terça-feira, maio 29, 2007

Por blogs já antes navegados

Dia 1 de Junho comemora-se o dia Mundial da Criança e eu descobri este blog que a cantora Lena d'Água tem com canções para crianças.
Como gostei muito deixo aqui a sugestão, podem visitar em http://aguaparacriancas.blogspot.com/, já agora deixo aqui um exemplo de uma das muitas canções que lá está.

A canção da Bábá

Eu queria pentear o menino
como os anjinhos de caracóis.
Mas ele quer cortar o cabelo,porque é pescador e precisa de anzóis.

Eu queria calçar o menino
com umas botinhas de cetim.
Mas ele diz que agora é sapinho
e mora nas águas do jardim.

Eu queria dar ao menino
umas asinhas de arame e algodão.
Mas ele diz que não pode ser anjo,
pois todos já sabem que ele é índio e leão.

(Este menino está sempre brincando,
dizendo-me coisas assim.
Mas eu bem sei que ele é um anjo escondido,
um anjo que troça de mim.)

Uma história antiga

Deixo-vos uma história que não sei quem é o autor, mas é bastante engraçada para ler aos pequeninos, é de um livro das edições Majora que existia quando eu era miúda, foi alguns destes livros que eu aprendi a ler e ontem descobri-os perdidos numa caixa velha.

“O Pequeno Cavalo - Marinho”


Bengalinha, o pequeno cavalo-marinho, andava a nadar para dentro e para fora da sua nova casa, fazendo voltas e mais voltas em torno da mesma. “Ninguém”, dizia ele cheio de vaidade, “tem uma casa tão bela como a minha”.
Até essa manhã, Bengalinha pensava que todo o mar era a sua casa. Ele ficava satisfeito quando enrolava a sua cauda e se introduzia numa concha qualquer, para dormir, ou quando queria conversar com os seus amigos ou ainda quando estes o queriam ver.
Mas ele soube que os amigos tinham as suas próprias casinhas!... A lapa Lulu por exemplo, tinha uma cabana muito jeitosa... A ostra Pérolazinha podia fechar-se tão bem na sua casa, que nem um grão de areia lá podia entrar – mesmo fazendo-se força.
Os outros eram a tartaruga Carcassa e o caramujo Casquinha. Todos tinham a sua pequena e própria casinha. O Bengalinha não percebia como aquilo podia ser, mas quando os viu partir, pôs-se a pensar. A princípio, aquilo não devia ser muito bom. Nunca tinha pensado tanto como naquela ocasião.
Estava a olhar espantado a observar o vasto mar, como se estivesse a sonhar...
Foi o velho Bernardo Eremita que lhe veio dar uma ideia. Não porque o Bernardo Eremita tivesse falado com ele. O velho Bernardo Eremita nunca falava com qualquer pessoa... Olhou à sua volta, para ver se não existiam inimigos perto, e a seguir pôs-se a nadar rapidamente em direcção à mais bela das conchas que ele jamais vira, entrando para dentro dela.
Quando o velho Bernardo Eremita saia da concha, o Bengalinha entrava nela. Não havia nada mais simples do que aquilo! “Agora vou dar uma festa aos meus amigos, de forma a que eles possam admirar a minha nova casa”, disse ele.
A Lulu, a Pérolazinha, a Carcassa e o Casquinha gostavam imenso de festas. “Devia-se convidar mais gente para esta excelente festa”, sugeriu a tartaruga Carcassa.
Muitos e belos peixinhos vieram admirar a nova casa de Bengalinha. “Há uma festa!” – exclamaram eles alegremente.
Repentinamente, Bengalinha teve a sensação de que alguém o estava a espiar. Olhando à sua volta, viu dois olhos muito sérios fixando-se nele, através das águas do mar. Ele foi até ao maciço de algas para ver quem era e, então, viu a espreitar, dentro doutra concha, o velho Bernardo Eremita.
“Pobre velhote”, pensou Bengalinha. “Ele deve estar ansioso por vir também à festa, de forma que vou convidá-lo”.
Vivendo sempre sozinho, o velho Bernardo Eremita nunca tinha ido a uma festa e, portanto, não tinha qualquer vontade de participar nela.
Rodos ajudaram o Bengalinha a explicar como eram lindas estas festas, com enormes quantidades de coisas boas e lindos jogos para brincar.
Só então é que o Bernardo Eremita saiu do maciço das algas. Ele não sabia jogar qualquer dos jogos, mas comeu uma boa quantidade do bolo da festa e, quando Bengalinha lhe disse “Boa noite” da sua adorável casita, ouviu-se murmurar de mansinho: “Gosto de festas”.

Por entre Tachos e Panelas

Esta semana para festejar o dia da criança, deixo aqui algumas receitas fáceis que podes preparar mas... sempre com a ajuda de um adulto.

Ovos mexidos com queijo e fiambre
Ingredientes:
- 4 Ovos
- 5 Fatias de fiambre ao teu gosto
- Queijo ralado ao teu gosto (Mozarella, Flamengo, Queijo Creme, etc) q.b.
- Sal q.b.
- Margarina q.b.
- Fatias de pão ligeiramente tostado q.b.
Preparação:
Parte os ovos para dentro de um recipiente, bate-os bem. Depois pede ajuda para cortar o fiambre em pedaçinhos, depois é só misturares no batido dos ovos e colocares queijo a teu gosto.
Tempera com um pouco de sal.
Numa frigideira anti-aderente, coloca um pouco de margarina, quando ela estiver derretida, deita os ovos e com uma colher de pau vai mexendo sempre até que deixe de estar líquido, mas não deixes secar muito.
Tosta um pouco as fatias de pão e coloca os ovos mexidos por cima.
Bom apetite.

Bolo de Coco
Ingredientes:
- 4 Ovos
- Igual peso de açúcar, farinha e manteiga
- 4 Colheres sopa de coco ralado
- 4 Colheres sopa de leite
- 1 Colher chá de fermento
Preparação:
Bates durante 10 minutos, o açúcar com a manteiga derretida, juntas as gemas, o coco ralado e o leite.
Depois bates as claras em castelo e juntas à primeira massa, de seguida junta a farinha e por último o fermento.
Untas uma forma de bolo, com margarina e polvilhas bem com farinha. Deitas a massa do bolo e levas a forno brando até cozer. Pede a alguém que vá vendo quando o bolo está cozido.
Desenforma-o depois de frio.
Podes ainda regá-lo com o sumo de uma laranja grande.
Bom apetite.


domingo, maio 27, 2007

We all stand together

Deixo aqui uma música que é um verdadeiro apelo à imaginação, aos sonhos infantis e é uma das músicas mais bonitas que já ouvi.
Obrigado Paul Mccartney, por esta pequena maravilha...

No comment´s!

Dia 1 de Junho, comemora-se o dia da criança, deixo aqui este vídeo para todos pensarmos um pouco em como uma criança de 12 anos opode dar uma verdadeira lição de moral aos adultos.

Sonhos bons VS maus

Uma noite deitas a cabeça na almofada, respiras fundo, viras-te para o teu lado preferido e adormeces... sonhas com coisas maravilhosas, com mundos novos, com as cores do arco-íris, com o perfume das flores, lentamente o teu sonho encaminha-te para um caminho tortuoso, com muitos caminhos paralelos, marcados por pequenas pedras coloridas e ficas em dúvida que caminho hás-de seguir. O da direita é bonito, cheio de flores perfumadas, o da esquerda é mais escuro, olhas para o céu desse lado e uma colónia de nuvens negras povoa o horizonte e pensas, quem me dera ter uma bússola para me ajudar.... mas não tens e tens que te decidir, o sonho não para!
Já sei... vais pelo caminho das flores, ao fim ao cabo, é o mais surpreendente e bonito, começas a dirigires-te para lá, inspiras fundo, sentes o perfume das flores, o cantar dos pássaros, tudo parece um verdadeiro encanto, continuas a andar mais para a frente e algo de estranho te surpreende no meio das plantas, é um pequeno ser que se aproxima e que se cola às tuas pernas e que te apela “vem o caminho é por aqui...”, tu por momentos duvidas, olhas para trás mas já não vês nem o caminho da esquerda, nem a colónia de nuvens, agora és tu, só tu podes decidir o que fazer.
Alegremente segues a criatura, ela vai indicando o caminho a seguir, vais encontrando cascatas de água borbulhante cor-de-rosa, paras e num momento de estranha decisão resolves saltar para dentro da lagoa rosa.
A tua primeira impressão é agradável, perfumada, doce, cheira a frutos... mergulhas e sentes-te maravilhado pelo que se apresenta perante os teus olhos, “ninhos” de corais, peixes coloridos que vão mudando de cor ao tentares tocá-los, mais ao fundo vês algo de estranho mas ao mesmo tempo que te puxa para si, como magnetismo, vais até lá, a criatura à vista desarmada parece-te bem, inofensiva, aproximas-te mais e ao tentares tocá-la ela lança um jacto de líquido gelatinoso que te vai envolvendo, aos poucos começas a sentir-te dormente, já não sentes as mãos, as pernas, começas a sentir-te confuso, queres voltar para cima...mas já é tarde de mais, foste apanhado na trama do medo.
Tu perguntas porquê, sentes-te indefeso, impotente, as tuas forças foram engolidas por aquela criatura e tentas gritar.....mãe, pai, ajudem-me... não vem que estou perdido?
Acordas... olhas à tua volta, a criatura já desapareceu, as tuas pernas e os teus braços estão ai, mas ainda dormentes, olhas para a almofada e vês que ela está molhada, os lençóis e cobertores no chão... mas onde é que estão todos? Deixaram-me aqui sozinho? De repente lembras-te... que já te deixaram sozinho há muito tempo... lembras-te eles te usavam como se fosses um troféu para poder mostrar aos amigos. Com o dinheiro compravam-te roupa, inscreveram-te em inglês, deram-te um computador, até as amizades, mas nunca foram o suficientemente ricos para te dar a única coisa de que precisavas, o amor!
Hoje, que já não és uma criança, ou pelo menos não és uma criança igual às outras, há muito que decides a tua vida sem que te impeçam ou te chamem à razão para o que é certo ou errado. Por isso estás por tua conta e risco, porque eles dizem que criaram um monstro, que envergonhas a família, mas não ligues... , na encruzilhada onde tu estavas, eram eles que deviam lá estar para te ajudar a descobrir o caminho certo.
Agora que acordaste do teu sonho mau, tens a vida nas tuas mãos, tens uma vida inteira para decidires o que é melhor para ti, abre os olhos, abre a alma e faz-te à vida, porque a vida precisa de ti!
Já agora... quando um dia tiveres filhos, dá-lhes primeiro amor e só depois exige deles o que quer que seja!

sexta-feira, maio 25, 2007

Sugestões para o fim-de-semana

Após uma semana de ausência por falta de tempo, aqui estou eu para mais um fim-de-semana de sugestões.

Crafts e Design by Flowers
A edição de Maio desta feira traz consigo o tema das flores.
Este domingo no Jardim da Estrela, pode ver e adquirir o que fazem os artesãos e designers que expõe nesta feira.
Pode ainda ouvir a banda Kumpania Algazarra ás 16.30 horas com as suas polcas, swing, música de leste, entre outras.

A Rainha do Chá
É uma peça de Teatro de autoria de José Jorge Letria, com encenação de Carlos Avilez e com actuações de Fernanda Neves e Teresa Corte-Real e está em cena no Teatro Experimental de Cascais.
Esta peça retrata a vida de Catarina de Bragança, rainha de Inglaterra por casamento com Carlos II. Esta mulher levou o hábito de beber chá, tão conhecido hoje por ser um hábito tão inglês.
Conta a ainda a vida solitária e o exílio voluntário desta mulher que nunca negou nem esqueceu as suas origens, optando por acabar os seus dias nesta sua pátria.
De quarta a domingo às 21.30 horas, até dia 3 de Junho.

Flamenco no Santiago Alquimista
Se procura salero, ritmo e cor, então tem de ir ao Santiago Alquimista este sábado pelas 22.00 horas assistir a um espectáculo dirigido por Alejandra Gutkin e no fim participar numa festa de Sevilhanas.
E Olé!!
Entrada € 6,00.
Mais informações em flamencoemlisboa.com

Ponte 25 Abril sob fogo... de artifício!!
Este sábado pelas 22.30 horas veja durante 8 minutos o espectáculo piromusical, que vai dar inicio à contagem decrescente para o Rock in Rio Lisboa 2008.
Não se esqueça de levar os phones com a RFM como música de fundo.

Feira do Livro
A Edição deste ano já abriu na quinta-feira e vai ficar até dia 10 de Junho.
Vá e leve um banho de literatura, este ano a feira vai fazer uma homenagem ao Brasil.
Para além de comprar livros, pode ainda relaxar na relva do Parque Eduardo VII.


Um bom fim-de-semana.

terça-feira, maio 22, 2007

Por Blogs já antes navegados

Olá a todos, há já algum tempo que não publicava nada nesta rubrica, hoje o blog que quero deixar já é conhecido, no entanto ouve algumas alterãções e o blog do Grupo Teatro G.B. 22 Maio agora está no Blogspot.

Conheçam as últimas coisas que eles andam a fazer...

Por Entre Tachos e Panelas

Esta semana deixo-vos 2 sugestões com massa folhada. É um produto que conseguem encontrar facilmente no supermercado e o que podem fazer com ela é uma variedade de doces e salgados, à medida da vossa imaginação.
Tive noção do quanto é versátil trabalhar com massa folhada, através da revista “Mulher Moderna na cozinha” nº 134- Maio 2007.

Pizza folhada
Ingredientes:
- 400 gr. Massa Folhada
- 1 Gema
- Farinha q.b. para polvilhar
- 1,5 dl. Molho de Tomate
- Queijo Mozarella q.b.
- Fiambre, frango assado, chouriço, atum, camarão, beringela, curgete, etc...
Preparação:
Estenda a massa sobre uma superfície enfarinhada e corte um rectângulo.
Pincele o rebordo da massa com gema batida, aproveite as sobras da massa, esticando-as de novo e cortando tiras finas que se colocam sobre o ovo, formando um rebordo na massa.
Conforme o seu gosto, corte os ingredientes para fazer a pizza.
Ligue o forno a 180º graus.
Espalhe o molho de tomate sobre a massa e comece por colocar um pouco de mozarella e de seguida os ingredientes escolhidos, acabando com mozarella.
Leve ao forno por 25 minutos.
Bom apetite.

Palmiers
Ingredientes:
- 500 gr. Massa Folhada
- Farinha e açúcar para polvilhar
- Manteiga para untar
Preparação:
Estenda a massa sobre uma superfície enfarinhada. Polvilhe-a com açúcar dos dois lados e passe de novo com o rolo para que o açúcar incorpore bem na massa.
Com uma faca acerte a massa em toda a volta.
Ligue o forno a 200º. Dobre a massa, formando um canudo. Dobre ambas as pontas e una-as ao centro, passe com o rolo ligeiramente até espalmar.
Unte o tabuleiro com a manteiga e polvilhe-o com farinha.
Corte a massa em fatias e comece a enrolá-las até formar pequenos palmiers ou então pequenos laços.
Disponha-os no tabuleiro espaçadamente.
Leve ao forno cerca de 25 minutos, tendo o cuidado de os virar a meio da cozedura. Deixe arrefecer e sirva.
Bom apetite.

quarta-feira, maio 16, 2007

Por entre Tachos e Panelas

Trutas assadas no forno
Ingredientes:
- 4/6 Trutas frescas
- 4/6 Fatias de Toucinho entremeado ou de Bacon
- Alhos q.b.
- Ervas aromáticas secas
- Vinho branco q.b.
- Sumo de 1 Limão e de 1 Laranja
- Azeite q.b.
- Sal q.b.
Preparação:
Lave bem as trutas e coloque-as no pirex ou assadeira onde vão a assar.
Na barriga das trutas, coloque a fatias de toucinho, se forem muito grandes, prenda-as com palitos.
Tempere levemente com sal, faça uma marinada com os alhos picados, as ervas aromáticas, o vinho, os sumos do limão e laranja e o azeite. Deite esta marinada por cima das trutas e deixe descansar umas horas.
Leve ao forno até ficarem bem assadas, vire-as de vez em quando para assarem uniformemente.
Sirva com salada.
Bom apetite.


Tarte de Caramelo
Ingredientes da Base da Tarte:
- 150 gr. Bolacha Maria
- 50 gr. Açúcar em pó
- 125 gr. Manteiga
- 1 Gema
Preparação:
Triture as bolachas até ficarem em pó. Adicione o açúcar e manteiga, amasse bem e no fim junte a gema, volte a amassar.
Espalhe a massa obtida numa tarteira de fundo amovível, guarde no frigorífico até que fique bem rija.

Ingredientes do recheio:
- 2 Folhas de Gelatina Incolor
- 3 Colheres sopa de caramelo líquido
- 200 ml. Natas
- 2 Colheres sopa Açúcar
- Caramelo líquido q.b.
Preparação:
Demolhe as folhas de gelatina em água fria, durante cinco minutos. Escorra-as e leve-as ao lume, em banho-maria até derreterem. Retire do lume e adicione o caramelo líquido.
Bata as natas com o açúcar e junte ao preparado anterior.
Deite este creme na tarteira e leve ao frio até solidificar.
Sirva com caramelo líquido por cima.
Bom apetite.

Sonhar a dormir ou acordado?

Sempre que deitamos a cabeça na almofada e adormecemos, sonhamos, umas vezes coisas boas, outras vezes coisas más...
Quem é que em criança nunca acordou, ou foi acordado a meio de um pesadelo?
Em criança sonhei muitas vezes que uma cobra subia para a minha cama e vinha deitar-se ao meu lado, ainda hoje não sei o significado, mas como até nem gosto de cobras, prefiro nem saber...
Em adolescente sonhava algumas vezes que me casava, mas que o “desgraçado” do noivo não tinha cabeça, apenas uma névoa...
Na semana antes de andar a 1ª vez de avião, sonhei que o avião levantava voo, a pique e que ficávamos colados à cadeira (que pânico...)
Sonhei algumas vezes com pessoas que me são queridas e que já não estão neste mundo, falei com elas e nessas conversas fiquei a saber algumas coisas... enfim...este mundo dos sonhos é tão complexo que não me atrevo a deixar aqui o significado deles, pois são muitos, indico-vos antes um endereço, dos muitos que existem a falar deste assunto:
http://www.mensagenseamor.com.br/significadodossonhos

Deixo-vos antes alguns tipos de sonhos que se podem ter:

Sonhos Criativos: Sonhos em que as pessoas que os têm, conseguem transcreve-los para o papel ou para uma tela.

Sonhos Lúcidos: Sonhos em que a pessoa consegue controlar o que se vai passando, quem tem estes sonhos, consegue encontrar outras pessoas e mais tarde descobrir que essas pessoas tiveram o mesmo sonho, com tudo o que ele inclui (Esta é difícil).

Pesadelos: Se o seu sonho é daqueles que afligem, se sonha com monstros e/ou fantasmas, o significado é que está com medo de alguma coisa na sua vida real e que precisa resolver.
Se por outro lado sonhou que se encontra preso em algum sítio, poderá significar que tem algo na sua vida que o prende.

Sonhos Previsíveis: Sonhos em que a pessoa que os tem, vive algo que no futuro se concretizará.

Sonhos Repetitivos: Quando sonhamos com alguma coisa, mais do que uma vez, poderá querer dizer que existe algo na sua vida que o preocupa.

quinta-feira, maio 10, 2007

Sugestões para o fim-de-semana

Mundo Mixado no Castelo
Este fim-de-semana vá até ao Castelo de S. Jorge, pague a entrada :( e deleite-se com mais uma edição do Mundo Mix PT, lá vai poder encontrar as novidades criadas por novos talentos da moda, música, arte e multimédia.
Entre as 14.00 e as 22.00 horas.
Mais informações em http://mundomixpt.sapo.pt

Uma Feira à parte
A associação Juvenil Ibambas (http://imbambas.blogspot.pt ) organiza este sábado no Jardim Palácio dos Arcos, uma feira de nome FeirÀparte, onde poderá fazer workshops de Capoeira, Yoga, Artes Circenses e também ver a actuação da banda Katharsis.
Das 10.00 ás 19.00


"Wake me up before you go, go..."
De certeza que George Michael vai cantar esta música no seu concerto de Coimbra no próximo sábado.
Ele é controverso, polémico mas temos que admitir, um grande artista....
Welcome George to Portugal...



Livros onde se aprendem a ser uma pessoa melhor...
Não, não são livros de auto-estima, nem coisa que se pareça.
São uns livros para crianças e adolescentes que antigamente o Círculo dos Leitores vendia e que agora podemos encontráa-los à venda nas Feiras dos Livros a preços quase módicos.
Tìtulos como " Os desastres de Sofia", " Pollyanna a pequena orfã", " Mulherzinhas", "O Diário de Miss Grey" e outros mais.
Esta literatura, apesar de ser para jovens, quem os lê, guarda sempre alguma e sem dúvida que conseguimos aprender a sermos pessoas melhores com eles.

Um bom fim-de-semana.

quarta-feira, maio 09, 2007

Sono e os seus benefícios

Dormir faz parte da vida de todos nós, uns mais de que outros, cada um sente necessidade de dormir da sua maneira, com mais ou menos roupa ou mesmo despido.
Dizem que devemos dormir cerca de 8 a 10 horas, para que o cérebro possa descansar convenientemente, no entanto o que dizer de certas pessoas que dormem 4 horas, como é o caso de pessoas mais idosas.
Ao ler a revista Happy do mês de Maio, descobri um artigo muito interessante sobre alimentos que nos ajudam a ter uma noite mais descansada.
Em primeiro lugar há que evitar comer refeições muito pesadas, cerca de 4 a 6 horas antes de dormir, depois repare só nestes alimentos:

Pesquisa de Rita Caetano para Happy Maio 2007
Abacate é um alimento que é rico em vitaminas B, estas vitaminas são fundamentais para a reorganização celular e hormonal. Quem faz uma alimentação fraca em vitamina B, pode vir a sofrer com insónias.

Alcachofra é o alimento ideal para quem sofre de insónias e porquê? Porque é um dos alimentos que mais contêm ferro, quem sofre deste mal têm carência dele no seu organismo.

Amêndoas e todos os frutos oleaginosos têm a quantidade certa de ácidos gordos, ómega 3 e ómega 6. Contêm ainda vitaminas do complexo B, cobre e magnésio.

Atum é um alimento que se deve comer, não só para dormir melhor, mas por outros motivos também. Ele é rico em magnésio, cálcio, ácidos gordos ómega 3 e ainda é uma fonte de crómio que ajuda a regular os níveis de açúcar do sangue.

Banana é aconselhada em dietas para quem sofre de insónias há já muito tempo. Rica em triptofano e também em vitamina C, tanto a banana como os morangos são frutos aconselháveis de se consumir, se quer passar uma noite descansada.

Chá, existe algumas variantes deste produto que fazem maravilhas a quem quer dormir, tais como: Camomila, Tília, Cidreira, Valeriana e Flor de Laranjeira.
A juntar a estes chás, experimente ferver umas folhas de alface e beber o seu chá....

Cogumelos são um alimento óptimo para relaxar, (vá não comecem já a pensar em outras coisas...) pois é rico em vitaminas e particularmente na B5.

Iogurte é outro alimento que contêm o triptofano na quantidade certa para se ter uma boa noite de sono. Um copo de leite morno têm o mesmo efeito.

Pêssego para além de ser uma fonte de vitamina C, é ainda uma fonte de cálcio e magnésio, logo é uma ajuda na regularização da função cardiovascular e também da tensão arterial.

Tâmaras tal como outros alimentos que já falei atrás, é um fruto rico no aminoácido triptofano, logo ajuda a relaxar e a passar uma noite mais tranquila.

Estes são alguns exemplos de alimentos que podem ajudar a quem sofre de insónias a deixar de contar os carneirinhos todas as noites.
Também é conveniente não tomar, excitantes, tais como o café, chá preto, coca - cola e álcool.
Há sempre outros conselhos, como não ficar a ver televisão deitado na cama, ler um pouco também ajuda, um banho de imersão ao som de uma música calma e outras coisas mais que a imaginação permite e que não preciso falar delas, porque todos sabem do que falo....

Em breve pesquisarei sobre os sonhos, o porquê de sonharmos, os mitos associados aos sonhos e os supostos significados de alguns deles...

Por Entre Tachos e Panelas

Olá, na impossibilidade de para já continuar a deixar-vos receitas internacionais, deixo – vos 2 receitas esta semana, uma de bacalhau e outra de bolo de coco.

Bacalhau Exótico
(Esta receita foi retirada da revista “Segredos de Cozinha” nº 1048)
Ingredientes:
- 1 Molho de Espinafres
- 3 Postas de bacalhau demolhado
- 300 gr. Camarão
- 1 Cebola
- 3 Dentes de alho
- 50 ml. Azeite
- 2 Colheres sopa farinha
- 5 dl. Leite
- 4 Ovos
- 200 gr. Batata Palha
- 2 dl. Natas
- 50 gr. Amêndoa ralada
- Sal e pimenta q.b.

Preparação:
Escolha, lave os espinafres, corte-os não muito finos.
Coza o bacalhau em água abundante. Quando estiver quase cozido, adicione os camarões. Retire do lume, escorra e reserve a água.
Desfie o bacalhau, retirando a pele e espinhas, descasque o camarão.
Pique a cebola e os alhos e refogue-os em azeite. Adicione os espinafres e deixe estufar por alguns minutos. Acrescente o bacalhau e o camarão, envolva tudo e tempere de sal e pimenta ao seu gosto.
Junte a farinha e mexa bem, acrescente aos poucos a água da cozedura e o leite, mexendo sempre.
Depois de tudo bem incorporado retire do lume.
Bata os ovos e de seguida deite-os no preparado anterior, seguido da batata palha.
Depois de bem incorporado, passe metade deste preparado para um pirex, regue com as natas e deite o restante preparado. Polvilhe com as amêndoas e leve ao forno, até alourar.
Bom apetite.

Bolo de Coco Toalha Felpuda
(Esta receita foi retirada da revista “ Bolos pudins e cia.”)
Ingredientes da Massa:
- 5 Ovos
- 200 gr. Margarina
- 3 Chávenas chá Açúcar
- 3 Chávenas chá Farinha
- 3 Chávenas de Maisena
- 1 Colher sopa de Fermento
- 1 Chávena chá de Leite
- 200 ml. de Leite de Coco

Preparação:
Bata as claras em castelo e reserve.
Bata as gemas com o açúcar e a margarina derretida até que obtenha um preparado fofo.
Acrescente aos poucos o leite misturado com o leite de coco, a farinha misturada com a maisena. Junte as claras e o fermento, sem bater, muito suavemente.
Leve ao forno (250º) em tabuleiro de torta (rectangular), previamente untada e polvilhada com farinha, cerca de 18 minutos ou até que ao espetar um palito ele saia seco.
Ao retirar o bolo ele deve ser regado com a calda também quente.

Ingredientes para a calda:
- 2 Chávenas chá Água
- 100 gr. Coco ralado
- 2 Chávenas chá Açúcar
- Gotas de baunilha

Preparação:
Ferva todos os ingredientes até que o açúcar se dissolva e a calada esteja rala.
Depois de regar o bolo, deixe arrefece-lo e corte-o aos quadrados e sirva.
Bom apetite

sexta-feira, maio 04, 2007

Palavras nunca antes ditas à mãe...

Estas são as palavras que nunca te disse antes, porque era demasiado criança para as saber dizer, não que não as sentisse, mas é difícil de expressar por palavras os sentimentos.
Como diz a canção ”Só para dizer que te amo/ Não sei porquê, este embaraço/ Que mais parece, que só te estimo...”, pois é, é difícil dizer que gostamos de alguém por palavras, no entanto elas estão cá, a querer saltar da garganta, a mente guarda todos os pequenos momentos que vamos vivendo, mesmo aqueles que ás vezes não gostamos de lembrar, como um ralhete, uma palmada, um puxão de orelhas ou quando pedias para me cortarem o cabelo à rapaz... só mais tarde é que compreendemos o porquê deles terem existido...
Mas também há os momentos passados à cabeceira da minha cama, quando a febre me vinha atormentar, quando os sonhos eram maus, quando a cara inchava e me sentia um bicho – do - mato, por não poder sair de casa.
Como me protegias sempre que caia e tentavas estancar as tuas lágrimas ao mesmo tempo que o fazias ao sangue que teimava em cair pela minha cara abaixo...
Hoje, quando acordo de noite, sou eu que velo pelos teu sono, quando me ponho à porta do quarto a ouvir-te dormir baixinho.
A nossa vida modifica e hoje já não sou a menina escanzelada que ao mesmo tempo brincava com os carecas também gostava de se juntar com os rapazes e queria ser melhor que eles.
Hoje, sou uma mulher pronta para enfrentar o mundo (acho que já o sou há muito tempo, tu é que ainda não deste conta disso), pronta para constituir uma família e dar todo esse amor que tu me deste a mim, mas à minha maneira, errando uma e outra vez tal como um dia foi contigo.
Para além de dizer que te amo incondicionalmente, quero agradecer-te tudo o que tens feito por mim e que me tornou naquilo que hoje sou.
Para isso, não há prenda que se possa comprar neste dia da mãe... porque o amor não se compra, é algo que vem de dentro de nós e que não se explica... apenas se sente...
Feliz dia da mãe...

Sugestões para o fim-de-semana

Este domingo comemora-se mais um dia da mãe. Se está cansado (a) de procurar a prenda ideal e não a encontra, porque não dar um abraço, um beijo sentido, no lugar de uma outra coisa qualquer, que acaba no fundo de uma gaveta....?

Ossos, músculos, nervos e afins...
Este sábado prepare-se para ver “O Corpo Humano como nunca o viu...”.
No Palácio dos Condes do Restelo, na Rua Politécnica em Lisboa, pode então “matar” a curiosidade e ir ver como é o nosso corpo por dentro.
Quando víamos os desenhos animados do “Corpo Humano” ficávamos curiosos e perguntávamo-nos se seria mesmo assim?
Até dia Setembro pode então ver esta exposição de segunda a quinta e domingo das 10.00 ás 20.00 horas, ás sextas e sábados até ás 23.00 horas.

Caminhar, caminhar, caminhar...
...este sábado, pela Praia do Guincho e se ainda tiver pernas, pode continuar até à Praia Grande.
Mais informações em
www.CaminhosDaNatureza.com

As Máscaras Ibéricas desceram à rua
Este sábado pelas 17.30 horas venha ver o II Grande Desfile da Máscara Ibérica, este desfile começa na Praça do Comércio e vai subindo até chegar ao Rossio.
O Carnaval já foi há 3 meses, mas este é um Carnaval diferente, poderá ver para além de máscaras, trajes e bombos ibéricos.
Venha sentir a vibração contagiante...

Annie - O Musical
Há uns anos atrás Lá Féria fez furor com este musical, agora vai poder vê-lo ou revê-lo na Escola Salesiana do Estoril.
Este projecto está inserido nos 75 anos desta escola e têm encenação de Miguel Simões.

“A Filha Rebelde” – Até 20 de Maio no D. Maria II
No domingo passado fomos ver esta peça ao D. Maria II, posso-vos dizer que fiquei de lá agradavelmente surpreendida.
O Cenário estava fantástico na sua simplicidade, a música cubana dava vontade de saltar para cima do palco e dançar com os actores.
Por falar em actores, gostei de ver actores que nós só conhecemos das novelas, a fazer teatro. Gostei principalmente da genialidade de Lídia Franco, que nunca tinha visto em palco, gostei da Ana Brandão que só conhecia do cinema, no entanto tinha criado algumas expectativas em relação a Vítor Norte e confesso que fiquei um pouco desiludida, o actor parecia algo apagado e em esforço com a sua colocação de voz, eventualmente fruto de uma constipação (imagino eu...).
Valeu a pena não ter lido o livro, e ver esta versão inovadora e quebrar alguns mitos teatrais, como a questão de nunca dar as costas ao público.
Vim de lá inspirada...

“O Mistério da Estrada de Sintra”
Esta história promete agarrar o espectador à cadeira até ao fim do filme.
As personagens Eça de Queiroz e Ramalho Ortigão contam a história de um folhetim que “assustou” Portugal em 1870 e que foi considerado a primeira narrativa policial.
Ritmo intenso, amor, ciúme que leva à morte de um oficial inglês, o capitão Rytmel.
Com actuações de Ivo Canelas, António Pedro Cerdeira, Rogério Samora e Nicolau Breyner.
Este é filme a não perder.


Um bom fim-de-semana.

terça-feira, maio 01, 2007

Ainda faz sentido comemorar o dia do trabalhador?

Perguntava-se ontem no jornal Metro. Hoje se formos para a rua, haverá muita gente a saber o porquê de se comemorar este dia?
Para mim como trabalhadora há 14 anos, têm todo o sentido e hoje levanto as mãos para o céu e agradeço o trabalho que tenho, tendo em conta que o meu 1º trabalho foi numa fábrica.
Durante quase 6 anos da minha vida passei aquilo a que se chama as “passas do Algarve”, aquilo a que muitas pessoas não podem dar o valor, porque só passando pelas situações é que se entende do que falo.
Desde trabalhar meses a fio isolada e a fazer um trabalho que correspondia à mão de obra de 2 homens na Alemanha, a ter de lidar com pessoas sem escrúpulos, com falta de carácter, chefes machistas (os portugueses eram piores que os alemães), que humilhavam as mulheres na linha de produção com comentários impróprios e outras coisas de que nem me atrevo a falar, de tudo um pouco eu assisti.
Enquanto estive a contrato engoli muitos sapos, no dia em que me passaram a efectiva, prometi a mim mesma que não iria engolir mais pirolito nenhum, uma semana depois era delegada sindical, entrei em choque com muitas pessoas, fui “acusada” de comunista, mas uma coisa foi certa, nunca mais me fizeram o ninho atrás da orelha, com muito orgulho fui umas das mais interventivas e cheguei a agarrar os colarinhos a quem achava que podia brincar com a sua posição de dirigente sindical, e na única marcha do 1º de Maio em que participei, como manifestação fui vestida com a farda de trabalho, hoje olho para trás e acho que não o conseguiria voltar a fazer, porque aos 20 anos ainda pensamos que podemos mudar o mundo, e é bom pensar assim! Hoje com 32, admito o quanto inocente fui na altura, mas estes “desvarios” fazem parte do crescimento de todos nós.
Posso dizer-vos que esses 5 anos serviram para me tornar mais mulher, pois entrei para lá de “olhos tapados” e sai de lá de cabeça erguida e mais madura para enfrentar o mundo cão que é o do trabalho e o da vida em sociedade.