os no caldo. Triture com a varinha mágica.

Dissolva a sopa intantânea e leve a sopa ao lume a ferver e a engrossar.

Sirva acompanhado de pão torrado.

Bom apetite

Bolo de Iogurte com Mel

Ingredientes:

- 1 iogurte

- 4 medidas (iogurte) de açúcar

- 5 Ovos

- 1 medida (metade óleo, metade azeite)

- 1 colher sopa Café soluvel

- 1 colher sopa Mel

- 1 colher chá Canela

- 4 medidas Farinha

- 1 colher chá Fermento.

Preparação:

Junte o açúcar, o iogurte e as gemas. Reserve as clçaras. Mexa bem até todos os ingredientes se incorporarem. Junte a medida de óleo e azeite, o café, a canela e o mel.

Bata as claras em castelo e junte ao preparado anterior com a farinha e o fermento.

Pode ainda adicionar algumas nozes partidas.

Unte uma forma com margarina e polvilhe-a com farinha.

Leve ao forno, até que se espete um palito na massa e este saia seco.

Bom apetite.

domingo, fevereiro 03, 2008

Angel - Sarah McLachlan

"Spend all your time waiting

For that second chance

For a break that would make it okay

There’s always one reason

To feel not good enough

And it’s hard at the end of the day

I need some distraction

Oh beautiful release

Memory seeps from my veins

Let me be empty

And weightless and maybe

I’ll find some peace tonight

In the arms of an angel

Fly away from here

From this dark cold hotel room

And the endlessness that you fear

You are pulled from the wreckage

Of your silent reverie

You’re in the arms of the angel

May you find some comfort there

So tired of the straight line

And everywhere you turn

There’s vultures and thieves at your back

And the storm keeps on twisting

You keep on building the lie

That you make up for all that you lack

It don’t make no difference

Escaping one last time

It’s easier to believe in this sweet madness oh

This glorious sadness that brings me to my knees

In the arms of an angel

Fly away from here

From this dark cold hotel room

And the endlessness that you fear

You are pulled from the wreckage

Of your silent reverie

You’re in the arms of the angel

May you find some comfort there

You’re in the arms of the angel

May you find some comfort here"

Hoje estou triste...

Hoje estou triste... como já algumas vezes disse aqui, a morte é dificil de ser enfrentada, mas a morte de uma criança é por de mais triste, sofrida, mesmo não sendo alguém que seja da nossa familia.
O T. era uma criança com uma força de vida extraordinária, enfrentou a doença sempre com uma garra e um sorriso maroto.
Todos os que conviveram com ele guardam na memória as suas traquiniçes, a maneira como vibrava sempre que via uma bola de futebol.
Um anjinho subiu ao céu para olhar por todos nós.
Em tua memória fica aqui este poema escrito por Dagmar Alves.

Resto de vida

Como retomar uma vida
Como não sentir dor
Cabeça raspada e olhos vagos
Sorriso aberto, dentes claros
O tempo passando
Vida sussurrando
Pingando
Esperando
Suplicando
Por mais um momento apenas
Que seja... de vida, de respirar
Para ouvir o canto de um pássaro ao longe
O desabrochar de uma flor quem sabe...
Salgar os pés nas águas da esperança
Que brinca com o coração desta criança
Na imagem de anjos e nuvens coloridas
Num céu de luar exuberante, em um corpo frágil, dançante...mas que insiste em resistir e abraçar o único fio que resta de vida...