domingo, maio 07, 2017

A mãe é todos dias...


e não num dia marcado...
Lembrarmo-nos das que esta hora já fizeram mil e uma coisas,... enquanto todos dormem!
Lembrarmo-nos das que estão sozinhas, fazendo o papel de mãe e pai.
Lembrarmo-nos das que estão a caminho de virem a ser mães...

Porque ser mãe, é hoje, foi ontem e amanhã, isso é uma certeza.

Que o amor no coração transborda, mesmo quando estamos muito chateadas, por alguma asneira ou má resposta dada.
Que as lágrimas estão a marejar nos olhos, quando os filhos estão doentes e nos sentimos impotentes, perante a dor deles.
Que a baba quase que cai, quando assistimos ás vitórias deles.
Que o coração aperta no primeiro dia em que os deixamos fora da nossa asa.

Porque ser mãe, não traz manual escrito, aprende-se a ser, na hora em que os vês pela primeira vez, independentemente da idade que tenhas!

É único, insuperável, imbatível. Não morre nunca.

E quando a tua mãe se vai, um bocadinho do teu coração fica adormecido...
Mas o resto dele, luta com todas as forças, bate ainda com mais depressa e saltam garras nunca antes vistas, para defender as tuas crias.

Porque ser mãe é isto, é coração, é amor, é superar o mundo!

Bom dia para todas as mães!

Para a minha que está lá em cima, a guiar-nos, um beijo do tamanho do mundo.
Eu sei que todas as noites me vens abraçar e dar-me forças para continuar!

Sandra C.


Sem comentários: