quinta-feira, novembro 30, 2006

Sugestões para o fim-de-semana


Olá a todos, em primeiro lugar quero pedir desculpa por a semana passada não ter publicado esta rubrica, mas surgiu uns pequenos contratempos.
No entanto, eu conto-vos o que aconteceu na Mostra de Teatro, tivemos lá o Cegada Grupo de Teatro com a peça “Kikerikiste” de Paul Mars e posso-vos dizer que foi um sucesso, nunca esperei que a criançada e os pais aderissem a um espectáculo ás 22.00 horas. Para além de muitos meninos das escolas da freguesia tivemos a presença de quatro crianças da “Casa de Tires” e o seu monitor. Esta iniciativa só foi possível graças a um e-mail pessoal que recebi e graças á disponibilidade da colectividade que foi buscar e levar os pequenos. Foi deveras emotivo perceber o quanto estas crianças precisam de afecto e de atenção. Brincaram e por uma noite foram os “príncipes” de um castelo que não era o deles. Fica aqui a promessa que em breve iremos á instituição visitá-los.
Fica aqui umas fotos da peça “Kikerikiste”.





I Mostra de Teatro G.B. 22 Maio 1925:
“Romeu e Julieta” Grupo Teatro Contra-Senso

Este sábado mais uma vez ás 22 Horas, vamos dar continuidade à I Mostra de Teatro, desta vez vamos ter um/o Contra-Senso com a peça “Romeu e Julieta”, a história é baseada na dramática vida e morte de Romeu e Julieta, mas esta de drama não vai ter nada, bem pelo contrário, atenção para quem vai ver, pois vai rir até cair.
Pela foto que aqui deixo podem tirar as vossas ilações.

Feira de Natal Natalis:
Este deve ser um sítio agradável onde espreitar e quem sabe adquirir as suas ofertas de Natal. No lugar de ir para Shoppings, dar uma volta pelos jardins da Expo e depois visitar esta feira de 2 a 10 de Dezembro e onde pode encontrar desde artesanato, livros, gastronomia e com o acréscimo que as receitas desta feira revertem em favor de actos de solidariedade.

Estrelas de Natal no Jardim da Estrela:
Na 4ª Edição da Feira de Artesanato Urbano, podemos ir até ao Jardim da Estrela, ver as novidades que os nossos artesãos têm para mostrar.
Sim, que o artesanato é o mundo e num qualquer cantinho dele descobre-se sempre algo de original que nunca se tenha visto até então.
Quem nesta feira expõe vai criar ainda uma estrela que vai ser vendida e essas receitas vão ser entregues a uma instituição social.

Musica no Salão da Junta Freguesia da Pontinha:
Quem não se lembra de ouvir ou até mesmo trautear “Coimbra, tem mais encanto, na hora da despedida...”
Pois é isso mesmo que o Grupo Canto D´Alma, hoje pelas 21.30 vem apresentar no Salão da Junta de Freguesia da Pontinha.

Bom fim-de-semana.

Por Entre Tachos e Panelas

Olá, tal como falei na semana passada, vou deixar aqui mais duas delícias de Natal, a primeira faz -se de mil e uma maneiras.
Na minha casa faz-se assim pois ninguém as aprecia feitas com leite.
A segunda foi uma receita que nunca experimentei mas que me pareceu interessante.
Hoje conto-vos uma coisa minha, que penso que ainda não falei aqui, quando faço os fritos de Natal, tiro sempre uns quantos para mim sem açúcar pois não como quase nada doce, quando os meus fritos acabam, como os outros mas sacudo-os quase até ficarem sem pinta de açúcar.

Fatias douradas

Ingredientes:
1 Cacete de pão com 1 ou 2 dias
2 a 3 ovos
Vinho Branco Q.B.
Açúcar Q.B.
Canela Q.B.
Óleo para fritar

Preparação:
Corta-se o pão em fatias com espessura de 2 dedos (no mínimo), bate-se os ovos num prato fundo, coloca-se o vinho branco em outro prato fundo e coloca-se 3 a 4 colheres de sopa de açúcar no vinho e mexe-se bem.
Numa fritadeira ou num tacho coloca-se o óleo a aquecer, passa-se as fatias do pão pelo vinho (tem de ficar bem molhadas) e depois pelo ovo.
Leva-se a fritar até ficarem bem douradinhas dos dois lados, deixa-se escorrer bem o óleo em papel absorvente e ainda quentes passam-se por açúcar e canela.
Bom apetite!


Maçãs Recheadas com frutos secos
(Esta receita foi retirada da Tele-Culinária de Dezembro 2004)

Ingredientes:
Para 4 pessoas

4 Maçãs
3 Colheres de sopa de compota de pêssego (ou outra a gosto)
40 gr. de sultanas (isto é a receita original, eu substituía por nozes ou pinhões)
20 gr. de manteiga
Canela em pó Q.B.

Preparação:
Demolhe as sultanas em água, ou se optar pelas nozes corte-as em pedaços pequenos.
Lave e enxugue as maçãs, corte-lhes a parte de cima (um chapéu) e retire a polpa com a ajuda de uma faca ou colher, de modo a que a maçã fique intacta.
De seguida a maçã corte-a em pedaços pequenos e coloque-os numa tigela com os frutos secos, a compota, a canela a gosto e a manteiga em pequenos pedaços.
Mexa tudo bem e comece a rechear as maçãs. Coloque o chapéu e leve num prato ou num tabuleiro ao forno até estarem douradinhas ou cerca de 10 minutos ao microondas na potência máxima.
Sirva-as frias e até podem ser acompanhadas de uma bola de gelado de baunilha.
Bom apetite!

quarta-feira, novembro 22, 2006

Por Entre Tachos e Panelas

Olá, a partir desta semana vou começar a dar dicas de receitas sobre a época que se aproxima.
Desde as receitas de sempre como os coscorões, fatias douradas, filhoses de abóbora, biscoitos, tortas, pudins, não esquecendo claro está os pratos salgados.
Também vou tentar descobrir receitas tradicionais de outros países.
Hoje, vou falar de uma receita de perú que eu já conhecia, mas esta tem um toque diferente e de uma receita que me agrada muito, as Areias, uns pequenos bolinhos, que são fáceis de fazer e que pode servir de mote, para lembrar que podemos surpreender os familiares com presentes bem saborosos e que tem muito mais valor que todo outro tipo de presentes que ás vezes não servem para nada...

Peito e perna de peru recheados

Ingredientes:
Para 6 pessoas


1 Kg de peito de peru inteiro
1 Perna de peru grande
2 Farinheiras
200 gr. de espinafres limpos
2 Colheres de sopa de pinhões
5 Dentes de alho
2,5 dl de vinho branco
2 dl de azeite
Sumo de 1 laranja
Sal e Pimenta q.b.
Fio de cozinha

Preparação:
Quando comprar a carne, peça ao talhante para tirar o osso da perna de peru e para abrir o peito ao meio como se fosse um bife grande. Tempere ambas as carnes com sal, pimenta e sumo de laranja.
De seguida, coza os espinafres em água temperada de sal por cinco minutos. Escorra a água e deixe arrefecer.
Ligue o forno a 200 graus.
Numa tigela coloque o recheio das farinheiras e com um garfo desfaça-o bem. Junte os pinhões, os espinafres e misture bem.
Espalhe esta mistura no peito e na perna de peru, enrole e ate-os com fio de cozinha.
Coloque as carnes numa assadeira, regue com azeite e o vinho, junte os dentes de alho com a casca e leve ao forno por 45 minutos.
Regue as carnes de vez em quando com o próprio molho.
Acompanhe este prato com uma boa salada e arroz branco.
Bom apetite
(Esta receita foi retirada da Tele-Culinária de Dezembro de 2004)



Areias

Ingredientes:
320 gr de farinha
125 gr de açúcar
150 gr de manteiga
50 gr de banha
1 Pitada de baunilha em pó

Preparação:
Coloca-se a farinha com o açúcar e a baunilha em monte sobre a bancada da cozinha. Faz-se uma cova no meio onde se deita a margarina e a banha.
Trabalha-se os ingredientes até formar uma massa moldável.
Tendem-se pequenas bolas com a ajuda de farinha. Leva-se a cozer em forno quente num tabuleiro untado com margarina e polvilhado com farinha.
Quando as areias estiverem lourinhas, retiram-se do forno e ainda quentes passa-se por açúcar.
Depois caso queira oferecer é só comprar uma caixinha bonita, uma folha de seda e têm uma oferta bem saborosa e muito fácil de fazer.
Bom apetite.

terça-feira, novembro 21, 2006

“All I Want for Christmas is...”


Hoje sinto-me particularmente triste, pois ontem soube da morte de uma pessoa conhecida e cada vez mais noto que lido muito mal com estas situações, principalmente com o aproximar desta altura do ano.
No entanto sinto-me também triste, pois às vezes pergunto-me porque é que as pessoas olham só e apenas para o seu próprio umbigo, quando à nossa volta temos tanto por onde olhar, temos tanto a quem estender a mão, mas a situações concretas e verdadeiras, não às máscaras dos pobres coitadinhos que muitas vezes aparecem por ai... bem, prefiro não me estender mais, pois eu e a minha “boca grande” podem “ferir” susceptibilidades e estamos numa época de boa vontade e de paz (nem que seja podre).

Apesar de hoje estar assim, quando abri o jornal Metro, a meio da leitura dei de caras com este titulo “Pausa sazonal”. E comecei a ler, graças a ele consegui ficar um pouquinho mais alegre, pois contava como é, a iluminada cidade de Londres na altura de Natal. Que me perdoem sei posso até parecer contraditória no meu discurso, mas agora também vou olhar um bocadinho para o meu umbigo e vou dizer “All I Want for Christmas is...” uma viagem a Londres em Dezembro.
Desde patinar num dos variados ringues que se encontram ao longo da cidade, feiras de antiguidades, iluminações, concertos e provar as mais variadas iguarias com cheirinho a Natal, são apenas uma pequena amostra do que se pode ver por lá. Nada que cá também não exista, mas é sempre bom conhecer outras cidades.
Obrigado, jornal Metro por me fazer sonhar de novo.
Assim que puder vou ver o site http://www.visitlondon.com/whats_on/christmas/
Já agora, alguém passou esta época do ano fora de Portugal? Onde foi? Como é? Se quiserem partilhar, fico á espera...


domingo, novembro 19, 2006

Coroa de Natal - Como fazer?

Olá a todos, o Natal está a chegar a passos largos, querem saber como podem fazer uma coroa Natal diferente para poder decorar a vossa porta ou janela? Espreitem no http://bluestrassbychristmas.blogspot.com/ como...
Um beijinho e bom fim-de-semana.

sexta-feira, novembro 17, 2006

Sugestões para o fim-de-semana

Olá a todos, com o aproximar de mais um fim-de-semana, dou conta que estamos cada vez mais perto do Natal e de toda a loucura que envolve essa época. Sou absolutamente contra os empurrões, os encontrões, a montanhas de gente nos hipers e centros comerciais, mas admito que a falta de tempo me obriga a frequentá-los, só o faço em último caso, para comprar roupa e calçado, porque as prendas que tenho que dar, prefiro fazê-las e se tenho de comprar algo faço aos poucos. Este ano, parece-me que o tempo é curto, que os dias voam, tenho saudades de trabalhar em Lisboa, onde me podia “perder” na minha hora de almoço a percorrer as ruas da cidade a tentar encontrar algo de diferente. Quando de manhã ia para o trabalho, fazia questão de chegar cedo, para poder dar o meu passeio matinal, quando ainda há poucas pessoas nas ruas, tenho saudades, mas isso fica para ser comentado em outro dia.
Falando de sugestões, em primeiro lugar queria deixar aqui mais umas fotos da I Mostra de Teatro do G.B. 22 de Maio e do Grupo Cénico de Pontével com “A Birra do Morto” que fizeram as delícias do público na semana passada.



Este fim-de-semana não irá existir espectáculo, por motivos de força maior, mas a semana que vem voltamos á carga com muitas surpresas, adianto que será um espectáculo de cariz infantil, quanto ao resto falarei mais adiante.

Teatro:
No Teatro Nacional D. Maria, na Sala Garrett, podemos recordar a vida e obra de Fernando Lopes Graça, a peça “ A Casa de Lenha” é uma peça escrita por António Torrado e têm encenação de João Mota. O actor Carlos Paulo é Lopes Graça e vai dar a conhecer com outros actores a personalidade e o “génio difícil” do compositor de “Grândola Vila Morena”.
Com participações especiais de Nuno Barroso ao piano e do Coro da Câmara Lisboa Cantat”.
Para ver até dia 30 Dezembro.


VIII Mostra de Doces e Licores Conventuais:
No Mosteiro da Batalha, em algumas das salas mais conhecidas, como a Sala dos Monges e outras, poderá até ao próximo domingo deliciar-se com Barrigas de Freira, Touçinho-do-Céu, Licor dos Beneditinos Portugueses do Mosteiro de Singeverga, entre outras especialidades conventuais.
A entrada é gratuita e o passeio vale mesmo a pena.


Loja Errada – Chiado
Nesta Loja Errada vai poder encontrar algo de diferente como, o famoso Galo de Barcelos que passou a ser Galinha e ainda por cima vaidosa, ou não estivesse enfeitada com as tão fashion purpurinas, imagens de Lisboa bem diferentes, entre outros souvenirs diferentes do habitual, capazes de surpreender até o mais distraído.
Musica no Palácio:
Para quem aprecia música clássica, no domingo têm uma oportunidade de passear no fantástico Palácio de Queluz e ir espreitar a Jaula do Leão e depois ás 18 horas ouvir o Concerto de Santa Cecília pelos Os Violinhos.


Musica no Palácio:
Para quem aprecia música clássica, no domingo têm uma oportunidade de passear no fantástico Palácio de Queluz e ir espreitar a Jaula do Leão e depois ás 18 horas ouvir o Concerto de Santa Cecília pelos Os Violinhos.


Gulbenkian á meia-noite:
E que tal antes de ir para uma noitada hoje, ir ver uma exposição de pintura na Gulbenkian, que se encontra aberta até á meia-noite (mas só ás sextas-feiras).
É de louvar esta iniciativa e que devia ser seguida por outros museus.
A exposição chama-se “Amadeu de Souza-Cardoso: Diálogo da Vanguarda”, é composta por 260 obras, 190 delas do autor em cima referido, as outras 70 de outros autores como: Picasso, Gleizes, Sonia e Robert Delaunay, entre outros.
Será que anda por lá alguma obra de Eduardo Viana escondida? Se não estiver deixo aqui uma pergunta, para quando uma exposição deste pintor, gostava tanto de ver a pintura dele ao vivo...

Bom fim-de-semana a todos.

terça-feira, novembro 14, 2006

Por Entre Tachos e Panelas

Espetadas de Lulas com Camarão

Este prato é feito mais no Verão, no entanto para quem gosta de grelhados é sempre bom degustá-lo em qualquer altura do ano.
Faça duas a três espetadas por pessoa, tendo em conta que cada espetada deve levar dois camarões cada uma.

Ingredientes:
0,5 kg de Lulas
16 a 24 camarões com casca
1 Chouriço de carne
Pimento Verde q.b
Cebola q.b
Sal q.b
Ervas aromáticas q.b.
Sumo de Limão
Paus de madeira para espetadas

Preparação:
Amanhe as lulas, limpando-as bem por dentro. Abra-as e corte-as em quadrados (cada lula pode dividir em quatro). Guarde os tentáculos das lulas (se sobrar pedaços de lulas quando montar as espetadas, grelhe-as também e faça uma salada fria, temperada com azeite e vinagre) Deixe-as temperadas de um dia para o outro com sal, ervas aromáticas e sumo de limão.
Corte o chouriço em rodelas médias, depois abra os pimentos limpe-os das sementes e corte-os em quadrados, faça o mesmo com a cebola.
Comece então a montar as espetadas, primeiro coloque o pimento, depois a cebola, o chouriço, as lulas, o camarão, depois é só repetir a operação até ter a quantidade de espetadas suficientes.
Pode grelhá-las no carvão ou no assador eléctrico, sirva com batata cozida e salada.
Bom apetite


Delícia de café

Ingredientes:
2 dl de natas
1 colher de sopa de queijo creme
2 folhas de gelatina branca
1 lata de leite condensado
1 colher de sopa de café solúvel
150 gr. de palitos de champagne
Raspas de chocolate (facultativo)

Preparação:
Ponha as folhas de gelatina em água fria, de seguida bata as natas, adicione-lhes o queijo creme e o leite condensado, bata bem.
Deste creme, retire duas colheres de sopa e leve ao lume em banho-maria, junte-lhe as folhas da gelatina bem espremidas e deixe derreter bem. Retire do lume e deixe arrefecer. Junte ao preparado anterior.
Aqueça água para fazer o café, que deve ser forte. Molhe os palitos e coloque-os num pirex, vá alternado com creme.
Para decoração ponha as raspas do chocolate, ou então amêndoa torrada e palitada.
Bom apetite

sexta-feira, novembro 10, 2006

Sugestões para o fim-de-semana

Não tenho grandes sugestões para este fim-de-semana, no entanto gostaria de deixar aqui uma sugestão de Teatro Amador.
Na Sociedade G.B. 22 de Maio de 1925 já começou a I Mostra de Teatro no passado fi
m-de-semana com a peça "As Vedetas" de Lucien Lambert com o Grupo Teatro da Incrivél Almadense, este fim-de-semana vai estar presente o Grupo Cénico da Casa do povo de Pontével com a peça "A birra do Morto", desde já deixo o convite a quem queira aparecer, as entradas são gratuitas e o espectáculo começa ás 22.00 horas.
Vamos apoiar o Teatro Amador.
Deixo aqui 3 fotos do espectáculo anterior.

Bom fim-de-semana.

Memórias da vida de um anjo

Olá a todos, em primeiro lugar venho pedir desculpa por já não vir escrever no Blog há já algum tempo. Como sabem estive em Guimarães, logo férias são férias.
Hoje venho aqui para dar também uma má noticia, daí o titulo do post.
Memórias da vida de um anjo, porque o nosso amigo Neco, partiu no dia 31 de Outubro sem que nós possamos explicar como e o o porquê. Não sabemos se foi algum bicho que o matou, se foi envenenado ou o que foi que aconteceu. Agora também não adianta estar a falar das causas pois isso não o vai trazer de volta.
Fica aqui a memória dos seus donos, do qual ele era companheiro e amigo.
Fica aqui também as últimas imagens tiradas nessa semana.