terça-feira, abril 03, 2018

O meu Abril...


                                              Foto do fotografo Alfredo Cunha - Público
Abril... Tal como em muitas outras ocasiões falo sobre o tema de Abril por aqui.
No post de 31 de Março de 2007 "A memória de Abril", conto o porquê de esta altura mexer tanto comigo, os meus motivos pessoais.
A questão do meu pai e a guerra colonial e como isso afectou a vida dele e a nossa...
Dos anos que a minha mãe e os meus avôs ansiavam por receber noticias do meu pai via aerograma e quantas devem ter sido as vezes que as palavras escritas eram de pacificação, quando a realidade era outra bem diferente!
As histórias que a minha mãe contava das dificuldades para dar de comer ao meu irmão, principalmente na questão do leite em pó (sim, leite em pó) e das senhas de racionamento.

                                                                                                                               Foto By Pinterest (desconheço o autor)

E depois todas as outras coisas que sabemos, ainda que muitos finjam esquecer... sim porque a Revolução de Abril (e atenção que esta é a minha opinião), não é uma Revolução com cor politica, mas sim uma questão social! Aconteceram coisas no pós 25 de Abril com as quais não me identifico!

Mas pensar que por exemplo durante tantos anos, as mulheres não tinham direito ao voto (salvo raras excepções) e que tal só aconteceu nas primeiras eleições pós revolução... não é justo e inconcebível!

Pensar que o código civil de 1966, contemplasse que o marido podia abrir a correspondência da mulher (norma desaparecida em 1976) e que basicamente ele seria "seu dono"e dos seus bens, assim como também dos filhos. A mim não faz sentido, e não não se trata de uma questão feminista, mas clareza e liberdade social.
Estas são apenas algumas regras, mas muito, muito mais havia para dizer, basta apenas uma mera pesquisa no Google para sermos desagradavelmente surpreendidos!

Muito existe para contar, este mês vamos ver se consigo levar a cabo o que pretendo!
Cumprimentos a todos.

Sandra C.



Sem comentários:

Enviar um comentário

Pode comentar... o Bluestrass não morde!