terça-feira, agosto 22, 2006

Musica


Edith Piaf
Este “pequeno passarinho”, que com a sua voz rouca, fazia delirar multidões, nos dias que correm já quase ninguém se lembra das suas canções tais como,“Vie en Rose” , “Je ne regrette rien”, “Milord” e outras mais.
Esta mulher têm uma história de vida, para lá de dramática.
Nasce a 19 de Dezembro de 1915 e durante toda a sua infância sofreu na pele o abandono e indiferença da mãe.
Com uma figura frágil, no entanto forte, Edith Piaf viria a conquistar França e o mundo com a sua voz.
No ano de 1930 após um período de graves carências afectivas e não só, Edith Piaf tendo consciência da sua voz, inicia a sua carreira.
Apesar da sua aparência física não ser a melhor, Edith cantava pelas ruas, conseguindo sobreviver com as parcas moedas que as pessoas lhe atiravam das janelas.
Poucas pessoas o sabem, mas no ano de 1955 Edith grava no México com a nossa grande Amália Rodrigues, o filme “Musica de sempre”.
Após muitos sucessos, muitos concertos não só em França mas também nos E.U.A, após uma vida preenchida de boas e de más coisas, Edith Piaf morre no dia 10 de Outubro de 1963, na casa de Enclos de la Rorée.
Para sempre fica a sua voz e a sua irreverência para com a vida e para com o mundo que a rodeava.

Sem comentários: