domingo, dezembro 28, 2008

Um Feliz Ano Novo de 2009

Venho desejar a todos os que visitam o Bluestrass umas óptimas saídas e umas melhores entradas.
Que o ano de 2009 que se aproxima a passos largos, não seja a concretização de piores tempos como tanto se apregoa e que caso isso aconteca, que sejamos capazes de superar, de dar a volta por cima. Sim, porque nós portugueses, até somos capazes de ser pessimistas, mas damos sempre a volta por cima.


Um dia, ainda vou fazer a passagem do ano aqui...

sexta-feira, dezembro 19, 2008

Gosto muito destas músicas...

... há já uns dias que andava para colocar estas músicas aqui... não são propriamente músicas de Natal, mas são muito bonitas e para mim apelam à imaginação...

Eu sei...

Se eu voar, sem saber onde vou...
Se eu andar, sem conhecer quem sou...
Se eu falar, e a voz soar com a manhã...
Eu sei...

(Chorus:)
Se eu beber dessa luz que apaga
A noite em mim,
E se um dia eu disser
Que já não quero estar aqui,
Só Deus sabe o que virá
Só Deus sabe o que será
Não há outro que conhece,
Tudo o que acontece em mim!

Se a tristeza é mais profunda que a dor...
Se este dia já não tem sabor...
E no pensar que tudo isto já pensei...
Eu sei...

(Chorus:)
Se eu beber dessa luz que apaga
A noite em mim,
E se um dia eu disser
Que já não quero estar aqui,
Só Deus sabe o que virá
Só Deus sabe o que será
Não há outro que conhece,
Tudo o que acontece em mim!

Se eu beber dessa luz que apaga
A noite em mim,
E se um dia eu disser
Que já não quero estar aqui,
Na incerteza de saber
O que fazer, o que querer,
Mesmo sem nunca pensar,
Que um dia o vá expressar...
Não há outro que conhece
Tudo o que acontece em mim...!







Longe do mundo

Eu não sei se vais ouvir-me
se estás ai ou não
eu não sei se compreendes
esta minha oração

Se eu p'ra ti sou uma estranha
que o coração perdeu
é ao ver-te que eu perguntos
e ja foste como eu

Longe do mundo, perto de ti
peço conforto de quem eu fugi
perdida, esquecida eu oro a ti
longe do mundo mas perto de ti

Peço conforto e nada mais
na voz dos que sofrem padecem sinais
vêm de longe e chegam por fim
quem vai ouvi-los? quem sofre assim?
Eu naõ sei se vais lembrar-te
de um coração tao só
coração tão vagabundo
que perde, chora, todos os dias

Longe do mundo mas perto de ti
peço conforto de quem eu fugi
venho de longe e chego por fim
quem vai ouvir-me chama assim
perdida, esquecida, aqui ao orar
longe do mundo mas perto de ti...


sexta-feira, dezembro 12, 2008

Sagitarianos Famosos...

Sabem quem são os Sagitarianos famosos?
Aqui ficam alguns deles e as respectivas datas de nascimento

22 de Novembro de 1958:
- Jamie Lee Curtis

22 de Novembro de 1984:
- Scarlett Johansson


26 de Novembro de 1939:
- Tina Turner


27 de Novembro de 1942:
- Jimi Hendrix

30 de Novembro de 1965:
- Ben Stiller

1 de Dezembro de 1935:
- Woody Allen


2 de Dezembro de 1978:
- Nelly Furtado

- Lucy Liu
- Britney Spears

3 de Dezembro de 1948:
- Ozzy Osbourne
- Julianne Moore
- Daryl Hannah

4 de Dezembro de 1973:
- Tyra Banks

8 de Dezembro de 1953:
- Kim Basinger

- Teri Hatcher

13 de Dezembro de 1981:
- Amy Lee
- Christopher Plummer
- Jamie Foxx

16 de Dezembro de 1770:
- Ludwig van Beethoven

17 de Dezembro de 1975:
- Milla Jovovich

18 de Dezembro de 1963:
- Brad Pitt
- Katie Holmes
- Christina Aguilera

21 de Dezembro de 1948:
- Samuel L. Jackson

Os sagitários e as suas caracteristicas...

Sou do signo Sagitário, com ascendência também de Sagitário, logo deveria ter estas caracteristicas muito mais acentuadas, mas sinceramente, acho que em algumas coisas não me indentifico nada com isto...
Ora vamos lá então:

"Este signo representa a sabedoria, são idealistas, tem fé (tenho a minha fé ás vezes), a filosofia (o que queira isto dizer...), o positivismo (eu ás vezes é mais o contrário...), o exagero (confesso que ás vezes sou um bocadinho...) e a religiosidade.

Somos bem humorados (a maior parte das vezes), independentes (esta não entendo lá muito bem...), francos (ás vezes até de mais!!), intuitivos, gostam de aventuras (isso depende muito do tipo de aventura...) e são atraídos pelo exótico (em outra vida devo ter sido indiana, com todo o respeito por este povo). Negativamente podem ser dogmáticos, preconceituosos (isso não condiz lá muito comigo...), inquietos (assumo!), prepotentes (quando perco a paciência!), instáveis.
Os sagitarianos têm grande necessidade de expandir seus conhecimentos e divulga-los (assino por baixo!)

Normalmente são entusiasmados, honestos, e muitas vezes ingenuos (podem crer!).

Por outro lado podem ser agitados, despreocupados, descuidados (ás vezes até pareço que tenho uma costela do signo gémeos) e extravagantes.
São vigorosos e naturalmente expansivos, atingindo seus objetivos com o poder do pensamento positivo.

São intelectuais sentem -se à vontade com ideias, princípios e crenças abstratas (o que quer que isto seja...). Há uma forte tendência para seguirem as regras e as leis, sem questiona-las (isso agora... ou não tivesse eu nascido no ano da revolução! Lololol..)
Geralmente não abordam a vida com subtileza, e vão directo às conclusões, passando por cima de detalhes ou factores que podem ser importantes.
Precisam trabalhar em áreas que requeiram estudo, conhecimento, expansão, liberdade, mobilidade, divulgação, audácia e aventura. As áreas mais indicadas são publicidade, magistratura, comércio exterior, exploração, administração, direito e profissões que envolvem contactos estrangeiros ou viagens (Lololol... tem tudo a ver...)
Os sagitarianos possuem boa vitalidade e necessitam de movimento e exercício físico (assim tivesse eu mais tempo!). O gosto pelo perigo pode resultar em acidentes, e os exageros podem prejudicar o corpo físico e o mental. As áreas mais sensíveis são o fígado, as coxas, os quadris e o nervo ciático.
Os sagitarianos tendem a ser insensíveis (não posso estar mais em desacordo, se existe pessoa que é uma chorona, sou eu!!), pois como buscam o distante não observam quem está mais próximo. Para um relacionamento saudável precisam de aventura, novidade e dinamismo."

terça-feira, dezembro 09, 2008

No alto daquela serra...

Há uns dias que andam com uma música na cabeça, de vez em quando sai e só me apetece cantá-la, mas como seriam poucos as que a iam reconhecer, prefiro guardá-la para mim, mas hoje resolvi partilhá-la convosco.

Ja me perguntei se me ando a recordar disto, com algumas saudades dos meus tempos de infância, dos tempos em que a professora Eugénia, nos ensinava estas canções bonitas, dos tempos em que nós acreditavamos que o mundo era lindo.
Com esta canção jogavamos ao lenço.
Acho que estou a ficar "cota"...
Vejam lá se se lembram disto?

"No alto daquela serra"

No alto daquela serra
no alto daquela serra
está um lenço
está um lenço a acenar
Está dizendo viva viva
está dizendo viva viva
morra quem
morra quem não sabe amar

Do outro lado do monte
do outro lado do monte
tem meu pai
tem meu pai um castanheiro

Dá castanhas em outubro
dá castanhas em outubro
uvas brancas
uvas brancas em janeiro.

quarta-feira, dezembro 03, 2008

António Variações...

António Variações, ou melhor António Joaquim Rodrigues Ribeiro, faria hoje 64 anos se fosse vivo, este cantor influenciou a minha juventude, ouvir as suas canções era algo de estranho, mas era impossivel de não ouvir...

Todas as suas músicas mexiam comigo. Deixou muitas saudades...

Quem não se lembra do "Estou Além", " O corpo é que paga", Canção de Engate" (esta canção era do Variações e não como muitos pensam dos Delfins).

As mais conhecidas eram estas, mas este excêntrico cantor, tinha muitas outras só descobertas mais tardes pela voz de outros cantores, como os Humanos.

Só recentemente descobrimos, "Maria Albertina", "Muda de Vida", entre muitas outras.

Aqui podem ouvir algumas das suas músicas, também existe um livro com a sua história, chma-se "António Variações entre Braga e Nova Iorque" de Manuela Gonzaga .
Deixo também aqui a minha homenagem... descubram lá as diferenças!