sábado, março 31, 2007

A Memória de Abril

Imagem retirada de www.reporter.online.pt/
Neste primeiro dia de Abril ainda pensei fazer-vos uma partida e colocar aqui qualquer coisa relacionada com o dia das mentiras, mas não me apetece, não estou para ai virada, vou antes partilhar convosco outra coisa.
Já devem ter reparado que sou um bocadinho saudosista, acho que todos somos um bocadinho, no entanto há pessoas que não gostam de o admitir. E estou a falar disto porquê? Porque vivo o mês de Abril, sempre muito intensamente. Porquê? Porque o mês de Abril sempre se cruzou com a minha vida em muitas ocasiões e de há 6 anos para cá tenho mais 2 razões para festejar o mês de Abril, faço 6 anos de namoro e o Carlos festeja o seu aniversário também neste mês. Essas duas datas, vou deixá-las para mais tarde.
Porque hoje quero partilhar convosco, algo que sinto desde pequena, que é a sensação estranha de achar que deveria ter nascido uns 20 anos antes do ano que nasci, porque me identifico com muita coisa que aconteceu nestes tempos e para os ter vivido não poderia estar na barriga da minha mãe (eu só nasci em Dezembro de 1974), no entanto ainda bem que não as vivi (ou será que vivi de uma outra maneira?), porque acho que era capaz de dar umas quantas “dores de cabeça” aos meus pais, quem sabe até não teria ido parar “com os costados” a uma prisão qualquer, por manifestações impróprias para uma rapariga? Não se assustem, porque não seria uma daquelas “malucas” que tirava o soutien em praça pública e o queimava, as minhas manifestações seriam mais de outro género.
Admito aqui, que sempre fui diferente das minhas amigas, que sempre gostei de ouvir as canções antigas que nada tinham a ver com meu tempo, que sempre gostei de roupas que não tinham nada a ver com a loucura dos anos 80, que comecei a ter interesse por questões políticas, quando se calhar ainda tinha idade para andar a brincar á apanhada, que sempre tive curiosidade em saber o porquê de o meu pai chorar, sempre que via umas imagens a preto e branco na televisão, com uns senhores vestidos de tropas no meio do mato, que nunca me tenha entrado na minha cabeça que a minha mãe e a minha avó tivessem que ir ás 6.00 horas da manhã para a bicha do leite em pó, se queriam ter leite para dar ao meu irmão, assim como muitas outras coisas... enfim, coisas a mais para a cabeça de alguém que nasceu depois de 1974...
Durante este mês vou falar-vos aqui de algumas situações, tentando não melindrar ninguém, pois acima de tudo respeito quem viveu estas situações mas as entende de outra forma.

sexta-feira, março 30, 2007

Sugestões para o fim-de-semana

Jardim da Estrela - 155 anos é muito tempo
Pois é o Jardim da Estrela comemora 155 anos.
Quem vive em Lisboa quase de certeza que já lá passou alguma vez.
Eu tenho boas recordações, em pequena passeie algumas vezes com os meus pais lá, mas há já algum tempo que não vou para aqueles lados. Uma boa proposta para este fim-de-semana.
No dia 1 de Abril (domingo) mais uma edição da Feira Crafts e Design.

Feira da Ladra Alternativa

Gostava de conhecer o que se faz de novo em cerâmica, bijuteria, roupa e acessórios de moda? Então este fim–de semana passe na Feira da Ladra Alternativa no Centro Cultural Dr. Magalhães Lima na zona de Alfama e surpreenda-se com as novidades.
Entrada Gratuita. Sábado das 10.00 ás 24.00 horas e Domingo até ás 19.00.

7ª Mostra de Teatro de Amadores do Concelho de Cascais
31 de Março o Grupo de Teatro “Arte e Fantasia” da Junta de Freguesia da Parede apresenta pelas 16.30 Horas a peça “ Retalhos da Vida” de Noémia Ferraz no Grupo Recreativo e Dramático 1º de Maio de Tires.

31 de Março o Grupo de Teatro Amador da Sociedade Musical de Cascais apresenta pelas 21.30 Horas a peça “De Cascais menina e Cascais menino” na Sociedade Musical de Cascais.

Um Bom fim-de-semana!

terça-feira, março 27, 2007

Por Entre Tachos e Panelas

Esta semana fugindo um pouco ao que me propus há duas semanas, vou deixar aqui três receitas já a pensar na sexta-feira de Páscoa.
Espero que gostem.

Tamboril no forno com camarão e salmão fumado
Ingredientes:
- Filetes de Tamboril q.b. (depende da quantidade de pessoas para que se faça a receita)
- Fatias de Salmão fumado q.b. (uma por cada filete)
- Camarão q.b. com casca
- Molho Bechamél (ver...)
- Queijo ralado q.b.
- Sal e pimenta q.b.
- Azeite q.b.
Preparação:
Leve ao lume um tacho com água ao lume temperada de sal, pimenta a gosto e um fio de azeite. Junte os filetes de tamboril e deixe levantar fervura. Retire o peixe para uma travessa e na mesma água coza os camarões (não muito) durante alguns minutos.
Enrole em cada filete uma fatia de salmão fumado. Arrume os filetes num pirex. Retire os camarões do lume e arrume-os nos espaços livres do pirex.
Com a água dos camarões faça um molho bechamél consistente.
Deite o molho por cima do peixe e dos camarões, polvilhe com queijo ralado e leve ao forno a gratinar.
Bom apetite.

Batatas Duquesa
(Esta receita foi retirada do livro “Coisas Boas”)
Ingredientes:
- 6 a 8 Batatas médias
- Água temperada de sal q.b.
- Pimenta q.b.
- 1 Colher de sopa de Margarina
- 1 Ovo
- Farinha q.b.
- Óleo q.b.
Preparação:
Leve as batatas a cozer, depois passe-as pelo passador, como se fosse para fazer puré. Rectifica-se o sal, deita-se um pouco de pimenta, mistura-se bem, depois molda-se pequenas bolas, que se passam por ovo batido e levemente por farinha. Leva-se a fritar em óleo quente, momentos antes de servir.
Bom apetite.

Salada de frutas diferente
Ingredientes:
- 1 Ananás ou abacaxi grande
- 1 Banana
- 1 Laranja Grande
- 1 Maçã grande ou 2 pequenas
- Cerejas Cristalizadas
- Vinho do Porto a gosto
- 1 Garrafa pequena de água gaseificada
- Açúcar a gosto
Preparação:
Comece por ter cuidado ao escolher o ananás para que seja maduro, mas sem que esteja tocado.
Corte uma rodela (da parte de cima do ananás) com 2 a 3 dedos de espessura, com uma faca retire cuidadosamente a polpa do ananás, sem estragar o seu interior.
Corte todas as frutas em pedaços pequenos, inclusive o ananás, tenha cuidado para que a laranja não leve caroços, deite as frutas para dentro de um recipiente fundo, depois deite a água, o vinho do porto e o açúcar. Deixe repousar de preferência de um dia para o outro. Quando for servir, passe as frutas para dentro do ananás.
Esta salada pode ficar ainda mais exótica se for feita com frutas tropicais.
Bom apetite.

27 de Março – Dia Mundial do Teatro


Hoje é dia Mundial do Teatro, um pouco por todo o mundo se comemora esta data, a minha manifestação de apreço em relação a este dia, é agradecer a todos os que já pisaram alguma vez as tábuas de um palco e já sentiram verdadeiramente na pele, a magia de dar o seu corpo a uma alma que não é a sua.
E pedir aqueles que não respeitam esta arte e que insistem em se colocar no caminho de quem quer trabalhar, que continuem a fazê-lo, pois a vossa ignorância é a força e o alento que precisamos para continuar a realizar os nossos sonhos.

Grandes Portugueses VS Grande “Chachada”?

Pois é, domingo passado finalmente lá chegou ao fim a votação do programa “Grandes Portugueses”. Confesso que durante algum tempo até que andei algo empolgada com isto, mas com o “arrastar” do programa... que seca... o programa de domingo até conseguia adormecer, quem sofre de insónias!
Com ânimos acesos, ás vezes até de mais, cada um defendia o seu candidato com unhas e dentes, agora tenho que dizer, que eu que até nem gosto do Paulo Portas e achei que ele esteve muito bem, muito seguro nos seus argumentos, ao contrário do que achei Odete Santos, que me pareceu que estava a baralhar ali umas quantas coisas, a personalidade de Álvaro Cunhal que estava em jogo, com a defesa do partido que ela representa, sei que uma coisa não está desassociada da outra, mas o que estava em jogo, não era o partido, não era o tempo de antena, mas sim a defesa do seu candidato, que não me julguem mal, nem pensem que estou a ser tendenciosa, quem me conhece entende o que eu estou a falar.
No fim de tudo, aconteceu o que eu já andava há muito a dizer, que ia ganhar Salazar.
Enfim... não me vou estender muito neste assunto, porque não estou cá para isso, quem de direito que tire as suas ilações, agora eu pergunto, será que isto foi uma forma de mandar um recado a alguém, tal como na semana passada se falava nos jornais?
Será que isto quer dizer que os Portugueses querem manter viva a “chama” e esperam “qual D. Sebastião montado num cavalo branco que vai surgir por entre o nevoeiro?”
Não sei, agora ouvi uma coisa que achei muito acertada da boca de uma pessoa que viveu na época deste senhor que foi, “depois de morto, Salazar conseguiu ser eleito sem que as eleições a que se candidatava fossem manipuladas.”
Como diria o grande Fernando Pessa “E esta, heim?”

domingo, março 25, 2007

Por blogs já antes navegados

Esta semana e por terça -feira se comemorar o Dia Mundial do Teatro, o blog desta semana vai ser o blog de um Grupo de Teatro a que eu faço referência de vez em quando, os Cegada Grupo de Teatro.
Podem visitá-los em http://cegada.blog.pt/ e descobrir o trabalho deles, assim como a sua agenda, por onde andam, o que andam a fazer, os prémios que já receberam e descobrir que no dia 9 de Março fizeram 21 anos de trabalho.
Este Grupo merece realmente o nosso apoio pois tem passado por algumas dificuldades, estando aos poucos a resconstruir a sua casinha, eu não conheço pessoalmente o local mas deve ser muito interessante.
Um bem haja a todos e continuem com o vosso trabalho...

sábado, março 24, 2007

Sugestões para o fim – de – semana

Mas quem é que falou que o tempo estava a aquecer? Pois é, queriam ter já o verão á porta? Não tenham pressa, porque quando ele vier em força se calhar vão desejar que ele não tivesse vindo.
Ouve-se falar que este ano vai ser um dos verões mais quentes de sempre. Eu pergunto: Mais ainda? Acho que vou derreter....

“Descontos Máximos – Preços Mínimos”
Este é o mote para a Feira do Livro Novo e Manuseado, no Mercado da Ribeira em Lisboa.
Abre esta sexta-feira, se gosta de livros e os acha um balúrdio (alguns são), venha espreitar esta feira, pode ser que saia de lá com alguns títulos na mão.
Mas veja lá não se “arme” em Prof. Marcelo Rebelo de Sousa e não venha com a feira toda atrás...

“VII Feira do Livro Manuseado”
Também na Praça da Figueira pode adquirir livros já manuseados por preços mais baixos.
Pode encontrar aqui livros com pequenos defeitos (manchados pelo sol por ex.), mas com toda a sua alma literária, este evento conta com milhares de obras de mais de cinquenta editoras.
De 16 de Março a 8 de Abril

Espanto de luz, som e água
No Reservatório da Mãe d’água em Lisboa pode ver repuxos de água a dançar ao som de Sarah Brigtman e Andrea Bocelli, entre outros.
De certeza que deve ser um espectáculo memorável.
Domingo é o último espectáculo ás 19.00 e a entrada é gratuita


7ª Mostra de Teatro Amadores do Concelho de Cascais:
24 Março, o Teatro Multiculturas Associação Cultural apresenta no Auditório Fernando Lopes Graça, pelas 21.30 horas a estreia da peça “ Histórias que envolvem todos os objectos”.

25 Março, o Grupo de Teatro “Traquitanas do Penedo” da Associação de Idosos e Deficientes do Penedo apresenta “A história do Capuchinho Vermelho” também no mesmo Auditório pelas 16.30 horas.

Mexer na terra
Os seus filhos pensam que as alfaces, os tomates e as batatas aparecem nos supermercados por obra e graça de algum milagre chamado “camião”?
Lembra-se de como é que nascem os feijões?
Então venha até ao Infantário Parkids em Oeiras.
Quando o tempo está de feição, as crianças podem se tornar verdadeiros agricultores e plantar um pouco de tudo, assim como alimentar tartarugas, ver joaninhas e outras actividades relacionadas com a natureza.
Mais informações em
www.parkids.pt ou no nº de telefone 214467311.

Matinha de Queluz
Mora para os lados de Queluz? Alguma vez foi á Matinha? Não?
Eu conheci o espaço numa visita de estudo há muitos anos e nunca mais lá voltei.
Agora já pode lá voltar para praticar exercício e respirar fundo e quem sabe fazer um piquenique, pois este espaço verde voltou a abrir depois de uma renovação profunda.

Festival da Juventude
Se mora perto de Santa Iria, não pode perder na Quinta Municipal da Piedade e que lá vai acontecer este fim-de-semana.
Desde um workshop e mini - prova de orientação, a o 1º Open de Skate, um Meeting de Graffiti, experimentação de tiro ao arco, bem como duelos de videojogos e uma jam session.
Veja ainda a peça Kikerikiste pelo Grupo Teatro Cegada pelas 16.30 de sábado no Palácio desta quinta.
Exposições
, uma feira de artesanato urbano e para terminar o sábado bem um café-concerto com os Karpe Diem pelas 18.00 horas.
No domingo pelas 9.00 horas vai existir uma recolha de sangue, mais á tarde (pelas 15.30 horas) entre outras actividades poderá assistir a uma demonstração de Taekwondo e assistir á actuação da Tuna Académica da Universidade Católica de Lisboa (16.00 horas).
Ufa, depois de tanta actividade a cama até vai saber a “pato”...

Bom fim-de-semana a todos...

quarta-feira, março 21, 2007

Por entre Tachos e Panelas

Esta semana continuando na onda italiana, trago mais duas receitas, a de Cannelloni que todos associam á cozinha italiana e um saboroso semi-frio de queijo com um suave perfume a laranja e chocolate branco.
Mais uma vez refiro que estas receitas são retiradas da revista “As receitas da Terra Nostra”

Cannelloni de Espinafres
Ingredientes do Recheio:
-
1 Chávena de espinafres cozidos, espremidos e picados
- 4 Colheres de sopa de azeite
- Sal q.b.
- Pimenta q.b.
- Noz – Moscada q.b.
- 200 gr. de Requeijão
Preparação:
Refogue os espinafres com o azeite. Tempere de sal, pimenta e noz-moscada. Misture o requeijão passado pela peneira e reserve.

Ingredientes do Molho e Massa:
- 2 Cebolas
- 2 Dentes de alho
- 3 Colheres de sopa de Azeite
- 1 kg de Tomate maduro
- 1 Haste de Manjericão
- 1 Chávena de azeitonas
- 16 Cannellonis
- Manteiga q.b.
- 5 Colheres de Queijo ralado
Preparação:
Pique as cebolas e os alhos e refogue com o azeite. Junte o tomate limpo e cortado. Leve ao lume a refogar, junte o manjericão picado.
Tape e deixe apurar em lume brando cerca de 25 minutos, vá mexendo várias vezes. Se achar necessário acrescente água. Tempere com sal e pimenta e junte as azeitonas em pedaçinhos.
Entretanto coza os cannellonis “all dente”, em água com sal e azeite (Coza poucos de cada vez para que não se colem uns aos outros)
Recheio os cannellonis com o preparado de espinafres.
Coloque-os num pirex untado com manteiga. Regue-os com o molho de tomate e polvilhe com o queijo ralado.
Leve ao forno cerca de 20/ 25 minutos. Sirva quente.
Caso não aprecie o molho de tomate opte por fazer um molho de béchamél enriquecido com natas e queijo ralado e perfumado de ervas aromáticas.
Bom apetite.

Bolo de Queijo, chocolate e laranja
Ingredientes da base:
- 225 gr. Manteiga amolecida
- 75 gr. de Biscoitos secos (manteiga, chocolate, amêndoa)
- Manteiga para untar a forma
Preparação:
Coloque os biscoitos entre duas folhas de papel vegetal e esmague-os com o rolo da massa. Misture a farinha obtida com a manteiga. Espalhe esta mistura no fundo de uma forma redonda e de fundo amovível, forrada com papel vegetal e untada. Leve a massa ao frio.

Ingredientes do recheio:
- 225 gr. Queijo Mascarpone ou Requeijão
- 2 Ovos
- 50 gr. Açúcar
- 150 gr. Natas
- 4 Colheres de sopa de Cointreau (Licor de Laranja)
- 15 gr. Gelatina em pó (pode ser de laranja)
- 75 gr. de Chocolate Branco
- Laranja Cristalizada para decorar
- Açúcar e Cacau em pó para polvilhar
Preparação:
Bata o queijo até obter um aspecto uniforme, junte as gemas, o açúcar e as natas. Deite o Cointreau, num recipiente á parte e polvilhe com a gelatina. Deixe hidratar durante 2 minutos e depois aqueça em banho-maria para dissolver. Retire do lume.
Parta o chocolate em pedaçinhos e derreta-o também em banho-maria. Fora do lume misture o preparado da gelatina com o chocolate e com o preparado do queijo e natas. Bata as claras em castelo e junte ao preparado anterior.
Deite o preparado final sobre a base de biscoito e leve a solidificar no frigorifico, até á hora de servir.
Decore com farias de laranja cristalizada e polvilhe com a mistura de açúcar e cacau em pó.
Bom apetite.

No encalço da infância perdida

Hoje que também é Dia Mundial da Infância, eu deixo aqui uma pergunta, será que as crianças de hoje, os nossos filhos, irmãos, sobrinhos, etc, será que eles vivem ainda a infância?
Ou será que desde tenra idade deixaram de a viver para passar a ser pequenos adultos, frios, calculistas, fruto de sentimentos controversos, de publicidades que os deixam em dúvida de como agir?
Será que temos nós ainda capacidade de os fazer e deixar sonhar, como os nossos pais deixavam?
Ou seremos nós, os maus exemplos? Pois há muito que já perdemos o sentido de como brincar, de como sonhar...
Deixo-vos uma canção de Carlos Paião que fala precisamente disso.


Adeus cegonha, gosto de ti.

Há quanto tempo te não via por aí

Nem tens ninhos nos telhados

Nem as asas pelo céu


Adeus cegonha que aconteceu.

Ainda me lembro, de ouvir-te dizer.

Que tu de longe os bébés vinhas trazer

Mas os homens vão crescendo

E as cegonhas a morrer

Ainda me lembro, não pode ser.


Adeus cegonha, tu vais voar.

E a gente sonha, é bom sonhar.

No teu destino por nós traçado

Leva o menino, que é pequenino, toma cuidado. (bis)


Adeus cegonha, adeus lembrança.

A gente sonha, como criança.

Faz outro ninho, em local distante.

Vai de mansinho, mas no caminho, diz-me um segredo.

Adeus cegonha...Lá rá la rá rá....

A Antero de quental

No ano de 1993, pela mão de uma professora de português, fiquei a conhecer a obra de Antero de Quental e de como ele era incompreendido, na altura também eu vivia uma fase de grande instabilidade pois atravessava uma fase complicada tanto a nível de saúde e por consequência a nível emocional também.
Nessa fase escrevi estes dois textos, que não podem ser considerados poemas, mas têm um pouco do sentido poético.
Em memória de Antero de Quental.

Poeta
Poeta és tu, que lutas pelos teus ideais, que divulgas sem medo os teus pensamentos.
Passas por cima de tudo e de todos, lutas com gigantes, para conseguires chegar é tua ilha bela com aroma de baunilhado.
Liberdade sim, repressão não!
Luta poeta, luta tu por todos que não têm coragem para o fazer!
Luta por ti, por mim, por todos os que precisam de lutar e não têm forças para o fazerem!
Luta enquanto tens tempo e força para o fazeres, pois um dia, o dia em que o teu corpo já não te der luta, morrerás então pata o mundo terreno e subirás ao teu trono merecido na eternidade!

Sandra
30-04-1993

Louco te chamam
Louco te chamam, oprimindo a tua voz na garganta, desejas mudar o mundo, o mundo hipócrita em que vives.
Mas como...como mudar este mundo, carregado de mentes sujas, que nada vem á frente, se não uma vida turva, uma fé buscada não sei onde, corpos martirizados pela mentira!
Hipócritas!
Vocês sim, deviam ser chamados de loucos, postos em camisas de força, para ver se a vida avançava.
Um dia arrepender-se-ão de chamarem louco a quem quer mudar o mundo!
Cépticos!
Vocês mentem a vós próprios, não querem enxergar a vida, o mundinho reles e sem esperança onde vivem!
Um dia talvez, dêem razão a quem queria lutar, quando esse dia chegar... então ai, diremos nós...lutem sozinhos agora!
Sofram, lutem, mas nada irá mudar o universo sujo, as mentes hipócritas dos prisioneiros da vida fútil.

Sandra
30-04-1993

Poesia

Árvores
Maria de Lourdes Agapito

Árvores! Eu vos abraço
num sopro de agitação,
vosso sorriso são os ramos
fazendo sombras no chão!

Não tenham pelo em crescer
purificando o ar,
e a vossa sombra descer
pr’ a os caminhantes refrescar.
Vossos beijos caem no chão
pelas folhas na descida,
como o bater do coração
que bate para dar vida!

Vossas flores são poesia
a perfumar o espaço...
E a Primavera anuncia
Árvores! Eu vos abraço!

Uma árvore é um amigo - Joel branco

Podem ouvir esta música em http://www.misteriojuvenil.com/piratas_momentomagico_prog_musica.htm

Uma árvore, um amigo
que devemos bem tratar
um amigo de verdade
tão fiel como a amizade
que podemos cultivar.

Sabes que uma árvore
é um pouco de beleza
que protege a Natureza
e purifica o nosso ar.
Dá-nos a madeira
e tanta coisa que fascina
a cortiça ou a resina
mais a fruta no pomar.
Oh! Vamos fazer uma floresta
Vem plantar amigos, uma festa
tão rica e modesta
vamos semear.

Sabes que uma árvore
é um bem de toda a gente
não estragues o ambiente
não lhe sujes o lugar
vamos, vamos, vamos
defender a nossa vida
que uma árvore esquecida
pode ás vezes ajudar.

Dia Mundial da Árvore

Já plantaram alguma árvore? Não? Eu plantar, mesmo plantada também não, mas lembro-me que em pequena “plantei” uns caroços de tangerina num vaso da varanda, todos gozavam comigo, mas o que é certo é que uns anos depois nasceu uma tangerineira na minha varanda, era cá um cheirinho, depois quem gozava era eu.
Não tenho a certeza se a pequena e frágil árvore foi mudada para algum lado, mas lembro-me que foi uma experiência engraçada e que me marcou.
Neste dia da árvore e começo de Primavera porque não tenta, por graça plantar os caroços de uma laranja ou de um tangerineira? Daqui a uns anos vai ficar orgulhosa quando vir que os caroços deram “fruto”.

21 de Março é o dia....

Hoje, dia 21 de Março, é o dia de muita coisa, se não vejamos, começa a Primavera, é Dia Mundial do Sono, Dia Mundial da Poesia, Dia Mundial da Infância e Dia Mundial da Floresta.
Grande data, sim senhor! Ou será apenas falta de imaginação?

domingo, março 18, 2007

Por blogs já antes navegados

Esta semana na edição de "Por Blogs já antes navegados" e fazendo justiça ao dia da árvore, ao dia da poesia e também á Primavera, o blog desta semana fala-nos um pouco de tudo.
A mim fascinou-me as fotos fantásticas, como adoro tirar fotos, principalmente á natureza, fiquei fascinada .

Passo a deixar um texto que está neste blog:
"O que tentam dizer as árvores

no seu silêncio lento e nos seus rumores,

o sentido que têm no lugar onde estão,a reverência, a ressonância,

a transparência e os acentos claros e sombrios de uma frase aérea.

E as sombras e as folhas são a inocência de uma ideia

que entre a água e o espaço se tornou uma leve integridade.

Sob o mágico sopro da luz são barcos transparentes.

Não sei se é o ar se é o sangue que brota dos seus ramos.

Ouço a espuma finíssima das suas gargantas verdes.

Não estou, nunca estarei longe desta água pura e destas lâmpadas antigas de obscuras ilhas.

Que pura serenidade da memória, que horizontesem torno do poço silencioso!

É um canto num sonoe o vento e a luz são o hálito de uma criança

que sobre um ramo de árvore abraça o mundo.


António Ramos Rosa, 'cada árvore é um ser para ser em nós', p.37."
Podem então visitar este blog em http://cheirar.blogspot.com/

quinta-feira, março 15, 2007

Sugestões para o fim-de-semana

Olá! O tempo já começa a aquecer e acreditem ou não, já vejo pessoas de chinelo de enfiar no dedo, calções, tops e acabados de sair da praia. Que exagero!

A Filha Rebelde
Já ouviram em algum lado este título? Eu já, é o título de um livro que nunca li, pois segunda consta está esgotado nas livrarias. Agora podem ver a versão peça de teatro no D. Maria II.
O texto original foi escrito pelos jornalistas José Pedro Castanheira e Valdemar Cruz, conta a história de Annie Silva Pais, filha do último director da Pide, que deixou para trás a família e contra tudo e todos embarcou na aventura da Revolução Cubana.
Com um leque de actores de luxo tais como, Vítor Norte, Lídia Franco, Ana Brandão e Eurico Lopes.
Esta é uma peça que eu não vou perder mesmo.
De 15 de Março a 20 de Maio, de 3ª a sábado às 21.30 horas e domingo às 16.00 horas.

7ª Mostra de Teatro de Amadores do Concelho de Cascais
17 Março, pelas 21.30 horas
a companhia itinerante “Império dos Caracóis” apresenta na Sociedade Musical de Cascais a peça “Choque – No limite da razão”.
18 Março pelas 16.30 horas
o Grupo de Teatro da Associação dos Filhos e Amigos da ilha de Jeta apresenta no Auditório Fernando Lopes Graça a peça “Facetas da vida”.

Arqueologia Subaquática
Tem curiosidade do que se consegue encontrar no fundo do mar?
Cascais encontra-se na rota dos naufrágios e o Museu do Mar – Rei D.Carlos, mostra-nos uma exposição de arqueologia subaquática.
De 3ª a domingo das 10.00 horas até 17.00.
Mais informações, no nº telefone 214825400/91

Para Noivos e não só

Este fim-de-semana no Jardim Municipal de Oeiras vai poder ver tudo o que é relacionado com a preparação de um casamento, desde as flores, aos fatos, cabeleireiros, convites, restauração e eventos, com certeza que vai levar um “banho de casamento” .
Dias 16, 17, 18 das 14.30 horas até ás 22.00 horas.

Por Entre Tachos e Panelas

Esta semana vou dar início a uma série de receitas especiais. Especiais, porque vou trazer durante algumas semanas receitas de vários países.
Esta semana e a próxima trago receitas italianas.
Espero que gostem.
Estas receitas foram retiradas da revista “As Receitas da Terra Nostra”

Tagliatelle com Camarão
Ingredientes:
-500 gr. de Camarões Grandes
- 500 gr. de Tagliatelle (Talharim largo)
- Azeitonas Pretas q.b.
- 4 Colheres de sopa de Salsa
- Sumo de meio limão
- 5 Colheres de sopa de Azeite
- 6 Dentes de Alhos picados
- Meia colher de Pimenta
- Sal q.b.

Preparação:
Lave e enxugue os camarões. Corte-os ao meio (no sentido longitudinal). Coza a massa al dente em água com sal e um fio de azeite. Aqueça uma colher de sopa de azeite, quando este estiver bem quente, junte os camarões e frite-os, mexendo até que fiquem rosados. Regue com sumo de limão e deixe ferver até evaporar.
Retire do lume. Num tacho, aqueça o restante azeite e aloure o alho, Junte os camarões, as azeitonas partidas em pedaçinhos, a salsa picada e tempere com sal e pimenta a gosto. Misture neste preparado a massa e sirva.
Bom apetite.

Tiramisú
Ingredientes:
- 4 Ovos
- 5 Colheres de sopa de açúcar
- 300 gr. de Mascarpone ou requeijão fresco
- 3 dl de Café Forte
- 1 Cálice de Vermute ou Vinho do Porto
- 250 gr. de Palitos de la Reine
- Chocolate em pó e Cacau amargo

Preparação:
Deite as gemas numa tigela e junte o açúcar. Bata até obter uma gemada cremosa esbranquiçada. Reserve.
Bata as claras em castelo firme e reserve.
Aos poucos adicione o mascarpone ou requeijão à gemada e misture. De seguida misture as claras em castelo mas sem bater.
Num prato misture o café já frio e o Vermute ou vinho do Porto. Passe rapidamente os palitos la Reine, por esta mistura e “arranje-os” numa primeira camada, num pirex .
Cubra com metade do creme. Repita a operação dos palitos e coloque por cima o restante creme. Leve ao frigorífico cerca de três horas.
Polvilhe com chocolate e cacau. Esta sobremesa deve ser servida gelada.
Bom apetite.

quarta-feira, março 14, 2007

Ser Pai...

Este poema encontrei-o nesta página http://mega.ist.utl.pt/~dcpl/poemas.htm e achei-o muito bonito, espero que também gostem.
A imagem encontrei-a no site © www.paintedlight.com


Ser pai é procurar ser amigo, o espelho e mestre do filho.
Ser pai é ter no coração a alegria de ser PAI!
É ser feliz pelo simples privilégio de ter um ou mais filhos para com eles conviver.
É chorar quando o filho chora, é sorrir quando o filho sorri,é sofrer quando o filho sofre.
Ser pai é acordar bem cedinho, e o pão do dia ganhar.
Ser pai é ouvir no final do dia a esposa e os filhos perguntarem:
-Como foi o teu dia?
Estas muito cansado?
Esquecendo as lutas e fadigas, os filhos abraça e ensina a orar:
"Graças, ó Deus, nosso Pai, pelo dia de trabalho e o dia que tu nos dás".
Ser pai é incentivar, aconselhar,
E os passos do filho acompanhar.
Nunca a falsidade usar, pois, ser pai requer só a verdade retratar.
Ser pai: Que pequenina frase, mas quanta responsabilidade!
É com os filhos participar das derrotas e vitórias

E não somente dos sonhos mas também da realidade.
Pais, "Ensinem os vossos filhos o caminho em que devem andar,e ainda quando forem velhos não se desviarão dele"

Marta C.

Os senhores meus pais...

Pai. Existe muito género de pais, aqueles que demonstram todo o seu afecto, ás vezes até de maneira exagerada, os que quando sabem que vão ser pais, tem comportamentos de “grávido”, enjoam, ficam mais emotivos, depois quando a criança nasce e surge a primeira contrariedade (tal com mudar uma fralda “bem-cheirosa”) fogem a sete pés e dizem “ Querida vai lá tu, que tens mais jeito do que eu.”
Existe uma diversidade imensa de maneiras de ser pais, mas agora vou apontar para duas formas que me são mais familiares.
Os que tem uma dificuldade tremenda em demonstrar os sentimentos e ainda aqueles que tal como as mães são chamados os “pais galinhas”.
Os meus dois pais são na minha opinião tal qual a descrição em cima feita.
O meu pai é assim, reservado, com uma dificuldade extrema de mostrar os sentimentos, eventualmente fruto de ter sido criado sem esse manifesto de afectos, fruto de todas as agruras da vida, mas ao mesmo tempo é capaz de chorar como uma criança com certas situações, apesar de querer guardar as lágrimas para dentro, porque um homem não chora! Mas chora, um homem tem um coração com sentimentos que incomodam, com raivas reprimidas, portanto tem todo o direito de chorar.
O meu sogro é um pouco o oposto do meu pai, não tem problema algum em demonstrar os sentimentos, é o verdadeiro “pai galinha”.
É capaz de tirar a camisa que traz vestida para dar a alguém, da mesma maneira que por vontade dele saltava para dentro do campo quando num jogo de futsal, vê um dos filhos caídos nem que seja porque está cansado.
Cada um da sua maneira, cada um com a sua forma muito própria de
ser e de demonstrar que gosta de nós, assim são eles, os melhores pais do mundo.

domingo, março 11, 2007

Por blogs já antes navegados

Olá a todos, na rubrica desta semana e fazendo alusão ao dia do pai deixo aqui o endereço de um blog feito por um pai, sim, porque blogs feitos por mães há inúmeros agora por pais...
Deixo aqui um dos post's, espero que gostem.

"ó pai, que coisa é essa que tu tens aí e que tás sempre a disparar apontada para mim? Deixa-me ver bem com os meus olhões e com as minhas mãos tipo ventosas!" Esta deve ser a frase que ele diria se já falasse com todas as palavras, mas é apenas uma interpretação da foto a estes olhos aberto e a estas pestanas enormes, eheheh!!! :-)))"
Podem então visitar este cantinho em http://pionez.blogs.sapo.pt/

Father and son...

Esta semana e adiantando um pouco o dia do pai, vou deixar aqui algumas coisas relaciondas com este dia. Hoje deixo-vos uma música que fez parte da minha adolescência em várias situações e que ainda hoje me toca muito.
É uma música de Car Stevens que já tem alguns anos.

Father
It’s not time to make a change,
Just relax, take it easy.
You’re still young, that’s your fault,
There’s so much you have to know.
Find a girl, settle down,
If you want you can marry.
Look at me, I am old, but I’m happy.

I was once like you are now, and I know that its not easy,
To be calm when you’ve found something going on.
But take your time, think a lot,
Why, think of everything you’ve got.
For you will still be here tomorrow, but your dreams may not.

Son
How can I try to explain, when I do he turns away again.
Its always been the same, same old story.
From the moment I could talk I was ordered to listen.
Now there’s a way and I know that I have to go away.
I know I have to go.

Father
Its not time to make a change,
Just sit down, take it slowly.
You’re still young, that’s your fault,
There’s so much you have to go through.
Find a girl, settle down,
If you want you can marry.
Look at me, I am old, but I’m happy.
(son-- away away away, I know I have toMake this decision alone - no)

Son
All the times that I cried, keeping all the things I knew inside,
Its hard, but its harder to ignore it.
If they were right, Id agree, but its them you know not me.
Now there’s a way and I know that I have to go away.
I know I have to go.
(father-- stay stay stay, why must you go andMake this decision alone? )

sábado, março 10, 2007

A Primavera a chegar...


Quando por esta altura do ano, vejo a primeira andorinha, e da terra vejo despontar belos lírios, é o sinal que a mãe natureza me dá, de que a Primavera está a chegar.
Há tantas coisas que por vezes nos passam ao lado, muitas vezes estão mesmo á frente dos nossos olhos, mas andamos tão metidos connosco e com a nossa rotina diária, que perdemos sem dúvida o maior espectáculo da vida.
Pequenos campos de flores brancas e amarelas, as papoilas a nascer (esta semana vi uma
vermelha), as árvores que suavemente vão - se cobrindo de delicados seres coloridos e perfumados.
Quando eu era mais pequena e podia ir para a Serra (que agora está cortada ao meio pela CREL), observava tudo isto e muito mais, via pequenos riachos onde cresciam agriões selvagens que eu trazia para casa, apanhava umas flores roxas (que eu não sei o nome), os coelhinhos e umas “campainhas” de um roxo quase preto, para trazer á minha madrinha, nessa altura, ninguém tinha medo de andar por aqueles sítios, subíamos aos Dólmenes para olhar a vista ao nosso redor e eu imaginava “ como seria a vida nestas terras á milhares de anos atrás?”, olhava-se para o chão e em certos sítios para além das flores encontrávamos pequenas relíquias, um caracol que virava fóssil, um pequeno azulejo que teria pertencido sabe Deus bem a quê?
Á conta desses pequenos tesouros tenho uma colecção considerável de pedras de todos os feitios, da terra, do mar... enfim, maluqueiras de criança.
Este sol de primavera ainda tímida, faz mal á moleirinha, mas quando vejo um raio de sol a despontar nestes dias, é impossível não ter vontade de sair para o campo e esquecer que a poucos metros de todo aquele ar puro, a vida volta a tornar-se cinzenta, apressada e com um relógio a marcar incessantemente segundos para tudo.

sexta-feira, março 09, 2007

Sugestões para o fim-de-semana

Olá a todos! Em primeiro lugar e para quem não entendeu o que eu queria dizer na semana passada com o programa GPS da RFM, é que eu falei no programa e fizeram referência aqui ao meu Bluestrass.
Já agora aproveito para deixar aqui, um agradecimento a Pedro França que ouviu e fez o obséquio de me vir visitar.

Medeia de Mário Cláudio
Esta peça (monólogo) conta a história de uma actriz que ao longo da sua carreira anseia representar
Medeia de Eurípedes.
Conta também como a sua vida familiar se altera perante esta obsessão.
Com a actriz Anna Paula, no
Teatro Municipal Mirita Casimiro, no Monte Estoril.
Até dia 1 de Abril, de quarta a sábado ás 21.30 horas e domingo ás 17.00 horas.

7ª Mostra de Teatro de Amadores do Concelho de Cascais
No dia 10 de Março pelas 16 horas, o Grupo de Teatro de Revista do Centro de Dia da Santa Casa da Misericórdia de Cascais apresenta no Teatro Gil Vicente em Cascais “Quentinhas e Boas”.
Vamos apoiar o Teatro Amador.

Romeu e Julieta na Flamenga
O Grupo de Teatro Contrasenso volta a apresentar este sábado a peça “Romeu e Julieta” no Espaço Municipal da Flamenga na Flamenga.

Feira para Mulheres
Não, não estou a dizer para irem á feira do Relógio, ou de Carcavelos, mas antes para irem ao Centro de Congressos de Lisboa (a antiga FIL) para comemorarem o Dia da Mulher.
Na “Feel Woman” podem encontrar um pouco de tudo, desde culinária, passando por moda, carreira, beleza, astrologia (ainda alguém acredita nisso?) e muito mais...
Até domingo.

Morcelas, Chouriços, Alheiras e outras que tais....
Só de ler dá vontade de comer não é?
Então que tal dar um pulinho este fim-de-semana á Fundição de Oeiras (entrada gratuita) e vir ver e provar o que a Feira do Fumeiro e a Mostra de Artesanato do Concelho de Vinhais tem para oferecer?
Dia 9 das 17.00 até ás 24.00 horas, dia 10 e 11 das 10.00 até ás 24.00.
Não se faça de rogado, venha...

Ginástica no Tamariz
Mora para os lados de Cascais ou tem o costume de dar uma corridinha pelo paredão? Então não perca na praia do Tamariz, a Ginástica de Manutenção, sessões de movimento e este sábado
sessões de Cardio-Capoeira, entre as 10.00 e as 13.00 horas.

Animais a um simples click
Gostava de ter um amigo de 4 patas, mas não quer ou não concorda em gastar dinheiro? Agora já pode resolver essa questão com um simples click no portal
www.lxjovem.pt, com certeza que vai encontrar um carinhoso amigo á espreita, com vontade de ser muito acarinhado por todos lá em casa.
Seja responsável, adopte um animal de estimação, mas... estime-o!


Bom fim-de-semana!

Primeira mulher a exercer direito de voto

A 1ª vez que uma mulher votou em Portugal foi em 1911 e teve de recorrer aos tribunais para exercer este direito. A cidadã chamava-se Carolina Beatriz Ângelo.
Grande mulher!!

Os sms são uma arma....

Há uns anos dizia-se e ainda se diz que a “canção é uma arma”, acho que cada vez mais as canções estão a dar lugar a muitas outras coisas, como os sms. No dia de ontem entre outras mensagens que recebi, recebi estas, de 2 pessoas amigas:

“Tu és:
Maravilhosa
Única
Linda
Honesta
Elegante
Responsável

És Mulher!”

“Cuidado quando se faz chorar uma mulher, pois Deus conta as lágrimas... A mulher foi feita da costela do homem, não dos pés para ser espezinhada, nem da cabeça para ser superior, mas sim do lado para ser igual... debaixo do braço para ser protegida e do lado do coração para ser amada”

Ora digam lá que os sms não são uma arma?

quarta-feira, março 07, 2007

Dia Internacional da Mulher 150 anos depois...

No dia de hoje, há 150 anos atrás, 129 mulheres morriam carbonizadas nos E.U.A., porque se manifestavam na fábrica de vestuário onde trabalhavam, pelas condições de trabalho precárias e porque queriam que o seu horário deixasse de ser de 16 horas e passa-se a “apenas” a 10 horas de trabalho, cobardemente a polícia e os patrões mandaram incendiar a fábrica, com as mulheres lá dentro...
150 Anos depois, comemora-se este dia por todo o mundo, assim como o dia dos namorados e outros dias que tais, com flores, para onde quer que se olhe, só se vê nas mãos das pessoas flores: rosas, margaridas, tulipas etc.
O que é pena é que estes gestos, sejam feitos uma vez por ano (em muitos casos), o resto do calendário não conta, as flores não existem...
Por cada flor que se oferece nestes dias, deveríamos lembrar cada mulher que sofre, por maus-tratos, por abusos físicos, psicológicos, por cada mulher que passa fome nos países mais carenciados e em guerra, por cada mulher que perde a sua condição de mãe e esposa nestes mesmos países, ao ver morrer muitas vezes em lutas inglórias os seus filhos que não passam de crianças e os seus maridos.
As mulheres que pela tradição e bons costumes são “violadas” na sua privacidade. Mas também lembrarmos de nós, e de como de vez em quando somos egoístas, quando nos queixamos todos os dias de algo, ou porque estamos gordas, ou porque estamos magras, ou porque temos um trabalho que não nos agrada muito, ou...não interessa.
Neste dia da mulher ergamos as mãos para o céu, para agradecer a vida, o trabalho que temos, podermos ser (mais ou menos) quem quisermos sem “represálias”, o acesso a informação que nos torna mais “humanos”, a saúde, a família por mais barulhenta que seja, e redimirmo-nos, pois quantas mulheres não dariam tudo, para ter a flor desta vida, que nós todos os dias reclamamos?

terça-feira, março 06, 2007

Madame Curie

Marie Curie e a sua história fascina-me, por isso decidi deixar aqui a sua breve história.
Maria ou Maria Sklodowska nasce na Polónia a 7 de Novembro de 1867,em Warsaw.

Muito jovem, foi para Paris estudar matemática, química e física.
Em 1891 inicia os seus estudos na Sorbonne, mais tarde foi a primeira mulher a dar aulas nessa escola.
Mais tarde adoptou o nome de Marie, conheceu Pierre Currie e casaram, desse casamento surgiu a dupla que veio a descobrir mais tarde a radioactividade.
Entre muitas pesquisas, descobriram dois elementos radioactivos, o rádio e o polonium.
Em 1903 os Curie ganharam o Prémio Nobel da física pela descoberta, em conjunto com o físico francês Antoine Henri Bacquerel.
Em 1911, após a morte de Pierre, Marie volta a ganhar um Prémio Nobel, desta vez da química.
Com a segunda guerra mundial Marie apercebeu-se da importância que os Raio-X teriam, pois poderiam ajudar mais facilmente a detectar balas.
Aos 67 anos, Marie Curie faleceu vitima de leucemia, pensa-se que devido á sua exposição a grandes níveis de radiação.

Grandes Mulheres na Política

Política, esse lado da vida em sociedade tão complicada e que muitos preferem passar ao lado e dizerem que não entendem, não querem comentar. Até há uns anos atrás, a política era dominada pelo mundo dos homens, nos dias que correm cada vez mais se vai vendo as mulheres a tomarem as rédeas neste campo, mulheres como Margaret Tatcher, Maria de Lurdes Pintasilgo (Primeira-Ministra entre 1979-1980), Odete Santos, Edite Estrela, entre muitas outras (apenas refiro aqui algumas, sem desprimor para todas as outras) fizeram ouvir a sua voz nos mais variados temas, umas mais polémicas que outras, é impossível passarmos ao lado, perante a figura incontornável destas mulheres.

Por Entre Tachos e Panelas

Esta semana as receitas são simples de fazer, para no caso de existir algum marido ou namorado que queira fazer uma surpresa á sua cara – metade e meter as mãos “na massa” no dia da mulher.

Couve enrolada em fiambre
(Esta receita foi retirada da revista “Delícias da cozinha”, nº 7 de Março 2006)
Ingredientes:
- 1 Couve Coração ou lombarda
- 8 Fatias de fiambre grossas
- 50 gr. de Margarina
- Sal e pimenta q.b.

Preparação:
Lave e separe as folhas da couve. Coloque a margarina num tacho e leve ao lume, vá colocando as folhas de couve assim como água para que não colem ao fundo do tacho, deixe cozer cerca de 15 minutos.
Retire a couve e escorra-a.
Junte 3 folhas de couve e enrole uma fatia de fiambre. Repita este processo até esgotar os dois ingredientes.
Coloque os rolos de couve num pirex.

Molho:
Ingredientes:
- 30 gr. de Margarina
- 30 gr. de Farinha
- 5 dl de Leite
- 200gr. de Queijo Emmental ralado
- Noz-Moscada q.b.
- Sal e Pimenta q.b.

Preparação:
Derreta a margarina em lume brando. Adicione a farinha e deixe cozer um pouco, mas vá sempre mexendo. Quando aparecer uma espuma esbranquiçada, junte o leite aos poucos, vá mexendo até engrossar, quando obter um creme de textura lisa, adicione metade do queijo ralado, até que ele derreta. Tempere de sal, pimenta e noz-moscada.
Cubra os rolos de couve com este molho, polvilhe com o resto do queijo ralado e leve ao forno, previamente aquecido, durante 15 minutos até alourar.
Bom apetite.

Mousse de Morangos
Ingredientes
:
- Meio Quilo de Morangos
- 150 gr. de Icing Sugar (açúcar em pó)
- 2 dl de Natas
- 3 Claras

Preparação:
Batem-se as claras em castelo firme. Bate-se as natas e junta-se-lhe o açúcar em pó. Desfaz-se os morangos e mistura-se as claras e as natas muito levemente. Deita-se numa taça, leva-se ao frio até á hora de servir. Enfeita-se com morangos.
Bom apetite.

sábado, março 03, 2007

Retrato de uma Menina-Mulher


Era uma vez uma menina,

Frágil e pequenina,

Em busca do sonho perdido.

Trazia na voz o lamento,

No olhar a ternura,

Na pele proféticas marcas

De uma vida repleta de amargura.

Queria abraçar o mundo

Com um único abraço,

Desejava sentir calor humano

Na frieza e na força do embaraço...

Sonhava mais e mais,

Mas seus sonhos caíam por terra,

Criando lados desiguais.

A menina cresceu

É hoje uma mulher;

De memórias recalcadas,

Feridas mal cicatrizadas,

Não esquece tudo, de bom e de mau,

Que outrora viveu...

Traz no coração a saudade,

Na alma o desejo veemente

De conquistar a verdade

Na indiferença aparente.

Ela é a menina-mulher

Por quem lutaste e morreste;

Ela sabe, sente, acredita

Que tu não a esqueceste!


Teresa Sousa

Por blogs já antes navegados...

O blog que escolhi esta semana, e de alguem que me visita regularmente, por quem tenho respeito e muito carinho, apesar de nao a conhecer pessoalmente pois a sua vida nao tem sido o que se chama de uma "pera doce".
Neste momento tem 19 anos, uma filha com 3 anos, um marido que adora mas ... e como sempre a um mas em tudo, viu-se abandonada pela mae na altura que mais precisava, quando ficou gravida (Sandra se algo nao estiver correcto, corrige-me).
Este e o blog de uma mae coragem, que apesar de ainda ser "menina" ja e uma grande mulher.
Podem visitar em http://sermaeadolescente.blogspot.com

"Tuesday, June 06, 2006
Um pouco de mim !

Queria Saber ,
O que te vai na cabeça,
Queria viver,
Sem os remorsos que talvez mereça.

Será que me vês?
Serei Transparente?
Vives aparte, no teu mundo,
Deixando o meu coração em câmara ardente.

Sofro só,
Choro sozinha,
Magoas-me sem piedade e sem dó.

As tuas palavras são vagas,
Os teus carinhos são escassos,
Os teus gestos cada vez mais raros,

O Teu olhar cada vez mais frio.
Não sei se te conheço mais,~
Não sei quem és,

Quem és tu ?
O amor é uma dávida,
Amei-te como ninguém jamais te irá amar,
Tratas-me como se fosso uma qualquer.
Despedaças-te o resto de amor que sentia por ti..........

(Sandra Silva)"

A todas as mulheres

Esta semana o Bluestrass vai dedicar - se á evocação da mulher.
Vou falar de mulheres importantes na nossa história de Portugal, na nossa história universal, na nossa vida do dia-a-dia.
Vou também deixar poemas, canções e pequenas curiosidades, tais como quem foi a primeira mulher a votar em Portugal e no mundo.
Se tem alguma história bonita que gostassem de ver aqui exposta envie-me um e-mail para
sandra.cabacos@gmail.pt

Sugestões para o fim-de-semana

Eclipse Lunar
No próximo sábado pelas 23:20 horas vamos poder observar, assim as condições climatéricas permitam, um eclipse total da lua.
Não vou referir nenhum local em particular como observatório, deixo isso ao vosso critério.
Se eu conseguir ir ver, depois direi alguma coisa.

Bebés na água
No dia 3 de Março na Piscina do Clube VII, no Parque Eduardo VII, realiza-se o Festival Aquático, para bebés dos 4 meses a 2 anos.

São Jorge recebe Joana Amendoeira
Este sábado pelas 22.00 horas, o novo fado volta a dar cartas com Joana Amendoeira, a jovem fadista que descobriu o fado aos seis anos quando cantava “Cavalo Russo”.

Poesia no São Luiz
Se aprecia ouvir poesia, agora tem uma boa oportunidade para fazê-lo, aos domingos ás 17.30 horas pode ouvir poesias de Adília Lopes e Sophia de Mello Breyner.

“Crafts e Design” no Príncipe Real
No domingo entre as 9.00 e as 18.00 horas pode visitar mais uma edição da feira “Crafts e Design”, para além de poder ver e comprar as obras de arte e design que por lá estão, deleite-se com a fantástica vista.


GPS da RFM
RFM
, quem nunca ouviu esta rádio? Agora todos os sábados têm mais um motivo para ouvi-la, é o GPS o guia para o seu fim-de-semana.
Das 10.00 até ás 13.00 horas, para além das grandes músicas a que já nos habituaram, sugestões para que os seus dias de descanso sejam uma animação.
Oiça este sábado, pode ser que reconheça algo que lhe seja familiar.

Ruy de Carvalho - 80 anos de emoções

Ruy de Carvalho, o grande senhor do teatro fez dia 1 de Março 80 anos, quantos anos terá ele de carreira, 60? Ao escrever este post não tive muito tempo para pesquisar, mas tenho noção que já devem ser muitos anos.
Eu tenho um carinho muito especial por este senhor, não só como actor, mas como pessoa também. Não o conheço pessoalmente, já tive oportunidade de manifestar o meu apreço, mas a minha timidez não permitiu que o fizesse. Pode-vos parecer estranho, mas não tenho coragem para interpelar ninguém na rua, com comentários do género “Você é ...., não é?” Acho que as pessoas conhecidas têm mais do que ninguém, direito a ter a sua privacidade, a mim chega-me olhá-las de perto, poder observar o seu cabelo, olhar as suas rugas e entender que são pessoas como nós, não seres intocáveis.
Há alguns anos atrás, por altura em que Ruy de Carvalho fazia a peça “Rei Lear”, encontrei-o perto do Rossio, tinha estacionado o seu carro e eu ia a passar, fiquei tão... não sei que palavra utilizar, tão pasma de ver que estava tão perto de mim, que parei no passeio e sei que me deu passagem, eu agradeci, olhei-o com respeito e pude ver de perto o seu ar cansado e pensei para comigo, “as histórias fantásticas que este senhor deve ter para contar...”.
Comecei a tomar consciência do seu trabalho, na altura da novela “Vila Faia”, ele e a Mariana Rey Monteiro fascinavam-me.
Uns anos depois, devia ter os meus 10/12 anos ia de viagem com os meus pais e estávamos parados na fila de trânsito, quando olho para a fila do lado e vejo que dentro de um carro estava Ruy de Carvalho e a esposa, começo eu para os pais, “Olha, olha quem está ali?”, olhei, olhei, até que se aperceberam e disseram adeus. Eu achei aquilo fantástico... Nunca me esqueci.
Gostava muito de ter a oportunidade de o conhecer, mas vou-me contentando em vê-lo na televisão e partilhar consigo, ainda que modestamente a mesma arte.
Perante os seus 80 anos me curvo, agradecendo do fundo do coração, o seu contributo para que eu gostasse de pisar as tábuas de um palco.
Continue a emocionar com as suas personagens, tanto no palco, como na televisão, assim como na vida real.