segunda-feira, fevereiro 09, 2009

O centenário de Carmen Miranda.

Se Carmen Miranda fosse viva, faria hoje 100 anos.
Carmen nasceu em na freguesia de Várzea da Ovelha e Aliviada em Marco de Canaveses.

O seu nome artistico derivou da paixão que o seu pai tinha por óperas, pois o nome com que foi baptizada foi Maria do Carmo Miranda da Cunha.
Muito cedo foi para o Brasil (com menos de um ano) e nunca mais voltou à sua terra natal.
O seu primeiro emprego foi aos 14 anos numa loja de gravatas, e depois numa chapelaria.
A 1ª vez que Carmen apareceu foi na revista Selecta em 1926, na secção de cinema escrita pelo jornalista Pedro Lima.
Três anos depois grava as suas primeiras músicas "Não Vá Sim'bora" e "Se O Samba é Moda".
O ano de 1930 grava o êxito "Pra Você Gostar de Mim" ("Taí") de Joubert de Carvalho.
A sua carreira cinematográfica começa em 1936 no filme "Alô, Alô Carnaval" onde ao lado da sua irmã Aurora Miranda cantam "Cantoras do Rádio".
Muitos sucessos vieram a seguir entre eles o espectáculo musical "Streets of Paris", em Boston.
Carmen teve uma carreira cheia de êxitos e de agendas muito preenchidas, diz-se que para dar conta deste seu legado, tomava comprimidos. Esta situação tornou-se descontrolada e a 3 de Dezembro de 1954, nessa altura Carmen retornou ao Brasil após 14 anos de afastamento e ai fez uma desentoxicação.

Em Abril de 1955 volta para os EUA e durante a tournée entre Cuba e Las Vegas, volta a consumir comprimidos.
A sua morte aconteceu em 5 de Agosto de 1955 com 46 anos após um ataque cardíaco.
Carmen Miranda deixa muitos êxitos, deixo aqui apenas um dos muitos vídeos onde se pode ver o seu talento admiravel.
Fotos retiradas do site http://carmen.miranda.nom.br/










Sem comentários: