quarta-feira, março 21, 2007

Poesia

Árvores
Maria de Lourdes Agapito

Árvores! Eu vos abraço
num sopro de agitação,
vosso sorriso são os ramos
fazendo sombras no chão!

Não tenham pelo em crescer
purificando o ar,
e a vossa sombra descer
pr’ a os caminhantes refrescar.
Vossos beijos caem no chão
pelas folhas na descida,
como o bater do coração
que bate para dar vida!

Vossas flores são poesia
a perfumar o espaço...
E a Primavera anuncia
Árvores! Eu vos abraço!

Sem comentários: