sexta-feira, novembro 17, 2006

Sugestões para o fim-de-semana

Olá a todos, com o aproximar de mais um fim-de-semana, dou conta que estamos cada vez mais perto do Natal e de toda a loucura que envolve essa época. Sou absolutamente contra os empurrões, os encontrões, a montanhas de gente nos hipers e centros comerciais, mas admito que a falta de tempo me obriga a frequentá-los, só o faço em último caso, para comprar roupa e calçado, porque as prendas que tenho que dar, prefiro fazê-las e se tenho de comprar algo faço aos poucos. Este ano, parece-me que o tempo é curto, que os dias voam, tenho saudades de trabalhar em Lisboa, onde me podia “perder” na minha hora de almoço a percorrer as ruas da cidade a tentar encontrar algo de diferente. Quando de manhã ia para o trabalho, fazia questão de chegar cedo, para poder dar o meu passeio matinal, quando ainda há poucas pessoas nas ruas, tenho saudades, mas isso fica para ser comentado em outro dia.
Falando de sugestões, em primeiro lugar queria deixar aqui mais umas fotos da I Mostra de Teatro do G.B. 22 de Maio e do Grupo Cénico de Pontével com “A Birra do Morto” que fizeram as delícias do público na semana passada.



Este fim-de-semana não irá existir espectáculo, por motivos de força maior, mas a semana que vem voltamos á carga com muitas surpresas, adianto que será um espectáculo de cariz infantil, quanto ao resto falarei mais adiante.

Teatro:
No Teatro Nacional D. Maria, na Sala Garrett, podemos recordar a vida e obra de Fernando Lopes Graça, a peça “ A Casa de Lenha” é uma peça escrita por António Torrado e têm encenação de João Mota. O actor Carlos Paulo é Lopes Graça e vai dar a conhecer com outros actores a personalidade e o “génio difícil” do compositor de “Grândola Vila Morena”.
Com participações especiais de Nuno Barroso ao piano e do Coro da Câmara Lisboa Cantat”.
Para ver até dia 30 Dezembro.


VIII Mostra de Doces e Licores Conventuais:
No Mosteiro da Batalha, em algumas das salas mais conhecidas, como a Sala dos Monges e outras, poderá até ao próximo domingo deliciar-se com Barrigas de Freira, Touçinho-do-Céu, Licor dos Beneditinos Portugueses do Mosteiro de Singeverga, entre outras especialidades conventuais.
A entrada é gratuita e o passeio vale mesmo a pena.


Loja Errada – Chiado
Nesta Loja Errada vai poder encontrar algo de diferente como, o famoso Galo de Barcelos que passou a ser Galinha e ainda por cima vaidosa, ou não estivesse enfeitada com as tão fashion purpurinas, imagens de Lisboa bem diferentes, entre outros souvenirs diferentes do habitual, capazes de surpreender até o mais distraído.
Musica no Palácio:
Para quem aprecia música clássica, no domingo têm uma oportunidade de passear no fantástico Palácio de Queluz e ir espreitar a Jaula do Leão e depois ás 18 horas ouvir o Concerto de Santa Cecília pelos Os Violinhos.


Musica no Palácio:
Para quem aprecia música clássica, no domingo têm uma oportunidade de passear no fantástico Palácio de Queluz e ir espreitar a Jaula do Leão e depois ás 18 horas ouvir o Concerto de Santa Cecília pelos Os Violinhos.


Gulbenkian á meia-noite:
E que tal antes de ir para uma noitada hoje, ir ver uma exposição de pintura na Gulbenkian, que se encontra aberta até á meia-noite (mas só ás sextas-feiras).
É de louvar esta iniciativa e que devia ser seguida por outros museus.
A exposição chama-se “Amadeu de Souza-Cardoso: Diálogo da Vanguarda”, é composta por 260 obras, 190 delas do autor em cima referido, as outras 70 de outros autores como: Picasso, Gleizes, Sonia e Robert Delaunay, entre outros.
Será que anda por lá alguma obra de Eduardo Viana escondida? Se não estiver deixo aqui uma pergunta, para quando uma exposição deste pintor, gostava tanto de ver a pintura dele ao vivo...

Bom fim-de-semana a todos.

Sem comentários: