quarta-feira, julho 25, 2007

Para festejar o dia dos avós...

Eu já não tenho avós, acho que nunca festejei este dia, como já algumas vezes disse, sou um pouco afoita a festejar dias pré-concebidos, no entanto deixo aqui o apontamento sobre este dia e desejo que o único, que foi o meu verdadeiro avô (mesmo não o sendo de sangue) onde quer que ele esteja, esteja em paz, que me continue a proteger e a aparecer em sonhos, sempre sorrindo, pois a melhor recordação que guardo dele é precisamente o seu sorriso e os seus olhos azuis...

(Imagem in http://www.anunciosgratis.pt)
(Este texto foi retirado da página http://www.ilhado.com.br/)


Eternas figuras humanas que hoje,queremos homenagear contemplando com carinho,

os cabelos brancos, o profundo olhar,as rugas na fronte e na face,

sinais da experiência e memória de tantos anos vividos.


Que bom poder formar uma roda para ouvir com atenção,

os sábios conselhos, as palavras fartas,

indicadoras de novos horizontes em nossa vida.


Queremos tocar e sentir a energia, que suas abençoadas mãos

transmitem -me hoje, embora trêmulas,

ainda semeiam os frutos da experiência de vida.


Permita-nos, neste momento especial,

acompanhar com ternura seus passos lentos,

algumas vezes trôpegos, mas cheios da sabedoria que a vida lhes ensinou.


Queremos abraçá-los e também aplaudi-los,

com muita emoção e ternura,

pedindo a Deus que os abençoe e lhes conserve a saúde.


A esperança nos leva a crer que outros dias lindos acontecerão,

pois vocês são frutos da mais bela obra que Deus colocou na nossa história.

Sem comentários: