terça-feira, julho 17, 2007

A origem das coisas...

Todos os dias fazemos pequenos gestos e usamos alguns produtos que se tornam num ritual diário.
Por exemplo, com certeza que usa sabonete, ou mesmo gel de banho todos os dias. Já alguma vez se perguntou porque o fazemos, ou qual é o sua origem?
O sabonete é um produto muito antigo, os primeiros vestígios deste produto, foram encontradas na era de 2800 A.C., durante as escavações da antiga Babilónia.
Na era de 1500 A.C. os antigos egípcios usavam uma mistura de óleos animal e vegetal com sais alcalinos para criar um material semelhante ao sabão, este era usado para tratar de doenças.
Na era de 600 A.C. os fenícios confeccionavam uma mistura de terra argilosa com cinzas de madeira ou calcário para limpar o corpo. Este produto correu as rotas do comércio, até chegar à Europa, no entanto esta técnica não foi utilizada pelos Romanos, durante cerca de 600 anos.A partir do I século D.C. o fabrico do sabão foi evoluindo consideravelmente, desde o cozimento do sebo de carneiro com cinzas de madeira até ao século XIII, onde então surgiu o sabão sólido, que era feito através de um processo chamado saponificação, que não é mais do que a mistura de óleos naturais, com gordura animal e soda cáustica que depois ao ser fervida endurece, dando origem ao sabão.
Esta receita foi “inventada” na cidade de Aleppo na Síria, e é ainda hoje produzida e comercializada em todo o mundo. Este sabão é feito apenas com produtos naturais, tendo como base óleo de azeitona e óleo de louro.
A fabricação do sabão atinge o seu auge no fim da Idade Média.
O seu fabrico foi começando a evoluir e o sabão foi começando a tornar-se mais requintado, pois eram utilizados óleos de origem vegetal e animal, em conjunto com cinzas de plantas e também fragrâncias. Aos poucos foram aparecendo outros produtos que hoje todos nós conhecemos e sem os quais não passamos, como os shapoos, os cremes de barbear e o sabão para lavar roupa.
No entanto este produto não era acessível a todas as classes sociais, sendo considerado um produto de luxo.
Em Portugal o fabrico do sabonete começou em 1887, quando no Porto, os alemães Ferdinand Claus e Georges Ph. Schweder, fundaram a primeira fábrica nacional de sabonetes e perfumes, com o nome F.P.C. - iniciais de "Fábrica de Productos Chimicos CLAUS & SCHWEDER, SUCRS."
Os produtos ali fabricados eram e ainda são importados.
Já no século XX e durante a II Guerra Mundial, o sabão era um dos produtos escassos e alvo de racionamento, pois era difícil encontrar os óleos e gorduras para a fabricação do sabão comum. Em resultado destas dificuldades, surgiram os primeiros sabonetes, assim como detergentes de origem química e que hoje invadem o nosso mercado.No entanto, nos dias que correm, quase se tornou numa moda utilizar sabonetes, feitos com óleos naturais, assim como mil e um produtos feitos com base em produtos naturais.

Sem comentários: